Vademecum Enea 2019 para caldeiras de condensação e biomassa

A ENEA preparou guias para ilustrar as inova√ß√Ķes para 2019 e orientar os usu√°rios no Ecobonus para caldeiras de condensa√ß√£o e biomassa.

Vademecum Enea 2019 para caldeiras de condensação e biomassa

Ecobonus 2018 para caldeiras de condensação e biomassa

Com a lei 2018 financeiro, a dedução fiscal prevista para a substituição dos sistemas de climatização de inverno por caldeiras condensação ou um biomassa, a taxa varia de fato de 50% al 65% dependendo dos requisitos técnicos do sistema.

Ecobonus e caldeiras


A Enea publicou recentemente uma s√©rie de novos Guias √ļteis para explicar as not√≠cias sobre dedu√ß√£o fiscal e para ilustrar os requisitos necess√°rios para ser usado do Ecobonus 2018.

Os benefici√°rios de dedu√ß√Ķes de poupan√ßa de energia 2018

Todos os contribuintes que incorrerem nas despesas podem se beneficiar do b√īnus de economia de energia fornecido redesenvolvimento de energia e ter um direito real nas unidades de constru√ß√£o que constituem o edif√≠cio.
Como alternativa √†s dedu√ß√Ķes, os benefici√°rios podem optar pelo atribui√ß√£o do cr√©dito correspondente, a qual deve ser feita refer√™ncia √† Presta√ß√£o da Receita, com data de 28.08.2017.

Para quais edifícios é possível usar o Ecobonus?

Os edifícios objecto da intervenção devem ser, à data do pedido de dedução, existente ou empilhados ou com pedido de empilhamento em andamento e em conformidade com o pagamento de quaisquer impostos e equipado com sistema térmico.

Ecobonus: aqui estão os requisitos necessários para desfrutar da dedução

o requisitos para a dedução das caldeiras eles são diferentes de acordo com o tipo de caldeira que você decide instalar.
o vade mecum disponibilizado porENEA, tanto para as caldeiras de condensação como para as caldeiras de biomassa, fornece, com base no tipo de instalação, uma lista detalhada a qual recomendamos consultar, que mostra os requisitos técnicos específicos necessários para o reconhecimento da dedução.
Uma diferença substancial entre os dois tipos de intervenção consiste no fato de que, enquanto caldeiras de condensação a intervenção deve ser configurada como substituição total ou parcial do antigo gerador térmico e não como nova instalação, para o caldeiras de biomassa a intervenção pode ser configurada tanto como substituição total ou parcial, tanto quanto nova instalação.
Vamos dar uma olhada no que est√° planejado para condensar caldeiras e caldeiras de biomassa.

Caldeiras de condensação

A caldeira de condensação representa a evolução da caldeira a gás tradicional, que utiliza apenas uma parte do calor emitido pela combustão, enquanto a caldeira de condensação tem a vantagem de poder tirar mais proveito do calor latente produzido pelos fumos antes de serem expelidos.

Caldeiras de condensação


Esta grande vantagem sobre as caldeiras tradicionais se traduz em maior rendimento e uma diminui√ß√£o das emiss√Ķes poluentes na atmosfera, como o √≥xido n√≠trico e o di√≥xido de carbono.

Quais s√£o as interven√ß√Ķes que se beneficiam da dedu√ß√£o para condensar caldeiras?

  1. o substitui√ß√£o, integral ou parcial, de instala√ß√Ķes de ar condicionado de inverno com sistemas equipados com caldeiras de condensa√ß√£o com uma efici√™ncia energ√©tica sazonal pelo menos igual ao valor m√≠nimo da classe A;
  2. substitui√ß√£o, parcial ou integral, de sistemas de climatiza√ß√£o de inverno com sistemas equipados com caldeiras de condensa√ß√£o referidas na al√≠nea a) e instala√ß√£o simult√Ęnea de sistemas de termorregula√ß√£o evolu√≠do, pertencente √†s classes V, VI ou VIII da Comunica√ß√£o da Comiss√£o 2014 / C 207/02;
  3. substituição, integral ou parcial, de sistemas de climatização de inverno com sistemas equipados com geradores de ar quente condensação.

Eles gostam do Dedu√ß√£o de 50% as despesas totais incorridas durante todo o ano de 2018 relativas √†s opera√ß√Ķes referidas na al√≠nea a), enquanto as despesas incorridas at√© 31 de dezembro de 2017 s√£o aplic√°veis a taxa de 65%.
Para interven√ß√Ķes de pontos b e c a dedu√ß√£o esperada √© igual a 65%.
Por favor, note que o limite m√°ximo de dedu√ß√£o permitido √© 30.000 ‚ā¨ para unidades imobili√°rias.

Quais despesas estão incluídas no ecobonus?

