Garantias em movimento

Legisla√ß√£o atual sobre o transporte de objetos, cobertura de seguro da empresa que realiza o movimento e outras dicas √ļteis para quem deve fazer um movimento.

Garantias em movimento

trasloco

Ao confiar em empresas especializadas para o remo√ß√£o √© √ļtil saber como a lei protege o propriet√°rio dos objetos transportados caso surjam problemas.
Durante a viagem, você pode de fato danificar o material, roubo ou outros incidentes desagradáveis. Torna-se então importante conhecer as responsabilidades civis do transportador e as garantias para o proprietário dos objetos.

Responsabilidade dos transportadores no Código Civil

L 'Artigo 1693 do Código Civil lê-se:
O transportador é responsável pela perda e quebra das coisas entregues a ele para o transporte, a partir do momento em que ele recebe para aquele em que ele retorna para o destinatário, se ele não provar que a perda ou dano é devido ao acaso, da natureza ou pelos vícios das próprias coisas ou sua embalagem, ou pelo fato do remetente ou do destinatário. Se a transportadora aceitar as mercadorias a serem transportadas sem reserva, presume-se que as mercadorias em si não apresentam defeitos aparentes na embalagem.
O Código Civil, portanto, fornece uma primeira garantia para o proprietário dos objetos transportados. No entanto, não há indicação de compensação, um tópico abordado posteriormente.

Lei sobre compensação por perda ou dano de bens transportados

A Lei 450 de 22 de agosto de 1985 leva em consideração o tema da compensação e tem direito Regras relativas à indemnização devida pelo transportador rodoviário por perdas ou danos das mercadorias transportadas.
Nesta lei, uma clara distinção é feita entre dois tipos de cargas: aquelas com menos de 5 toneladas e aquelas com mais de 5 toneladas.
Normalmente, as remo√ß√Ķes se enquadram na primeira categoria, para a qual compensa√ß√£o √© calculado com base na peso das mercadorias. A lei prev√™ uma compensa√ß√£o m√°xima de 12 mil liras (6,2 euros) por cada kg de peso bruto perdido ou estragado, exceto para diferentes acordos entre as partes.
Para peso bruto perdido significa perda, entrega a uma pessoa ou local diferente dos acordados, o atraso indefinido da entrega e também a entrega de um objeto diferente do inicialmente atribuído. Para peso bruto anti-higiênico refere-se, em vez disso, a qualquer alteração do objeto transportado, de modo a envolver uma diminuição no valor.
Uma nota especial deve ser reservada para roubo, que geralmente envolve problemas na definição de responsabilidades. O roubo só pode ser imputado a um evento fortuito se for considerado imprevisível e não a uma deficiência na organização.
A lei previa uma atualização periódica do teto, a ser realizada por decreto ministerial, mas esse valor não mudou há algum tempo.
Você terá notado que a quantidade máxima indicada corre o risco de ser inadequada, especialmente no caso de móveis móveis de valor, como peças antigas, cujo valor certamente não é mensurável em kg.

Cobertura de seguro para empresas de mudanças

impresa di traslochi

Empresas que se deslocam s√£o obrigadas por lei a ser segurado por perdas ou danos das mercadorias transportadas.
Como existem diferentes tipos de políticas, é bom saber em quais casos a empresa que abordamos é coberta.
Há, por exemplo, o política de vetores, que cobre os riscos previstos pela Lei 450/85, ou o seguro de risco para terceiros, o apólice de seguro de responsabilidade e isso para transporte internacional.
Eles também existem políticas de depósito em estoque, que são enquadrados em diferentes categorias, ou seja, do ramo de incêndios de roubo.
Esta política torna-se importante no caso em que o serviço prestado pela empresa também prevê o armazenamento de mercadorias por um determinado período de tempo.

Outras garantias para o movimento

Depois, h√° outras dicas √ļteis, como armazenar o contrato estipulado com a empresa de mudan√ßa, onde a data e local de coleta e entrega aparecer√°, bem como o montante acordado para o servi√ßo.
Peça um também garantia assinado pelo proprietário da empresa, onde ele declara que ele será responsável por qualquer dano causado durante o transporte.
Outra boa regra é elaborar um inventário de todos os objetos transportados, incluindo seu estado de conservação, que deve ser acordado em conjunto, pela empresa e pelo cliente.
Também é aconselhável que o cliente verifique todas as mercadorias no momento da entrega. De fato, geralmente a empresa pede para assinar um documento no qual o cliente certifica ter recebido todo o material na nova casa e que este está no mesmo estado de conservação da partida.
Se o cliente ainda não se sentir suficientemente coberto, ele pode estipular um projeto de lei você mesmo com sua companhia de seguros. Geralmente não há produtos específicos, mas ainda é possível fazer um acordo ad hoc, indicando uma cobertura de risco temporária.