Concess√Ķes fiscais para propriedades restritas

Embora tenha havido mudanças com a entrada em vigor do Decreto de Simplificação, muitos benefícios fiscais permanecem disponíveis para propriedades restritas.

Concess√Ķes fiscais para propriedades restritas

Definição de propriedade limitada

Ele define uma propriedade limitada, uma propriedade de propriedade privada, para a qual uma declara√ß√£o de interesse cultural foi notificada e motivada ao propriet√°rio pela Superintend√™ncia relevante, conforme estabelecido pelo C√≥digo do Patrim√īnio Cultural, d. LGS. n. 42 de 2004, que regula essas propriedades.

Edificio vincolato

O interesse cultural da propriedade pode ser pelo seu valor hist√≥rico - art√≠stico, arquitet√īnico ou paisag√≠stico.
A presen√ßa de uma restri√ß√£o em um edif√≠cio implica limites para os usos e poss√≠veis destinos, bem como para quaisquer altera√ß√Ķes, de modo que qualquer tipo de interven√ß√£o de constru√ß√£o a ser executada esteja sujeita √† solicita√ß√£o e √† concess√£o de uma libera√ß√£o preventiva pela Superintend√™ncia competente.
Mas muitas vezes os propriet√°rios de bens culturais s√£o praticamente obrigados a realizar as interven√ß√Ķes necess√°rias para a manuten√ß√£o e conserva√ß√£o em bom estado ao longo do tempo da propriedade que possuem, para a qual desembolso econ√īmico tamb√©m consider√°vel.
Por essa raz√£o, a lei previu uma s√©rie de incentivos fiscais para ajudar e incentivar os propriet√°rios a realizar essas opera√ß√Ķes.

Concess√Ķes fiscais para edif√≠cios restritos

As concess√Ķes fiscais para edif√≠cios restritos referem-se principalmente a estes itens:
- imposto de renda;
- o imposto de registro;
- hipoteca e impostos cadastrais;
- o imposto municipal √ļnico.
Outras instala√ß√Ķes tamb√©m foram fornecidas para o impostos de heran√ßa e doa√ß√£o, mas eles falharam, √© claro, com a revoga√ß√£o do pagamento desses impostos seguindo a lei 383 de 2001.

Benefícios fiscais de renda

agevolazioni fiscali

O proprietário de uma propriedade vinculada recebe benefícios tanto para a determinação da renda de edifícios na declaração de imposto, quanto para as despesas pagas para manutenção, restauração ou proteção da propriedade.
Em particular, para este tipo de propriedade, o base tributária foi calculado até recentemente com um critério mais favorável do que os outros edifícios, que era independente da renda cadastral e de um aluguel possível, mas foi calculado aplicando a menor das taxas estimadas para as casas na área do censo em que o edifício está localizado.
Com a recente entrada em vigor do Decreto de Simplificação Tributária (Decreto Legislativo 16/2012)No entanto, o tratamento tributário dessas propriedades foi revisado e voltou a ser taxado i taxas de aluguel.
Portanto, foi decidido que a renda dos edifícios encadernados é igual a taxa fixa reduzida em 35%, se superior ao rendimento médio ordinário determinado através da aplicação das tarifas.
A legislação também prevê que as despesas de manutenção, restauração e conservação do imobiliário limitado.
√Č claro que deve ser uma necessidade obrigat√≥ria ou comprovada e comprovada.

Concess√Ķes para imposto de registro

Para este imposto aplica-se redução a 50% a taxa de devido em caso de transferência da propriedade, desde que o comprador não falhe a obrigação de manter o ativo sob proteção.

Descontos para o imposto municipal √ļnico

agevolazioni fiscali

A legisla√ß√£o previa facilita√ß√Ķes tamb√©m para o que dizia respeito ao pagamento do Imposto Municipal sobre a Propriedade.
Com a elimina√ß√£o deste imposto e sua substitui√ß√£o peloIMU, essas instala√ß√Ķes tamb√©m foram revisadas.
Em particular, a base de cálculo para o cálculo do imposto vem reduzido em 50%, confirmando assim o tratamento favorável para propriedades restritas, mas aumentando os valores em comparação com o montante anteriormente devido com o cálculo diferente da base tributária.

Como solicitar isen√ß√Ķes fiscais para edif√≠cios vinculados

centro storico

A fim de obter benef√≠cios fiscais para os edif√≠cios vinculados, √© necess√°rio apresentar ao superintendente de compet√™ncia uma inst√Ęncia, cujos documentos anexados podem variar de acordo com a certifica√ß√£o exigida, mas nos quais nunca deve faltar o seguinte:
- aplicativo de cartão gratuito para reconhecimento de faturas como encargos dedutíveis na declaração de imposto de acordo com o Decreto Presidencial de 22.12.1986 n. 917 art. 15;
- cópia das faturas das empresas de construção. O tipo de trabalho realizado deve ser indicado nas faturas, o tipo e a quantidade de materiais utilizados e a quantidade de horas de trabalho;
- extremos do autoriza√ß√Ķes solicitado ao Munic√≠pio para tais obras.
Outros documentos que podem ser solicitados s√£o:
- o cálculo de métrica no final;
- umautocertificação do dono;
- plantas baixas e desenhos gr√°ficos;
- documentação fotográfica trabalhos antes - durante - borne;
- cópia da autorização emitida pelo Superintendente.



Vídeo: