Dados de design térmico

Um sistema térmico é projetado com base em dados climáticos precisos do local de referência e das temperaturas externas relativas ao inverno e ao verão.

Dados de design térmico

Os dados iniciais para um projeto de usinas térmicas eles são i dados climáticos do local de referência, incluindo temperaturas externas.

Barometro

Os dados clim√°ticos da localidade de refer√™ncia s√£o constitu√≠dos poraltitude, o longitude e o latitudele caracter√≠sticas do terreno, com o temperatura m√©dia de refer√™ncia, as temperaturas de inverno e ver√£o de refer√™ncia com umidade relativa. Geralmente as temperaturas devem ser conhecidas bulbo √ļmido e seco.
o temperatura do bulbo √ļmido √© o temperatura na qual a √°gua √© trazida sob condi√ß√Ķes de troca convectiva e massa de ar sobre ela em movimento turbulento.
o temperatura do bulbo seco √© o temperatura medida por um term√īmetro bulbo comum, esta temperatura medida √© independente da umidade relativa do ar.

Dados de localização para configuração do projeto

o longitude da localidade do projeto, expresso em graus sexagesimais é positivo para os meridianos a oeste do meridiano de referência de Greenwich, enquanto é negativo para os meridianos a leste de Greenwich, para os lugares italianos é claro que é sempre negativo.
o latitude da localidade de projeto, expressa em graus sexagesimal é positivo para os paralelos do hemisfério norte (boreal) que a que pertencemos e é negativo para os paralelos do hemisfério sul (austral), é claro que para os locais italianos é sempre positivo.
A temperatura do solo √© a temperatura que no inverno atinge o ponto de refer√™ncia, √© um dado fundamental para o c√°lculo das dispers√Ķes. Na verdade, eles existem terra de diferentes tipos com diferentes valores de condutividade t√©rmica que determina as dispers√Ķes dos pisos contra o solo. Outro par√Ęmetro significativo para avalia√ß√Ķes t√©rmicas √© a faixa de temperatura di√°ria, expressa em graus cent√≠grados.
L 'faixa de temperatura di√°ria refere-se ao dia de ver√£o em que ocorre a temperatura do bulbo seco de ver√£o ao ar livre do projeto. Este dado √© necess√°rio para a determina√ß√£o da temperatura exterior dos edif√≠cios nas v√°rias horas do dia, que podem ser calculadas de acordo com as indica√ß√Ķes ASHRAE (Sociedade Americana de Engenheiros de Aquecimento, Refrigera√ß√£o e Ar Condicionado).
o fator de n√©voa e o refletividade do ambiente circundante do edif√≠cio de refer√™ncia, s√£o coeficientes que expressam respectivamente a atenua√ß√£o ou aumento da radia√ß√£o solar, dependendo das condi√ß√Ķes do microclima local e da refletividade do contexto ambiental urbano ou n√£o urbano em que o 'edif√≠cio. Tamb√©m neste caso da ASHRAE FUNDAMENTALS 1985 √© poss√≠vel ter indica√ß√Ķes para a determina√ß√£o dos coeficientes acima mencionados.
Além disso, cada área geográfica pertence univocamente a uma zona climática de acordo com a classificação fornecida porart. 2, parágrafo 1, do Decreto Presidencial 412/93 e cada localidade dentro de uma zona climática tem seus graus de dia sempre definidos pelo Decreto Presidencial 412/93.

Progetto termico

para dia de graus de uma localiza√ß√£o significa o soma, estendida para todos os dias de um per√≠odo de aquecimento convencional, vari√°vel de localiza√ß√£o na localidade, das √ļnicas diferen√ßas di√°rias positivas entre a temperatura ambiente e a temperatura di√°ria externa m√©dia.
Atualmente, para a maioria dos munic√≠pios italianos √© poss√≠vel encontrar as informa√ß√Ķes acima e qualquer outra informa√ß√£o, por√©m de interesse do ponto de vista clim√°tico como ventania m√©dia e precipita√ß√£o m√©dia refer√™ncia, a partir dos sites da l√≠ngua comum.
Neste ponto, os dados necess√°rios para a avalia√ß√£o de cargas t√©rmicas e a remo√ß√£o de poss√≠veis solu√ß√Ķes do sistema s√£o aqueles relacionados ao edif√≠cio. Entre elesorienta√ß√£o geogr√°fica do edif√≠cio, as caracter√≠sticas do inv√≥lucro do edif√≠cio constitu√≠do por pavimentos e paredes perim√©tricas e as caracter√≠sticas dos caixilhos.



Vídeo: O que é Escopo? //UXNOW