Região do Piemonte publicou um vademecum sobre usinas térmicas

Um guia simples para informar ao cidadão quais cheques devem ser realizados nas usinas e como o novo banco de dados de usinas térmicas é organizado.

Região do Piemonte publicou um vademecum sobre usinas térmicas

Por que um vademecum em usinas térmicas?

Termas do Piemonte vademecum -1

A partir de 2013, a legisla√ß√£o nacional sobre usinas t√©rmicas foi alterado v√°rias vezes. As mudan√ßas diziam respeito principalmente √† defini√ß√£o de um sistema de aquecimento, a freq√ľ√™ncia dos controles nas usinas e a introdu√ß√£o de um novo modelo para o livreto do sistema.
Para o cidadão comum, que compreensivelmente poderia se perder diante de todas essas mudanças, a Região do Piemonte preparou uma vade mecum específico em sistemas térmicos.
Com o vademecum pretendemos informar o cidad√£o sobre os principais conte√ļdos da atual regulamenta√ß√£o sobre sistemas de aquecimento e as atividades a serem realizadas em sua pr√≥pria casa para estar sempre em ordem.
O vademecum est√° atualmente dispon√≠vel para download em site da regi√£o do Piemonte. Aqui est√£o resumidos os principais conte√ļdos.

Sistemas de aquecimento de vademecum: quem √© respons√°vel pela planta e quais s√£o suas obriga√ß√Ķes?

O papel do respons√°vel pelo sistema pode ser coberto por v√°rias figuras:
- o ocupante, por qualquer motivo, no caso de unidades residenciais individuais;
- o propriet√°rio, no caso de unidades residenciais residenciais n√£o locadas individuais;
- o administrador, no caso de edifícios com sistemas de aquecimento centralizado administrados num condomínio;
- o proprietário ou diretor geral, no caso de edifícios pertencentes a terceiros que não sejam pessoas singulares.
O gerente da fábrica é obrigado a cuidar da operação, operação, controle, manutenção do sistema e conformidade com os regulamentos de eficiência de energia.

Sistemas de aquecimento de vademecum: verifica√ß√Ķes a realizar nos sistemas de aquecimento

Existem dois tipos diferentes de controles:
- interven√ß√Ķes de manuten√ß√£o, de acordo com o artigo 7¬ļ da D.P.R. 74/2013;
- os controlos da efici√™ncia energ√©tica, referidos no artigo 8.¬ļ da DPR. 74/2013.
o interven√ß√Ķes de manuten√ß√£o estes s√£o os trabalhos necess√°rios para garantir a seguran√ßa e a funcionalidade do sistema ao longo do tempo e para preservar o desempenho da f√°brica dentro dos limites legais. A manuten√ß√£o deve ser realizada apenas por t√©cnicos qualificados. Sua frequ√™ncia n√£o √© fixa. Pode ser indicado pelo instalador do sistema, ou pelo fabricante do equipamento (ver, a este respeito, qualquer informa√ß√£o contida no manual de uso e manuten√ß√£o do sistema) ou, na aus√™ncia das indica√ß√Ķes acima, seguindo as normas UNI e CEI. sobre o tipo de sistema instalado. A Regione Piemonte preparou um fac-s√≠mile para o registro em papel das opera√ß√Ķes de manuten√ß√£o. O documento pode ser baixado do site sistemapiemonte.it.
o controle de efici√™ncia energ√©tica deve sempre ser feito por um t√©cnico qualificado e deve referir-se ao sistema de gera√ß√£o de energia (por exemplo, a caldeira), aos sistemas de regula√ß√£o de temperatura (por exemplo, term√≥stato ambiente) e aos sistemas de tratamento de √°gua, quando presentes. A frequ√™ncia das verifica√ß√Ķes de efici√™ncia energ√©tica √© indicada nesta tabela, retirada daAnexo A da D.P.R. 74/2014.

Termas do Piemonte vademecum - 2


Somente se a soma dos poderes cair nos campos indicados na tabela deve ser feita, para cada planta, uma verificação de eficiência energética. Para geradores que não compartilham o mesmo sistema de distribuição (por exemplo, uma caldeira a gás natural e um recuperador de calor completamente independente), a relação deve ser feita apenas para aparelhos que, individualmente, excedem os poderes indicados na terceira coluna do sistema. mesa.
Além dos intervalos de tempo indicados na tabela, a verificação de eficiência energética do sistema deve ser feita:
- quando a instalação é colocada em operação pela primeira vez;
- quando substituir o gerador (por exemplo, caldeira);
- quando s√£o realizadas interven√ß√Ķes extraordin√°rias que podem modificar a efici√™ncia energ√©tica.
O operador que realiza a verificação de eficiência energética da planta deve carregar o relatório de controle no Registo Predial Regional de Plantas Térmicas Informatizadas (CIT).

Vademecum impianti termici: o novo folheto da planta no Piemonte

o Manual de instala√ß√£o √© o cart√£o de identidade de uma usina t√©rmica. Informa√ß√Ķes sobre as caracter√≠sticas t√©cnicas, as modifica√ß√Ķes feitas ap√≥s a instala√ß√£o, as verifica√ß√Ķes realizadas, etc. s√£o relatadas.
Recentemente, a Regi√£o do Piemonte adotou os novos livretos de sistema em conformidade com as indica√ß√Ķes fornecidas pelo Decreto Ministerial de 10 de fevereiro de 2014. Os dados anexados aos controles de efici√™ncia energ√©tica, mas n√£o aqueles das interven√ß√Ķes de manuten√ß√£o, s√£o relatados nos anexos do livreto da f√°brica..

Vademecum impianti termici: o cadastro das usinas térmicas no Piemonte

Termas do Piemonte vademecum -3

De 15 de outubro de 2014 o novo est√° ativo Cadastro Regional Territorial de Usinas T√©rmicas - CIT, que permite efetuar altera√ß√Ķes on-line no livro de registros do sistema e nos relat√≥rios de controle de efici√™ncia de energia.
N√£o √© mais obrigat√≥rio manter uma c√≥pia impressa do livreto do sistema, mas √© obrigat√≥rio manter as informa√ß√Ķes atualizadas no CIT por meio de preenchimento eletr√īnico.
Para mim novas instala√ß√Ķes a compila√ß√£o eletr√īnica no CIT √© obrigat√≥ria ap√≥s o comissionamento inicial da planta e √© realizada pelo instalador.
Para o instala√ß√Ķes existentes a compila√ß√£o eletr√īnica no CIT √© obrigat√≥ria durante as verifica√ß√Ķes peri√≥dicas de efici√™ncia energ√©tica ou na chamada de t√©cnicos de manuten√ß√£o e instaladores. Isso deve ser feito pelo gerente da f√°brica ou, por procura√ß√£o, pelo t√©cnico de manuten√ß√£o. Para obter informa√ß√Ķes mais precisas sobre a compila√ß√£o eletr√īnica no CIT, consulte os guias para download p√°gina do site sistemapiemonte.it.



Vídeo: