Pedido de convocação de reunião extraordinária

É possível distinguir dois tipos diferentes de montagem de condomínio: assembléia anual ordinária e assembléia extraordinária. Como solicitar a convocação?

Pedido de convocação de reunião extraordinária

Pedido de convocação de reunião extraordinária

É possível distinguir dois tipos diferentes de montagem de condomínio:
a) a montagem anual ordinário (art. 1135 c.c.);
b) a montagem extraordinário (art. 66 Disponível att. código comercial.).
O primeiro, que deve ser convocado em prazo de cada ano de gestão para a aprovação das contas final e preliminar, é emitido exclusivamente pelo administrador do condomínio.

Nestes casos, os condomínios têm uma mero poder de impulso que consiste na possibilidade de solicitar ao administrador recusa de convocar uma assembleia geral ordinária pode resultar em uma solicitação para revogar o administrador para sérias suspeitas de irregularidades graves na gestão do condomínio, mas não pode ter o efeito, que como será dito mais tarde é válido para a assembléia extraordinária, para permitir a auto-convocação.
Por outro lado, não é sem lógica.
Se a reunião ordinária visar principalmente a aprovação das contas anuais, que sentido teria para os condomínios? auto-convocação se o administrador não fizer essas contas?A situação é diferente para omontagem extraordinária.
Isso de acordo comart. 66, primeiro parágrafo, att. código comercial. pode ser convocado do administrador quando julgar necessário ou quando solicitado por pelo menos dois condomínios representando um sexto do valor do prédio.
o pedido oficial condomínios não permanecem sem efeitos, nestes casos, de fato, como odeclaração final do primeiro parágrafo do art. 66 Disponível att. cc após dez dias transcorridos desnecessariamente do pedido, os referidos condomínios podem prever diretamente a convocação.

Montagem de condomínio


Isso é o que nós chamamos primeiro Autoconvocate; é uma faculdade deixada à iniciativa de condomínios (no número identificado e especificado antes) e sujeito a não conformidade pelo administrador.
A este respeito, é útil esclarecer limpar o campo de qualquer dúvida, esclarecer algumas questões:
a) em primeiro lugar se o regulamento não diz nada sobre isso pedido de chamada também pode ser feito oralmente. Necessidades de certeza intoleráveis, no entanto, recomendo usar a forma escrita dos quais continua a ser comprovante de recebimento;
b) em segundo lugar, deve ser dito que o administrador é obrigado a agir no prazo de dez dias convocação da assembléia, mas não é necessário que a assembléia ocorra dentro de dez dias.

Fazer um exemplo concreto:
os condomínios Tizio, Caio e Sempronio, que representam mais de um sexto do valor mínimo do prédio, pedem, no dia 1º de junho e com entrega registrada entregue à mão, ao administrador Semprônio para convocar uma assembléia para discutir alguns tópicos que eles mesmos indicado.
No dia 5 de junho, o administrador inicia o avisos convocando a reunião, que convocou o dia 22 de junho, nestes casos o representante dos condomínios ele terá que se considerar cumprindo seu dever, pois ele respondeu ao pedido oficial dos condomínios dentro do prazo estabelecido por lei.
Quanto aoagenda da reunião extraordinária solicitada pelos condôminos é evidente que, exceto no caso de assuntos claramente ilegais ou para os quais a reunião não tem jurisdição, o diretor é obrigado a atender às solicitações feitas pelos coproprietários.



Vídeo: Convocação extraordinária urgente 21/12