Qual é a diferença entre Sanatoria e Condono?

Na prática profissional, muitas vezes acontece que você não entende a diferença entre Condono e Sanatorium: vamos tentar esclarecer o assunto.

Qual é a diferença entre Sanatoria e Condono?

Sanatório construindo e construindo anistia

construção abusiva

Na prática profissional, muitas vezes acontece que os clientes arrependeu eles se voltam para um arquiteto para pedir o perdão de obras realizadas sem autorização, mas isso não está correto.
Na verdade, não está muito clara a diferença entre construir anistia e construir sanatórios e, se isso pode ser compreensível para pessoas que não são internas, parece pelo menos preocupante quando não entender que são os mesmos técnicos, mesmo que jovens e inexperientes.
Neste artigo, tentaremos esclarecer explicando a diferença entre os dois procedimentos.

Qual é a anistia do edifício?

A primeira e fundamental diferença é que o Condono é um lei especial, enquanto o Sanatório é uma medida administrativa normalmente permitida pelos atuais regulamentos de planejamento.
Na Itália houve três anistias: as governadas pelas leis n. 47 dos 85, n. 724 de '94 e de D.L. 269/2003 então convertido em lei n. 326 de 2003.
A √ļltima anistia permitida para remediar os abusos cometidos antes de 31 de mar√ßo de 2003 e o requerimento deveria ser apresentado at√© 31 de mar√ßo de 2004.
portanto hoje não é possível pedir anistia edifício.

edifício condono

Com a anistia do edifício, como lei especial, os cidadãos podem obter a anulação, total ou parcial, de um ofensa criminal.
Como tal, tem validade temporal limitada e entrar derrogação à legislação atual.
Isso significa que, com a anistia, era poss√≠vel curar tamb√©m muitas interven√ß√Ķes geralmente n√£o permitidas pela legisla√ß√£o atual, como a constru√ß√£o de casas na √°rea agr√≠cola, mas apenas se fossem constru√≠das em determinados per√≠odos.
No caso da anistia, as penalidades a serem pagas consistem não apenas as taxas de concessão aumentaram apropriadamente a ser pago à administração municipal, mas também em um oblação para ser pago nos cofres do estado.
N√£o √© coincid√™ncia, na verdade, que o instrumento do condono, n√£o apenas a constru√ß√£o, tenha sido usado por v√°rios governos em tempos de dif√≠cil situa√ß√£o econ√īmica, para reabastecer as finan√ßas do estado.

Qual é a anistia do edifício?

A licen√ßa de constru√ß√£o na anistia, uma vez chamada de permiss√£o de constru√ß√£o em uma anistia, √© regida pela Lei Consolidada de Constru√ß√£o (dp.r. 380/01, artigo 36, Avalia√ß√£o de conformidade), e podem ser solicitadas interven√ß√Ķes realizadas sem permiss√£o ou em contraste com elas, mas normalmente ausentes.
Um requisito fundamental é que o assim chamado exista dupla conformidade aos regulamentos de planejamento urbano e construção vigentes tanto no momento da realização do abuso quanto no momento da solicitação de anistia.

construindo anistia

Vamos dar um exemplo: Tizio percebe discrep√Ęncias em rela√ß√£o √† permiss√£o de constru√ß√£o permitida, expandindo o volume dispon√≠vel em alguns metros c√ļbicos.
Depois de alguns anos, no processo de venda de sua propriedade, ele deve garantir sua conformidade do ponto de vista urbano e, em seguida, decide pedir uma permiss√£o em uma anistia.
Nesse meio tempo, um novo Plano Regulatório foi aprovado em seu município. A permissão em anistia será concedida somente se o novo Plano permitir acréscimos volumétricos, como aconteceu no momento do abuso.
Naturalmente, por ter realizado as opera√ß√Ķes n√£o autorizadas, deve-se corresponder san√ß√£o pecuni√°ria que √© igual a dobro da taxa de constru√ß√£o a ser pago normalmente ao Munic√≠pio (mais uma raz√£o para n√£o realizar interven√ß√Ķes de maneira irregular).
No caso de o montante destes encargos n√£o poder ser quantificado, por exemplo, se for criada uma nova janela, ou para interven√ß√Ķes para as quais a gratuidade √© fornecida, ser√° pago um montante m√≠nimo de 516 euros.

C.I.L.A. e S.C.I.A. numa anistia

√Č poss√≠vel remediar interven√ß√Ķes para as quais seria necess√°rio Comunica√ß√£o de Asserted Works Start ou um Relat√≥rio certificado de atividades iniciais, quando os trabalhos foram conclu√≠dos sem apresentar a comunica√ß√£o ou quando ainda est√£o em andamento.
De fato, a lei permite que você apresente um Cila ou Scia tarde, pagar uma multa, no caso de obras já concluídas ou ainda em curso.
Mais uma vez, meu conselho √© n√£o prosseguir alegremente come√ßar a trabalhar antes da burocracia, se voc√™ n√£o quer incorrer em um aumento significativo nos custos, tamb√©m porque com a entrada em vigor do Lei de Estabilidade (Lei 164/14) as san√ß√Ķes foram consideravelmente aumentadas.
Na verdade, a penalidade por Cila em uma anistia foi aumentado de 258 euros por 1.000 euros.
Como resultado, a penalidade para o Cila durante a constru√ß√£o, reduzida em um ter√ßo, subiu de ‚ā¨ 86 por 333,33 euros.
Para o Wake in progress a sanção pecuniária é igual a 516 euros; este montante é igual ou superior dependendo da entidade, da intervenção no caso de Scia em uma anistia.
Em qualquer caso, estas san√ß√Ķes podem ser aumentadas √† discri√ß√£o das v√°rias regi√Ķes.

O Plano da Casa não é um Condono de Construção

Finalmente, uma menção ao Planta da Casa.
√Č tamb√©m uma lei especial, porque derroga os √≠ndices volum√©tricos normais permitidos pelos munic√≠pios, permitindo expans√Ķes volum√©tricas e tem validade temporal.
mas, aten√ß√£o: o Plano da Casa n√£o √© uma anistia, pois permite realizar amplia√ß√Ķes ou demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes com aumento de volume, sob certas condi√ß√Ķes, mas n√£o para remediar as obras j√° realizadas irregularmente.



Vídeo: Condono, Cantone: "Contrario a ogni sanatoria". De Raho: "Favorisce le mafie"