Construção Sustentável

Os efeitos ligados às mudanças nas condições climáticas não só aumentaram a conscientização do público, mas também todos os setores produtivos, incluindo a atividade de construção.

Construção Sustentável

Causas do efeito da mudança climática

O setor de construção como um todo, ainda representa um dos setores com um maior consumo e índice de recursos emissões de gases com efeito de estufa.

Com a entrada em vigor dos novos regulamentos e com a implementação de uma maior consciência social, percebemos a importância de um Construção Sustentável que implementa uma série de obrigações destinadas a reduzir os elementos que contribuíram para as alterações climáticas.

Contudo, nestes primeiros anos, a abordagem prático a este tópico, foi abordado em conceitos muito redutores e, portanto, as novas regras construtivas requeridas por esta orientação tornaram-se de fato apêndices para a estrutura do edifício concebido com métodos tradicionais.

Impacto estético dos painéis solares e fotovoltaicos

As provas são as instalações deserto de sistemas fotovoltaicos ou colectores solares em edifícios novos, sem um estudo de impacto visual, ou o uso extremo de sistemas de isolamento, escolhidos apenas com base em fichas técnicas ou efeitos publicitários.

Essa atitude sugeriu a alguns profissionais o interesse pela pesquisa soluções que dão a possibilidade de conceber o edifício como um sistema integrado de soluções arquitetônicas e sistemas e materiais, colocados em interação ativa com fatores climáticos e ambientais.

É claro que isso nova filosofia, ao contrário do anterior, colocará em jogo parte da atividade de construção e o papel dos sujeitos envolvidos, designers e construtores.

Imagem de Ediliza Sustentável

Além desses aspectos, toda a atividade processual deve necessariamente ser submetida a um monitoração, através de simulações gráficas realizadas com software, a fim de averiguar o resultado e a correta aplicação dos sistemas adotados.

É evidente que a abordagem a este tópico é de natureza muito complexa e, portanto, a implicação de outras figuras profissionais, além do estudo aprofundado de outros questões.
Entre eles, podemos citar: o uso de água da chuva e a adoção do fitorremediação.

Em relação ao primeiro ponto, a reutilização da água da chuva é uma solução efetiva para limitar o desperdício.
A água coletada pode ser transportada para certos usos civis qual: drenagem de sanitária, irrigação e para o

ver com plantas de plantas Phytodepuration

ttrodomestici.

Para o segundo aspecto, ligado a um conceito prático, mas também estético, nota-se que o sistema é constituído basicamente por uma bacia coletor impermeável, oculta com plantas aquáticas e cascalho.

O princípio de funcionamento do sistema é baseado na ação combinada águas residuais, que flui para a piscina, com vegetação, cascalho e os organismos presentes.

A partir disso síntese química a água será purificada para ser posteriormente utilizada para a irrigação do solo.
Além da natureza natural do processo, devemos considerar os custos mais baixos na construção e no gerenciamento da planta.



Vídeo: O QUE DEFINE UMA CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL? - Construções verdes e ecológicas - 2017/2018