Sistema de Qualidade da Casa

No dia 8 de junho, a C√Ęmara dos Deputados aprovou o projeto de lei, introduzindo um sistema de classifica√ß√£o de qualidade para constru√ß√£o residencial.

Sistema de Qualidade da Casa

Em 8 de junho, a C√Ęmara dos Deputados aprovou por unanimidade um projeto de lei sobre qualidade na n. 1952 Sistema dom√©stico de qualidade. Disposi√ß√Ķes relativas √† avalia√ß√£o e certifica√ß√£o da qualidade do edif√≠cio residencial, tendo como seu primeiro signat√°rio o deputado Guido Dussin, que coloca em primeiro lugar na concep√ß√£o de edif√≠cios a sua qualidade e economia de energia.

Sistema doméstico de qualidade

Este é um sistema de certificação que apresenta a novidade, comparada com as já em vigor, de não ser obrigatório mas para ser aplicado em uma base voluntária.
A lei que eventualmente ser√° aprovada pode ser aplicada ao projeto e constru√ß√£o de novos edif√≠cios, √†s interven√ß√Ķes de manuten√ß√£o extraordin√°ria, restaura√ß√£o e restaura√ß√£o conservadora, al√©m das interven√ß√Ķes de renova√ß√£o e de extens√£o que n√£o excedam 20% do existente.
Em contrapartida, os edifícios delimitados, os edifícios construídos ilegalmente, mesmo que posteriormente cicatrizados ou autorizados, os edifícios situados em áreas de alto risco sísmico ou hidrogeológico e os edifícios com uma superfície inferior a 50 metros quadrados serão excluídos.
A certifica√ß√£o avaliar√° i consumo de energia, considerando uma s√©rie de par√Ęmetros como isolamento, exposi√ß√£o, orienta√ß√£o, sombreamento e ventila√ß√£o, bem como o uso de fontes de energia renov√°veis.
A classificação será feita atribuindo uma letra descendente baseada na qualidade do edifício, em analogia com o que acontece para a certificação energética, com a qual haverá correspondência.
Mais precisamente, o projeto de lei prop√Ķe a classifica√ß√£o baseada no categorias A, B, C e D e le s√©rie de qualidade 1, 2, 3 e 4. Os primeiros referem-se √† efici√™ncia energ√©tica, enquanto os segundos levam em conta as necessidades de vida, codificadas Padr√£o UNI 8289 e de Directiva 89/106 / CEE.

Sistema doméstico de qualidade

O projeto também introduz a categoria de casa de qualidade ecológica para aqueles edifícios construídos exclusivamente com materiais naturais e que utilizam apenas fontes de energia renováveis.
√Č, portanto, um sistema de certifica√ß√£o que visa n√£o s√≥ melhorar a qualidade ambiental, reduzindo o impacto que o edif√≠cio tem sobre o meio ambiente, mas tamb√©m a bem-estar psicof√≠sico cujos edif√≠cios vivem l√°.
A certificação deve, naturalmente, ser levada ao conhecimento de qualquer compradores ou inquilinos Propriedade.
O texto aprovado pela C√Ęmara dos Deputados agora ter√° que ir ao Senado para aprova√ß√£o final e ser√° seguido por regras regionais que tamb√©m pode estender o sistema para edif√≠cios n√£o residenciais.
As regras tornar-se-√£o execut√°veis ‚Äč‚Äčseis meses ap√≥s a entrada em vigor da lei, ap√≥s o Minist√©rio do Meio Ambiente ter emitido, com um decreto espec√≠fico, a diretrizes contendo os requisitos m√≠nimos de desempenho energ√©tico, os m√©todos de c√°lculo e os requisitos dos qualificados para certifica√ß√£o.
Al√©m disso, as autoridades locais podem fornecer concess√Ķes para os pr√©dios que ir√£o adotar esse sistema, tanto na aloca√ß√£o de √°reas para constru√ß√£o contratada, quanto para a redu√ß√£o de encargos urban√≠sticos e impostos como o Ici.


arco. Carmen Granata



Vídeo: Como Escolher Um Mini System Sistema de Som De Qualidade - Como Fazer Uma Escolha Correta RMS PMPO