Pedido de incentivos para fotovoltaica

A partir da Conta da Quarta Energia, o regulamento para a solicitação das tarifas de incentivo requer um procedimento em um portal de TI dedicado. A parte descritiva.

Pedido de incentivos para fotovoltaica

Quando falamos sobre o fontes de energia renov√°veisO mais conhecido dos quais √© solar, falamos frequentemente dos chamados incentivos da Conta de Energia, uma iniciativa legislativa a n√≠vel nacional que visa encorajar a utiliza√ß√£o de plantas e sistemas tecnol√≥gicos baseados em fontes renov√°veis, e para o fazer oferece em troca, incentivos econ√īmicos na forma de tarifas ligadas √† produ√ß√£o de energia de usinas individuais.
Recentemente, o Parlamento foi discutido no Parlamento Quinta conta de energia, que sucederá a atual, revisada, conforme anunciado anteriormente, em especial na parte referente à quantização de incentivos, que o governo tentou alinhar com os europeus

Incentivos econ√īmicos

tamb√©m com o objetivo de conter as despesas. Enquanto se aguarda a entrada em vigor deste √ļltimo instrumento regulat√≥rio, no entanto, apresentamos um resumo do atual sistema de solicita√ß√£o de incentivos ao GSE, um acr√≥stico do Gerente de Servi√ßos de Energia.
O Quarto Conto Energia, ao contr√°rio do anterior, introduziu um procedimento de candidatura para incentivos em sintonia com os tempos, atrav√©s douso de um portal de TI dedicado que substituiu o antigo sistema de e-mail de documentos e anexos em papel. O procedimento foi estudado e implementado para reduzir o tempo necess√°rio para gerenciar pr√°ticas e tamb√©m para ter sistemas para a aquisi√ß√£o de documentos a serem avaliados que sigam os padr√Ķes mais homog√™neos.
Para o portal dedicado, como para todos os sistemas deste tipo, um acessa ap√≥s um inscri√ß√£o qualifica, em primeiro lugar, a Pessoa respons√°vel / operador, nomeadamente o propriet√°rio da usina de energia renov√°vel que ser√° registrado, tendo em mente que essas opera√ß√Ķes, para aqueles que n√£o est√£o acostumados com procedimentos de TI e usam t√©cnicos ou consultorias, tamb√©m podem ser realizadas por um terceiro que se identificar√° como usu√°rio nas fases subsequentes.
Após o registro, que pode ser concluído para ambos pessoas naturais ser para entidades legais Nas diversas formas previstas pela legislação em vigor, o sistema disponibiliza, por e-mail, um endereço fornecido durante o cadastro, nome de usuário e senha para acessar o portal da GSE, localizado em //applicazioni.gse.it. Uma vez verificado que o perfil atual está correto, o operador ou o usuário por ele indicado deve dar outro passo, isto é, inscreva-se nos aplicativos de interesse, por exemplo, para sistemas fotovoltaicos, dois dos mais utilizados são FTV-SR (Bill energia fotovoltaica) e SSP (Exchange on site).

Instala√ß√Ķes fotovoltaicas em um abrigo

Uma vez que as fun√ß√Ķes solicitadas tenham sido habilitadas, o portal da GSE envia um email para cada aplica√ß√£o para notificar o operador / usu√°rio da aplica√ß√£o e o usu√°rio pode come√ßar a inserir os dados solicitados pelo portal para completar a solicita√ß√£o das tarifas de incentivo.
A primeira fase obrigat√≥ria √© a deidentifica√ß√£o do sistema e para isso √© necess√°rio ter obtido anteriormente oAtestado de Terna-Gaud√¨, um documento atestando que a planta em quest√£o foi devidamente registrada noregistro de plantas de produ√ß√£o e unidades relacionadas. Este Certificado cont√©m dois dados necess√°rios para o portal da GSE: o c√≥digo da Solicita√ß√£o e o N√ļmero da Censimp, que s√£o verificados pelo sistema e, somente se aceitos, permitem continuar com as opera√ß√Ķes de registro.
A próxima fase diz respeito àidentificação real da planta, inserindo dados de localização, com endereço completo, coordenadas geográficas e dados cadastrais. Quanto ao características da planta, para o qual o Operador / Sujeito responsável deve dar um nome de sua escolha, o sistema do portal requer para especificar o tipo de sistema (seja em um prédio ou não e se é construído em prédios ou áreas

Instalação de painéis fotovoltaicos

da Administra√ß√£o P√ļblica), a data de entrada em opera√ß√£o (que geralmente coincide com a instala√ß√£o de unidades de medi√ß√£o pela ENEL), bem como os dados m√≠nimos da pot√™ncia nominal instalada em kW e a capacidade anual de produ√ß√£o em kWh.
Outros dados necess√°rios est√£o relacionados a caracter√≠sticas da conex√£o com a rede de distribui√ß√£o e outros dados relativos ao operador de rede territorialmente competente, √† indica√ß√£o do C√≥digo POD e √†s op√ß√Ķes relativas √† gest√£o do servi√ßo de medi√ß√£o. N√£o se esque√ßa que para instala√ß√Ķes abaixo de 200 kW √© necess√°rio especificar se a planta usa o servi√ßo de troca no local tipo de sistema para o qual o incentivo √© solicitado (Sistema Fotovoltaico Fotovoltaico, Fotovoltaico com caracter√≠sticas inovadoras de BIPV ou Fotovoltaico Concentrado CPV) porque o tipo influencia a quantifica√ß√£o da tarifa de incentivo.
Um cart√£o subseq√ľente do portal √© dedicado √† escolha do m√©todos de comunica√ß√£o entre a GSE e a Operadora, que pode decidir receber comunica√ß√Ķes via PEC Certified E-Mail ou por correio registrado.

Parte 1 - continua



Vídeo: Agora é lei - Incentivo à energia solar