Primeiro encerramento em casa: quando é possível?

A primeira casa √© inexpugn√°vel? Somente na frente da Receita e na presen√ßa de certas condi√ß√Ķes previstas em lei. Poss√≠vel apego a outros credores.

Primeiro encerramento em casa: quando é possível?

Encerramento de imóveis

Infelizmente, pode acontecer que eles sejam incapazes de lidar com suas d√≠vidas e sejam amea√ßados de expropria√ß√£o for√ßada. Se voc√™ tem medo de perder sua casa por um ato de distraint √Č bom saber como se mover, conhecer seus direitos e as prote√ß√Ķes oferecidas pela lei.
Portanto, é legítimo perguntar se você pode aproveitar o primeira casa.
Se sim, dentro de que limites? Quando e como evitar um encerramento?
Tentamos responder a essas perguntas, especificando, em primeiro lugar, que as respostas ser√£o diferentes, dependendo se o credor √© o departamento fiscal ou uma pessoa privada, como um banco ou um membro da fam√≠lia (pense no ex-c√īnjuge).

Primeira casa encerramento


L 'expropriação forçada Ele também pode ser ativado pelo administrador do condomínio que alega o pagamento de encargos do condomínio ou por outro credor que tenha vencido um julgamento e tenha o direito de obter o pagamento da quantia não recebida.

Primeira casa impobabilidade perante as autoridades fiscais

Antes de entrar no coração da discussão, explicamos em primeiro lugar o que é o encerramento.
Foreclosure é o ato pelo qual oexpropriação forçado de um edifício que permitirá ao credor vender a propriedade do devedor e reunir-se sua crédito do produto da venda.
Em geral, a lei n√£o estabelece limites para o encerramento de im√≥veis. Abaixo, ilustraremos os casos em que a primeira casa √© inaceit√°vel e sob quais condi√ß√Ķes.
Vamos começar com um fato: não é correto dizer que a primeira casa não pode ser excluída!
A primeira casa, de fato, n√£o pode ser encerrado somente na frente do Fisco e se forunicamente im√≥vel propriedade do devedor. O mesmo n√£o pode ser dito para outros credores que podem, para satisfazer suas reivindica√ß√Ķes, confiscar a casa e coloc√°-la √† venda com um leil√£o judicial. N√≥s explicamos a quest√£o com mais detalhes.
o primeira casa não pode ser distraído porAgente de Coleta, ou Equitalia até 1 de julho de 2017, a Receita Federal depois de 1 de julho do ano passado.
A proibi√ß√£o existe, portanto, para d√≠vidas fiscais, quando o contribuinte n√£o pagar impostos ou contribui√ß√Ķes fiscais pela Inland Revenue ou pelo INPS.
√Č bom esclarecer imediatamente um aspecto fundamental; a primeira casa n√£o deve ser considerada como a primeira casa comprada pelo contribuinte no munic√≠pio onde est√° localizada. Este n√£o √© o significado da express√£o primeira casa para benef√≠cios fiscais durante a fase de compra.
Para que o primeira casa pode ser protegido contra a a√ß√£o legal pelas autoridades fiscais deve ser tamb√©m o √ļnico. Portanto, n√£o deve haver uma segunda ou terceira casa.
Se fosse esse o caso, a proibição de exclusão por parte do agente de cobrança desapareceria.
A impignibilidade da primeira, ou melhor, da √ļnica casa, foi introduzida em nosso sistema com o decreto o fazer 69/2013, convertido com altera√ß√Ķes pela lei de 9 de agosto de 2013, n. 98.
O decreto, com o artigo 52, par√°grafo 1, letra g), modificou o artigo 76, par√°grafo 1 da D.P.R. 602/1973 (Provis√Ķes sobre a cobran√ßa de imposto de renda) que assim declara:

Sem preju√≠zo do direito de interven√ß√£o previsto no artigo 499 do C√≥digo de Processo Civil, o agente de cobran√ßa deve: a) n√£o prosseguir com a desapropria√ß√£o se o √ļnico im√≥vel de propriedade do devedor, com exce√ß√£o de moradias de luxo, tiver as caracter√≠sticas identificadas pelo Decreto Ministerial das Obras P√ļblicas de 2 de agosto de 1969, publicado no Di√°rio Oficial da Uni√£o n¬ļ. 218 de 27 de agosto de 1969, e em qualquer caso de edif√≠cios classificados nas categorias cadastrais A / 8 e A / 9, e 'usado para uso residencial e o mesmo residente, h√° um artigo 76, par√°grafo 1 D.P.R. 602/1973

