Dimensionamento da bomba de calor a frio

As primeiras coisas a avaliar, escolhendo uma bomba de calor, para aquecimento e refrigeração, são as características do edifício e as temperaturas externas.

Dimensionamento da bomba de calor a frio

Escolha uma bomba de calor

As primeiras coisas a avaliar para escolher uma bomba de calor, para aquecimento e condicionamento de uma casa, são as cargas térmicas inverno e verão, juntamente com as características de isolamento térmico do edifício. Em particular, a operação e a eficiência de uma bomba de calor, ao contrário de uma caldeira, estão intimamente relacionadas às temperaturas externas.

energia elettrica

No caso de um sistema hidr√īnico que gera uma bomba de calor e usa a √°gua como meio de transfer√™ncia de calor, as vari√°veis ‚Äč‚Äčfundamentais a serem consideradas s√£o: a temperatura do ar externo, a temperatura da √°gua de abastecimento na usina e a capacidade modula√ß√£o do compressor, inversorda bomba de calor.
A bomba de calor, que usa energia poder, é considerado uma máquina parcialmente energética renovável graças à capacidade de subtrair energia térmica do ar, fora do edifício, para realizar seu ciclo de trabalho.
√Ä medida que as temperaturas externas aumentam, portanto, aumentam: a pot√™ncia de calor que a bomba de calor pode fornecer, a efici√™ncia da bomba de calor entendida como a rela√ß√£o entre a energia t√©rmica fornecida e a energia el√©trica absorvida, resumida na ficha t√©cnica atrav√©s dos par√Ęmetros SCOP e SEER.
Nestas avalia√ß√Ķes todas as absor√ß√Ķes el√©tricas s√£o consideradas, consistindo principalmente de: a absor√ß√£o el√©trica do compressor, i absor√ß√Ķes ventiladores el√©tricos (unidade externa) e a absor√ß√£o el√©trica da bomba que circula a √°gua, superando as perdas de carga da pr√≥pria bomba de calor.

pannelli radianti

Al√©m disso, as absor√ß√Ķes tamb√©m s√£o consideradas para lidar com quaisquer fun√ß√Ķes espec√≠ficas, como por exemplo descongelamento da bateria da bomba de calor, necess√°ria para aquecer quando as temperaturas exteriores s√£o particularmente baixas, perto de 0¬į C.
Sobre a eficiência é bom observar que é muito maior, em operação em aquecimentoquanto menor a temperatura da água produzida pela bomba de calor que, de fato, nasce como um gerador de calor para sistemas que trabalham em temperaturas relativamente baixas, como sistemas radiantes e fancoil, em vez de radiadores.

Bomba de Calor e Acumula√ß√£o de √Āgua

Quando a temperatura exterior dos edifícios varia, a necessidade de energia térmica varia, consequentemente a temperatura da água de alimentação deve ser alterada para os terminais dos sistemas, tanto para aquecimento como para condicionamento. unidade de regulação climática.
A mera presença da unidade de climatização, no entanto, não é suficiente para evitar mudança do regime operacional da bomba de calor que pode comprometer o desempenho e, a longo prazo, também a operação.
A solu√ß√£o de projeto que permite que uma bomba de calor funcione em regime de opera√ß√£o constante consiste em um tanque de ac√ļmulo, de tamanho adequado, muitas vezes tecnicamente identificado como uma acumula√ß√£o inercial.
Este √ļltimo √© nada mais que um reservat√≥rio contendo duas bobinas correspondentes a dois circuitos separados: aquele em que a bomba de calor funciona, com propoio circulante e em modo de opera√ß√£o est√°vele aquele em que outro circulador e a unidade de climatiza√ß√£o trabalham, determinando a temperatura da √°gua de abastecimento nos terminais do sistema.

pompa calore


Al√©m da fun√ß√£o do volante t√©rmico, o ac√ļmulo tamb√©m atua como um separador hidr√°ulico, introduzindo dois circuitos (prim√°rio e secund√°rio) nos quais diferentes bombas de circula√ß√£o podem funcionar, oferecendo mais graus de liberdade do ponto de vista projeto, em compara√ß√£o com solu√ß√Ķes sem acumula√ß√£o.
A presen√ßa do ac√ļmulo se torna obrigat√≥ria em todas as plantas com quantidades limitadas de √°gua para evitar varia√ß√Ķes freq√ľentes de temperatura da mesma √°gua e consequentes mudan√ßas na √°gua. regimes de funcionamento da bomba de calor.
Finalmente, notamos que a partir das folhas de dados mais precisas das bombas de calor, para sistemas de aquecimento hidr√īnico, √© poss√≠vel encontrar indica√ß√Ķes sobre a quantidade de √°gua √≥ptima que deve estar dispon√≠vel no armazenamento, para cada kW de capacidade de refrigera√ß√£o. Esta quantidade de √°gua depende da diferen√ßa na temperatura da √°gua, entre o fluxo e o retorno, do circuito prim√°rio que inclui oevaporador de bomba de calor.



Vídeo: BOMBA DE CALOR 06