Fotocatálise, o que é e para que serve?

Photocatalysis, um sistema pouco conhecido que é capaz de reduzir a taxa de poluição ambiental através da radiação solar: o seu uso em edifícios.

Fotocatálise, o que é e para que serve?

O processo de fotocatálise é esse processo que visa purificar o ar reduzindo a poluição através da ação do dióxido de titânio e da ação dos raios solares.
Este processo é essencialmente de natureza química e baseia-se na neutralização do óxido de azoto purificando o ar.
Todo este sistema é utilizado na construção de elementos de construção e construção de produtos em geral com propriedades anti-poluentes.
Os elementos que são tratados com este processo químico são geralmente elementos externos de revestimento como painéis de fachada, estuque e telhas.

O que o óxido de nitrogênio faz

inquinamento ambientale

O óxido nítrico (NO), por si só, não é prejudicial ao corpo humano: tem um papel importante na sistema imunológico, no sistema cardiovascular, no sistema nervoso central e no sistema nervoso periférico.
No entanto, esta substância está ligada apoluição atmosférica, quando associado ao dióxido de nitrogênio (NO2).
O primeiro é um gás incolor, insípido e inodoro e tem uma toxicidade limitada, enquanto o último é um gás tóxico e poluente com uma cor amarelo-avermelhada.
Este último é o principal responsável pela cor amarelada das névoas que cobrem as cidades e é produzido pelo tráfego e pelas emanações das indústrias.

Processo de purificação de ar através de fotocatálise

Como todos sabemos, o ar que respiramos está cheio de poluentes que são prejudiciais tanto para a saúde humana como para o próprio ambiente. O processo químico subjacente ao mecanismo de purificação de ar É conhecido como fotocatálise.

agenti inquinanti

o fotocatálise é um processo oxidativo pelo qual o dióxido de titânio é responsável.
Esta substância na presença da luz solar, portanto raios ultravioletas, tende a atrair e reter as moléculas de H2O, presentes no ar na forma de umidade, mantendo os pós finos e com eles o óxido de nitrogênio para torná-los mineralizados.
Este processo de oxidação já ocorre naturalmente na natureza, mas o fotocatálise acelera evitando assim a estagnação de substâncias nocivas no ar.
O processo de fotocatálise é do tipo natural, então podemos defini-lo sem custo e inesgotável.
O único aspecto desagradável desse processo químico de oxidação é a produção de nitritos e nitratos, que são os principais responsáveis ​​pelas pátinas de sujeira que frequentemente encontramos nas superfícies de nossos edifícios, mas sendo esses elementos solúveis em água, o problema é logo resolvido através das chuvas.
Nas superfícies de nossas casas, este processo garante um capacidade de autolimpeza e uma qualidade antibacteriana, bem como uma ação antipoluiçãoporque os sais impedem o ataque de algas e bactérias e são facilmente eliminados.

Fotocatálise aplicada a materiais de construção

o fotocatálise aplicado a materiais de construção pode ser uma excelente solução para reduzirpoluição ambiental.
Como dissemos antes, a substância que subjaz ao processo de fotocatálise é dióxido de titânio: combinando-o com cimento, tem sido possível obter um tipo de ligante com excelentes características de resistência mecânica e durabilidade, mas que ao mesmo tempo usufrui de propriedades relacionadas ao meio ambiente.
Desta forma, obtivemos um composto inovador capaz de acelerar a oxidação dos componentes orgânicos poluidores que são depositados nas paredes externas dos edifícios.

Efeitos vantajosos da fotocatálise

processo di fotocatalisi

O mecanismo de fotocatálise permite que materiais contendo dióxido de titânio desfrutem de diferentes propriedades, como a capacidade de purificar o ar e a ação desodorizante, pois esse processo decompõe gases tóxicos orgânicos que geralmente são uma fonte de desconforto doméstico.
Além disso, o processo de fotocatálise contribui para a ação antimicrobiana, ou seja, todas as bactérias e fungos que normalmente são depositados nas superfícies são eliminados graças ao forte poder oxidante do fotocatalisador.
Sempre o mesmo processo de fotocatálise contribui para a ação anti-nevoeiro, na verdade nós falamos sobre auto-limpeza de materiais. O exemplo a que podemos nos referir é o de uma superfície mostrando uma total falta de repelência de água, como um espelho em um banheiro, esta superfície, se tratada com este processo, não se torna nebulosa com vapor de água.
Se as superfícies externas das nossas casas estiverem revestidas com material fotocatalítico, a sujeira será lavada com a chuva e assim preservará as características estéticas dos artefatos.
Além disso, estes compostos também podem ser usados ​​em outros tipos de painéis ou telhas, podemos até falar de pisos fotocatalíticos.
A técnica, portanto, de cobrir os materiais de construção com fotocatalisadores para remover poluentes em torno de edifícios e estruturas, é chamado purificação de ar passivo, isto é, portanto, capaz de limpar o ar do meio ambiente usando apenas energia solar e, assim, favorecendo o economia de energia.



Vídeo: Dióxido de Titânio