Soldagem

O soldador permite realizar trabalhos de manuten√ß√£o e do tipo ‚Äúfa√ßa voc√™ mesmo‚ÄĚ que envolvem metal em total autonomia e seguran√ßa, diretamente em casa.

Soldagem

A m√°quina de solda

o m√°quina de solda a arco √© indispens√°vel para obras de ferro, como grades, port√Ķes, cercas, etc. Consiste em um grande transformador que diminui a tens√£o da rede. Um grampo e um eletrodo que pode ser fundido s√£o conectados aos terminais do transformador.

soldagem

Ao colocar o eletrodo em contato com o metal conectado à braçadeira, cria-se um curto circuito muito calorífico que é capaz de derreter rapidamente o eletrodo. o material fundido Estabelece-se na linha de contato de dois metais e realiza a união. Os eletrodos são revestidos com um material desoxidante que é depositado na soldagem e é removido com um martelo especial.
Os eletrodos s√£o de di√Ęmetros e tipos diferentes. As de menor di√Ęmetro s√£o utilizadas com correntes de soldagem menor e usado para soldar pequenos peda√ßos, maiores com correntes maiores para trabalhar em pe√ßas grossas. Existem eletrodos especiais para a√ßo inoxid√°vel e v√°rias ligas.
No mercado existem também vários modelos de soldadores de gás. Eles consistem em um par de pequenos cilindros e uma tocha de soldagem. A chama produzida pela tocha atinge 2800 graus e, portanto, é possível derreter a maioria dos metais. Dependendo dos metais a serem soldados, hastes de liga adequadas são usadas.

Tudo para soldar

Em casa, a ferramenta não deve faltar para fazer pequenas soldas de estanho: soldador elétrico. O uso é muito simples: derrete um pouco de fio de estanho (adequado para soldar) e deposita-o nos elementos de metal a serem unidos.
A lagoa, resfriando, solidifica e realiza a uni√£o.
Para pe√ßas de metal menores (fios, cabos, etc.), os soldadores menos potentes s√£o adequados, dispon√≠veis em duas vers√Ķes: pointy quente ou instant√Ęneo.
Estes √ļltimos s√£o muito pr√°ticos, porque a ponta aquece em poucos segundos pressionando o bot√£o de acionamento e depois esfria quando n√£o est√° em uso.
para soldas em grandes preços o soldador de cabeça de soldador é usado com um forte poder de aquecimento.

Os editores recomendam:

Escolha da m√°quina de solda

A compra de um máquina de solda deve levar em conta vários fatores: primeiro a finalidade para a qual o instrumento é comprado, embora nem mesmo subestime sua experiência em soldagem.

soldagem

Você desejará ter uma ferramenta prática e fácil de usar disponível que atenda às suas necessidades e seja capaz de facilitar a implementação dessas tarefas.
Por esta razão, é importante avaliar o tipo de soldagem e o modelo não apenas com base nas características técnicas dos diferentes instrumentos, mas procurando o instrumento que é melhor em um nível individual.
o m√°quina de solda a arco com eletrodo revestido √Č uma das ferramentas mais difundidas dentro desta categoria: dependendo da √°rea de uso, hobby ou profissional, as caracter√≠sticas dos modelos variam consideravelmente.
A m√°quina de soldagem com eletrodo revestido, em particular, oferece pot√™ncia e precis√£o, mas tamb√©m facilidade de uso e manobrabilidade: modelos de pequeno tamanho e baixa pot√™ncia s√£o ideais para aqueles que se aproximam do mundo da soldagem pela primeira vez e querem realizar interven√ß√Ķes espor√°dicas.
Pr√≥ximo a este processo de soldagem, comumente referido como MMA ou SMAWsoldagem √© generalizada TIG ou GTAW, que usa um arco eletr√īnico para estalar entre um eletrodo infus√≠vel e a pe√ßa a ser derretida.
Uma atmosfera de gás inerte protege o banho garantindo a segurança do processo, que ocorre com um acoplamento remoto para evitar que o eletrodo entre em contato com o material a ser soldado.
Este sistema é particularmente adequado para as soldas que exigem um bom resultado estético e garantir uma alta precisão.
Uma terceira opção é soldar MIG / MAG, também conhecido como GMAW: ocorre através do uso de um gerador de corrente contínua, uma fonte de alimentação e uma bobina de fio, que permitem que a tocha responsável pela operação de soldagem seja ativada.
Neste caso, a corrente é transferida, através do eletrodo do fusível, para o arco, de modo que durante o processamento também o metal fundido se transfere para a peça a ser soldada.
Também neste caso a segurança do procedimento é garantida pela presença de gás.
Este procedimento permite controlar diretamente o metal derretido e fundido aplicado ao material a ser derretido, enquanto a visibilidade do arco torna possível uso preciso do instrumento sem muita dificuldade.

O primeiro site sobre DIY



Vídeo: Telecurso 2000 Processos de Fabricacao 12 A uniao faz a solda