Para que as autoridades fiscais n√£o consigam confiscar a casa do devedor, √© necess√°rio que existam as seguintes condi√ß√Ķes:
- se é sobreunicamente imóvel porque o devedor não deve ter registrado outras propriedades ou unidades de propriedade (copropriedade);
- neste edifício, o contribuinte devedor deve ter fixo o seu próprio residência. Se você der a propriedade para alugar e ir morar em outro lugar, as autoridades fiscais podem tomar a casa;
- não deve ser casa de luxo (portanto não tem que ser uma villa, um castelo ou um palácio de valor artístico ou histórico eminente);
- deve ser uma propriedade usada como habita√ß√£o civil; se a √ļnica propriedade do devedor for usada como escrit√≥rio, ele pode ser anexado.
Devemos ter cuidado porque a lei não fala de casas, mas de propriedade. Segue-se que, se você possui um casa e de um terra agrícola Mesmo pequena, a casa não será mais protegida e as autoridades fiscais podem aproveitar ambas. Portanto, se você tiver mais de uma propriedade (mesmo que recebida como um presente ou como uma sucessão), o agente de cobrança poderá aproveitá-las todas.
Um t√≥pico diferente diz respeito aos acess√≥rios, como garagens, garagens ou adegas. Mesmo se eles tiverem um empilhamento aut√īnomo, a propriedade ainda poder√° ser considerada exclusiva.
Em conclusão, se eles têm outras propriedades ou vivem em uma casa alugada ou se a propriedade é usada para uso de escritório, a proibição de execução em frente às autoridades fiscais desaparecerá.

Primeira casa impectability


No entanto, mesmo que a primeira casa esteja perturbada devido √† falta de algumas das condi√ß√Ķes necess√°rias, a lei imp√Ķe limites √†s autoridades fiscais em favor do contribuinte em dificuldade.
Para encerrar a casa, em primeiro lugar, é necessário que o credor Fisco deve registrar hipoteca na propriedade. Além disso, a partir do registro da hipoteca, eles devem passar pelo menos 6 meses para iniciar o procedimento execução forçada.
O registro da hipoteca só pode ser feito por dívidas maiores para 20.000 euros.
o distraint só pode ser iniciado por dívidas maiores para 120.000 euros.
Vamos dar alguns exemplos. Voc√™ nunca arrisca a exclus√£o se tiver uma cobran√ßa de impostos n√£o paga no valor de 100.000 euros. Al√©m disso, o soma o valor das propriedades possu√≠das deve ser pelo menos ‚ā¨ 120.000 (n√£o apenas a propriedade a ser atacada).
Para poder iniciar o anexo, é necessário que o agente de coleta forneça aviso um contribuinte pelo menos 30 dias antes do registro da hipoteca. Na ausência de aviso a hipoteca será nula.
O que acontece se a propriedade anexada estiver em co-propriedade? Em caso de encerramento e leil√£o, parte dos recursos ter√£o de ser devolvidos ao co-propriet√°rio n√£o-devedor.

Quando a primeira casa est√° desolada

Além dos casos mencionados acima, a primeira casa é perturbada sem qualquer limitação se o devedor estiver inadimplente.
Se o credor é o banco que concedeu o empréstimo para a compra do primeira casa, a lei não coloca qualquer proibição de proceder para a propriedade financiada. O banco que concedeu o pagamento da quantia em dinheiro finalizada para a compra, registrará a hipoteca da casa e em caso de insolvência do mutuário, a hipoteca permitirá que o instituto de crédito coloque a casa aohaste e satisfazer seu crédito com o produto da venda.

Encerramento de imóveis


Al√©m disso, oex-c√īnjuge pode executar o encerramento na primeira casa do marido ou esposa que n√£o paga o subs√≠dio de subsist√™ncia. Para evitar que o c√īnjuge venda a propriedade, ser√° poss√≠vel solicitar a apreens√£o como medida de precau√ß√£o.
Em caso de dívidas do condomínio a casa pode ser executada. Pense no caso em que um condomínio não paga a taxa pela reforma da fachada do condomínio.
Para evitar que a empresa que executa o trabalho no final seja reexaminar os condomínios em ordem, o administrador pode solicitar uma liminar e iniciar um procedimento de execução contra o condomínio arrogante.
Em suma, a primeira casa √© desconsiderada por qualquer credor que n√£o seja a administra√ß√£o fiscal e, neste √ļltimo caso, a proibi√ß√£o existe sob certas condi√ß√Ķes.
o credores privados poder√° atacar os bens do devedor insolvente, incluindo a propriedade que √© √ļnica e comprada, beneficiando dos benef√≠cios fiscais previstos para a primeira casa. O encerramento da primeira casa √© poss√≠vel mesmo se o devedor estiver numa situa√ß√£o de dificuldade econ√≥mica ou tiver filhos dependentes.
No que respeita √†s d√≠vidas fiscais, apesar da proibi√ß√£o de vincula√ß√£o imposta ao agente de cobran√ßa, este √ļltimo poder√° ainda registar uma hipoteca sobre o patrim√≥nio do devedor em falta para d√≠vidas superiores a 20 mil euros.



Vídeo: Inuyasha encerramento 1 - Meu Desejo