Reproduzir a hortĂȘnsia por estacas

As hortĂȘnsias sĂŁo fĂĄceis de propagar cortando, colocando galhos em vasos ou atĂ© mesmo no jardim com simples operaçÔes de dobrar os galhos no chĂŁo.

Reproduzir a hortĂȘnsia por estacas

HortĂȘnsias de escalada e arbustivas

Ortensia


Ligue tambĂ©m hortĂȘnsia, a hortĂȘnsia Ă© um dos mais comuns e mais belos arbustos lenhosos existentes na natureza. Muito comum em jardins e jardins, Ă© frequentemente usado como uma fronteira ou mesmo como uma cobertura baixa.
As hortĂȘnsias diferem em vinhas e arbustos; eles sĂŁo originĂĄrios da Ásia, onde eles tambĂ©m se movem em ĂĄreas com um clima mais complexo, como nas regiĂ”es do Himalaia.
Mesmo na Itålia, temos muitas espécies e este é o momento certo para fazer nossas compras de verão, propagando as mais belas por estacas.
Este mĂ©todo Ă© o mais prĂĄtico e tambĂ©m o mais simples, se feito com cuidado, para obter muitos pequenos espĂ©cimes de nossas hortĂȘnsias favoritas.

Talea hortĂȘnsias: como proceder

HortĂȘnsia branca


As operaçÔes para o corte das hortĂȘnsias começam em setembro / outubro, quando termina o florescimento dessas plantas.
Propagå-los com o método de ofertas de corte numerosas vantagens.
Em contraste com a semente, as mudas que sĂŁo criadas preservam as caracterĂ­sticas das plantas-mĂŁe com uma velocidade de enraizamento bem acima do crescimento padrĂŁo para a semeadura.
Uma vez que a planta tenha sido escolhida, o raminho para ser cortado deve ser selecionado entre aqueles livre de flores e com 2 ou 3 folhas, melhor se na base da planta, onde a estrutura Ă© mais amadeirada e ainda mais capaz de enraizar rapidamente.
O ramo deve ter um comprimento de cerca de 10-15 cm, geralmente posicionado, como mencionado, perto da planta mĂŁe.
É bom usar um faca muito afiada ou atĂ© mesmo uma lĂąmina de barbear para apanhar o ramo, com o qual fazer um corte limpo e oblĂ­quo, de modo a evitar o desgaste nĂŁo saudĂĄvel dos tecidos do ramo.
Uma vez obtido o ramo, as folhas inferiores devem ser eliminadas e a parte cortada no interior deve ser inserida areia ou pĂł rizogĂȘnico, de modo a favorecer a formação de raĂ­zes.
Esse tipo de pĂł, facilmente rastreĂĄvel no viveiro, Ă© rico em hormĂŽnios rizogĂȘnicos que favorecem o crescimento das raĂ­zes, acelerando o processo de multiplicação.
Mesmo quando se usa areia simples, as novas necessidades de corte rega constante e exposição adequada à luz solar.
O substrato vai continuamente mantido Ășmido, de forma constante; para que tudo seja feito corretamente, vocĂȘ pode usar um spray para pulverizar o frasco pelo menos duas vezes por dia.
Se vocĂȘ estĂĄ exposto a um clima particularmente seco, vocĂȘ tambĂ©m pode cobrir os frascos com uma folha de plĂĄstico transparente, para ser removido imediatamente para eliminar a condensação e realizar regas.
Se os galhos forem colocados em um Ășnico vaso, Ă© bom ficar atento Ă s distĂąncias, para a exposição correta Ă  luz e aos nutrientes.
o primeiras raízes, se o corte funcionou corretamente, eles aparecerão após cerca de 40-50 dias das operaçÔes.
Neste momento, é hora de transferir raminhos com areia e solo, possivelmente com a adição de turfa, em vasos maiores e melhor se em terracota, para ser colocado ao ar livre, em åreas protegidas do sol, do vento e do frio mais pungente.
A escolha de terracota nĂŁo Ă© casual; É um dos materiais mais versĂĄteis, bem como entre os mais antigos, para vasos de flores. Sua respirabilidade e a capacidade de liberar a umidade ao longo do tempo ajudam a planta a nĂŁo sofrer choques tĂ©rmicos, especialmente nos primeiros dias de sua nova vida radical.

Depois de repotting

Somente na chegada do proxima primavera serĂĄ possĂ­vel estacas repot em vasos ainda maiores e adicione-os a outras flores em seu jardim.
A terra tambĂ©m pode ocorrer no solo, lembrando que as hortĂȘnsias precisam de uma posição luminosa, mas sem raios diretos do Sol, com um solo rico e fĂ©rtil, para serem incorporadas com adubo e hĂșmus, para ter ainda mais nutrientes para sustentar.
A rega de mudas jovens deve ser regular, especialmente nos meses mais quentes, favorecendo oĂĄguas pluviais depositadasou em parte livre de calcĂĄrio.

Talea diretamente da planta mĂŁe

Estacas de hortĂȘnsias


AlĂ©m da tĂ©cnica do galho, existe outra maneira de propagar a hortĂȘnsia, sempre a partir da planta mĂŁe, especialmente quando se trata de plantas enraizadas no solo e no jardim.
Neste caso, em vez de fazer cortes, Ă© o suficiente dobre um galho baixo da planta principal, de modo que ela toque o solo e seja enterrada diretamente.
O ramo deve ser bloqueado com uma pedra ou um objeto com peso adequado, de modo que permaneça fixo ao solo.
O ramo também deve ser regado e verificado periodicamente. depois cerca de 6-7 dias, eles devem aparecer as raízes, prendendo a nova planta ao solo, não precisando mais de suportes e cortando a conexão com a planta principal.
Esta tĂ©cnica Ă© particularmente indicada no caso de hortĂȘnsias externas e em solos livres, onde se deseja espalhar e crescer extensivamente, por exemplo, para um canteiro de floresTodas as plantas jovens, em qualquer caso, devem ser regadas com ĂĄgua depositada, pouco calcĂĄria e com regas delicadas, sem necessariamente molhar as folhas, mas procedendo do pĂ©.



VĂ­deo: Reprodução por estacas #05 - Dicas Rápidas