Design Estrutural

No caso da construção de uma nova estrutura ou renovação de uma estrutura existente, um aspecto digno de nota é o projeto estrutural.

Design Estrutural

Em caso de realiza√ß√£o de um novo estrutura ou reestrutura√ß√£o de uma estrutura existente, um aspecto significativo tamb√©m do ponto de vista econ√īmico √© constitu√≠do pelo projeto estrutural. em primeiro lugar o projetos As estruturas das estruturas devem ser caracterizadas pela clareza da exposi√ß√£o e pela integralidade dos conte√ļdos e devem definir melhor a interven√ß√£o a ser realizada. Planos de constru√ß√£o e planos de aquisi√ß√£o s√£o exclu√≠dos deles.

Vis√£o 3D de um projeto estrutural

O projeto deve incluir necessariamente os seguintes documentos: o relat√≥rio de c√°lculo estrutural com uma descri√ß√£o geral do trabalho e os crit√©rios gerais para an√°lise e verifica√ß√£o, o relat√≥rio sobre os materiais utilizados, os desenhos, os detalhes de constru√ß√£o, o plano de manuten√ß√£o para a parte estrutural do trabalho, o relat√≥rio sobre os resultados experimentais correspondentes √†s investiga√ß√Ķes especializadas necess√°rias realiza√ß√£o trabalho.
Al√©m disso, os relat√≥rios de c√°lculo devem ser descritos em detalhes, com refer√™ncia √†s an√°lises realizadas com os relativos. software espec√≠fico para c√°lculo autom√°tico. Tudo isso, por um lado, serve para facilitar a interpreta√ß√£o e a verifica√ß√£o dos c√°lculos e, por outro lado, serve para qualquer processamento independente que possa ser realizado por t√©cnicos que n√£o sejam o designer de refer√™ncia. Este √ļltimo naturalmente permanece o primeiro respons√°vel de todo o projeto estrutural.

Software de c√°lculo

Hoje todas as an√°lises estruturais e as verifica√ß√Ķes relativas s√£o realizadas com o aux√≠lio de c√≥digos de c√°lculo autom√°ticos ou simplesmente de software, o projetista tem a obriga√ß√£o de verificar a confiabilidade dos c√≥digos utilizados e verificar a confiabilidade dos resultados, tomando cuidado ao mesmo tempo em que a apresenta√ß√£o dos resultados em si √© de modo a garantir a sua legibilidade, interpreta√ß√£o correta e reprodutibilidade. Em particular, no relat√≥rio de c√°lculo deve ser descrito o tipo de an√°lise realizada, o tipo de an√°lise estrutural realizada, suas motiva√ß√Ķes, o m√©todo adotado para a resolu√ß√£o do problema estrutural e metodologias seguido para a verifica√ß√£o ou para a verifica√ß√£o do projeto das se√ß√Ķes, indicar claramente as combina√ß√Ķes de carga adotadas e, no caso de c√°lculos n√£o-lineares, os caminhos de carga seguidos.
Em qualquer caso, o uso do deve ser motivado combina√ß√Ķes o dos caminhos de carga adotados, especialmente no que diz respeito √† completude real das configura√ß√Ķes estudadas para a estrutura em quest√£o.

software específico simplifica a verificação dos cálculos

√Č necess√°rio indicar com precis√£o a origem e as caracter√≠sticas dos c√≥digos de c√°lculo utilizados, mostrando o t√≠tulo, autor, fabricante, poss√≠vel distribuidor, vers√£o, detalhes da licen√ßa ou outra forma de autoriza√ß√£o de uso. Al√©m disso, o projetista deve primeiro examinar a documenta√ß√£o fornecida com o software para avaliar sua confiabilidade e, acima de tudo, sua adequa√ß√£o ao caso espec√≠fico.
A documentação, que será fornecida pelo produtor ou distribuidor do software, deve conter uma descrição exaustiva dos fundamentos teóricos e algoritmos usados, a identificação dos campos de uso, bem como os casos de teste totalmente resolvidos e comentados, para os quais devem ser fornecidos os arquivos de entrada necessários para jogar processamento.
Em alguns casos, pode ser necess√°ria uma valida√ß√£o independente do c√°lculo estrutural ou, no entanto, no caso de trabalhos de import√Ęncia particular, os c√°lculos mais importantes devem ser realizados novamente por um assunto diferente do original por programas de c√°lculo diferentes daqueles originalmente utilizados e isso para realizar uma verifica√ß√£o cruzada efetiva dos resultados dos c√°lculos.
A quantidade de informação que geralmente acompanha o uso de procedimentos automáticos de cálculo requer uma atenção especial à forma como os resultados são apresentados, para que eles possam resumir, em um resumo completo e eficaz, o comportamento da estrutura para esse tipo específico de análise desenvolvida.
O resultado de cada processamento deve ser resumido em desenhos e diagramas gr√°ficos contendo, pelo menos para as partes mais estressadas da estrutura, as configura√ß√Ķes deformadas, a representa√ß√£o gr√°fica das principais caracter√≠sticas da estrutura. solicita√ß√£o ou dos membros da esfor√ßos, os diagramas de envelope associados √†s combina√ß√Ķes das cargas consideradas, os diagramas gr√°ficos com a representa√ß√£o das cargas aplicadas e as correspondentes rea√ß√Ķes de liga√ß√£o. De tais grandezas, juntamente com os diagramas e os esquemas gr√°ficos, as conven√ß√Ķes sobre sinais e valores devem ser claramente destacadas. num√©rico e unidades de medida. O projetista deve comentar tecnicamente os resultados para verificar a exatid√£o e confiabilidade, submetendo-os √†s verifica√ß√Ķes e aprova√ß√Ķes.



Vídeo: Veja o design estrutural do Painel Monolítico!