Telhado em hipotecas

A hipótese da União Européia de introduzir um teto comum para a concessão de empréstimos está alarmada.

Telhado em hipotecas

Na Itália, os bancos podem fornecer hipotecas para a compra de casas por uma boa quantia 80% do valor da propriedade. O resto da quantia é, geralmente, adquirida estipulando apólices de seguro adicionais.

Valor de uma propriedade

Foi apresentado nos √ļltimos dias pela Uni√£o Europeia √† Federa√ß√£o Europeia de Bancos e ABI, um projeto que pretende modificar o mercado imobili√°rio, atrav√©s da introdu√ß√£o de um limite para hipotecas comum a todos os pa√≠ses da Uni√£oigual a 40% do valor do edif√≠cio. Se isso acontecer, os compradores estar√£o sujeitos a custos adicionais para poderem adquirir o valor restante, estipulando ap√≥lices de seguros.
A not√≠cia, anunciada na √ļltima segunda-feira pelo jornal econ√īmico Il Sole 24ore, gerou alarme entre consumidores e operadoras do setor.
Na prática, quando você pede um empréstimo para comprar uma casa no valor de, por exemplo, 200.000 euros, enquanto hoje você pode obter até 160.000 euros, se você passar a proposta européia você pode obter apenas metade, tornando a casa uma boa inacessível para muitas famílias.
A telha também iria quebrar no mercado imobiliário, hoje existem milhares de propriedades no mercado que permanecem não vendido por causa de dificuldades financeiras e financeiras baixo poder aquisitivo das famílias.
A hip√≥tese de interven√ß√£o foi justificada com a crise econ√īmica internacional, originada pela Hipotecas subprime americanas. De fato, nos Estados Unidos, empr√©stimos de at√© 100% do valor da propriedade eram concedidos a pessoas que, com sua renda, n√£o davam qualquer garantia de poder cobrir o pagamento. Agora que os valores imobili√°rios despencaram, os bancos est√£o apreendendo propriedades que valem muito menos do que quando foram compradas.
Daí a necessidade de harmonizar as exigências de capital para os bancos dos vários países, mas no momento nenhuma proposta foi formalizada, também porque a atual Comissão permanecerá no cargo até 31 de outubro, portanto será discutida novamente no próximo mandato..

Casa e poupança

A solução aparece no entanto desproporcionado para o mercado europeu, onde não ocorreram as anomalias da americana e, sobretudo, para o nosso país que, apesar dos problemas do sistema bancário, taxas de inadimplência muito baixas, menos de 2%, ao contrário do que acontece nos Estados Unidos.
A notícia, portanto, despertou a preocupação de potenciais compradores, que terão acesso a um financiamento menor e provavelmente em taxas mais altas, mas também pelos bancos que serão obrigados a anular mais capital.
o Comit√™ do setor banc√°rio europeu, que representa as principais federa√ß√Ķes banc√°rias europeias, enviou um documento de protesto √† Comiss√£o Europeia, apoiando a sua discord√Ęncia quanto ao estabelecimento de um limite comum para a concess√£o de empr√©stimos, dado que o mercado imobili√°rio dos v√°rios pa√≠ses apresenta diferen√ßas.


arco. Carmen Granata



Vídeo: Homesteading Family Living Off-Grid in a Spectacular Earthship