  • desmontagem e disposi√ß√£o sistema de ar condicionado existente;
  • fornecimento e colocando no lugar de todos os equipamento t√©rmico, mec√Ęnico, el√©trico e eletr√īnico, do trabalho hidr√°ulica e alvenaria necess√°ria para a substitui√ß√£o do sistema t√©rmico existente por um gerador de condensa√ß√£o;
  • despesas para adapta√ß√£o de rede sistemas de distribui√ß√£o, sistemas de armazenamento, sistemas de tratamento de √°gua, dispositivos de controle e regula√ß√£o, bem como sistemas de emiss√£o;
  • despesas para servi√ßos profissionais necess√°rias para realizar as interven√ß√Ķes, bem como a documenta√ß√£o t√©cnica necess√°ria.

De acordo com as novas disposi√ß√Ķes dentro de 90 dias Ap√≥s o final dos trabalhos, dever√° ser enviado atrav√©s do site dedicado disponibilizado pela ENEA, finanziaria2018.enea.it, o Cart√£o Descritivo interven√ß√£o.
Ser√° responsabilidade do cliente manter tudo isso documenta√ß√£o constituinte Pr√°tica ENEA √ļtil para provar o que foi feito e declarado, com base no tipo de interven√ß√£o.

Quais s√£o os documentos para guardar o ecobonus?

  • Facturas relativas a despesas incorridas.
  • Recibo de transfer√™ncia banc√°rio ou postal.
  • original de documenta√ß√£o enviado para a ENEA.
  • Recibo de recebimento feita para ENEA, c√≥digo CPID, que √© uma garantia de que a documenta√ß√£o foi enviada.
  • Para plantas nominais com pot√™ncia nominal menos de 100 kW: fichas de dados do produto ou caracter√≠sticas fornecidas pelo fornecedor mostrando o valor da efici√™ncia energ√©tica sazonal do aquecimento; cart√£o de produto do dispositivo de controle de temperatura; certifica√ß√£o do fabricante ou fornecedor de caldeiras e v√°lvulas termost√°ticas.
  • Para plantas nominais com pot√™ncia nominal maior que 100 KW: assevera√ß√£o elaborada por um t√©cnico qualificado, certificando o cumprimento dos requisitos t√©cnicos.

Caldeiras de biomassa e ecobonus

o caldeiras de biomassa são todas aquelas caldeiras que são alimentadas com a biomassa, isto é, ou com a pastilha, com o madeiraou com o lascas de madeira, ou qualquer tipo de resíduo proveniente de desmatamento, ou de culturas agrícolas ou de atividades industriais que lidam com o processamento de resíduos origem biológicacomo madeira.

Caldeiras de pelotas


Entre as vantagens decorrentes do uso desses sistemas, certamente mencionamos uma impacto ambiental bruscamente baixar aos sistemas tradicionais, pois não tem a emissão de poluentes na atmosfera, uma manutenção muito simples e uma alto rendimento calórico.

Quais interven√ß√Ķes beneficiam da dedu√ß√£o para caldeiras de biomassa?

Quanto ao substitui√ß√£o ou nova instala√ß√£o, de sistemas de ar condicionado de inverno equipados com geradores de calor movidos a biomassa combust√≠vel, a benef√≠cio √© igual a 50% das despesas totais incorridas de 1.1.2018 a 31.12.2018, para um m√°ximo de ‚ā¨30.000 para unidades imobili√°rias.
Para todas as despesas incorridas até 31 de dezembro de 2017, no entanto, a taxa é de 65%.
As despesas elegíveis são:

  • desmontagem e disposi√ß√£o sistema de ar condicionado de inverno existente;
  • fornecimento e colocando no lugar de todos os dispositivos t√©rmicos, mec√Ęnicos, el√©tricos e eletr√īnicos do trabalho hidr√°ulico e parede necess√°rio para a substitui√ß√£o, de maneira artesanal, da instala√ß√£o t√©rmica existente com um gerador de calor de biomassa;
  • despesas para servi√ßos profissionais necess√°rias para realizar as interven√ß√Ķes, bem como a documenta√ß√£o t√©cnica necess√°ria.

A documentação necessária para envio à ENEA, no prazo de 90 dias após o término dos trabalhos, é a Folha descritiva da intervenção.
No caso de uma nova instalação, o cálculo de economia de energia será realizado em relação à tecnologia de referência padrão.

Quais documentos você guarda para o Ecobonus em relação às caldeiras de biomassa?

  • jurado escrito por um t√©cnico qualificado contendo os requisitos t√©cnicos, que de acordo com as provis√Ķes do 06 de agosto de 2009 pode ser substitu√≠do por uma declara√ß√£o feita pelo diretor de obras sobre o cumprimento do projeto de obras obrigat√≥rias nos termos do artigo 8, par√°grafo 2, do Decreto Legislativo n ¬ļ 192 de 2005;
  • faturas relativas a despesas incorridas;
  • recibo o transfer√™ncia banc√°rio ou postal;
  • original da documenta√ß√£o enviado para a ENEA, devidamente assinado;
  • recebimento do envio feita √† ENEA contendo o c√≥digo CPID, que √© uma garantia de que a documenta√ß√£o foi enviada ou recebida por correio registado, no caso de entrega postal;
  • folhas t√©cnicas.



Vídeo: