Um parque em movimento: PAV

Em Turim, o Living Art Park, o resultado de uma avaliação cuidadosa da interação ambiental.

Um parque em movimento: PAV

vis√£o panor√Ęmica

Em uma √°rea industrial abandonada em Lingotto area, onde uma vez que as molas foram embaladas para suspens√£o do carro, em 2007 foi criado PAV, uma √°rea verde aberta ao p√ļblico, que √© caracterizado como um novo modelo de museu fundada na uni√£o arte / natureza.

Nestas terras, h√° muito abandonadas, usadas h√° anos como escombros de aterros, s√£o completamente pioneiras, muitas esp√©cies de plantas espont√Ęneas, que foram motivo para repensar durante a fase de projeto, convertido de parque para parque de arte.

Com uma √°rea de 23.500 metros quadrados, a estrutura √© baseada na rela√ß√£o entre espa√ßo aberto e instala√ß√Ķes de projetos art√≠sticos, em que, al√©m de um enorme jardim, existem salas de aula com oficinas educativas e um itiner√°rio da exposi√ß√£o.

Interior do bioma

O Pav nasceu de uma ideia do artista Pietro Gilardi, em união com o paisagista Gianluca Cosmacini e Alessandro Fassi, especialista em bio-arquitetura, que, envolvendo muitos outros profissionais, eles trabalham desde 2002 neste projeto, que é inspirado nos pressupostos teóricos do'art relacional.

A entrada é através de uma estufa de uma praça pedestre, que foi construída de acordo com a princípios da arquitetura bioclimática. A estrutura básica do parque é um gramado predominantemente plano, sem caminhos de pedestres já predispostos e rastreados. O gramado é uma simples conexão pura entre as várias áreas em que a estrutura é organizada, o que caracteriza o espaço verde.

Dentro do jardim h√° um grande n√ļmero de esp√©cies de √°rvores e flores, bem como in√ļmeras esp√©cies de insetos e outros animais.

telhado verde

o BIOMA, localizado no centro do parque, √© o edif√≠cio principal dentro do qual h√° um caminho de arte ambiental, com instala√ß√Ķes multim√≠dia. Articulado em seis salas com tantas esta√ß√Ķes interativas organizado ao longo de um percurso semicircular, permite usar dispositivos sensoriais e ver materiais inertes ou vivos de perto.

O resto das obras no parque n√£o s√£o, na realidade, constru√ß√Ķes reais, mas acampamentos feitos com materiais naturais e recicl√°veis, ou edif√≠cios pretendidos e uma dissolu√ß√£o progressiva.

Oferece ao p√ļblico experimentos est√©ticos e experienciais, al√©m de participativa, atrav√©s da organiza√ß√£o de cursos e oficinas envolvendo pessoas de todas as idades, com foco na natureza e n√£o apenas, utilizando tanto os espa√ßos cobertos quanto os de verde.

instala√ß√£o de lim√Ķes

Um parque de ecologia ambiental fundada em uma plataforma te√≥rica elaborada entre conceitos de Arte Ecol√≥gica e Bio Arte. Uma sucess√£o de eventos cadenciados pelas esta√ß√Ķes, que aparecem sempre em um perfil diferente.

O PAV √© um ponto de agrega√ß√£o aO interior da cidade, que visa a socializa√ß√£o eeduca√ß√£o ecol√≥gica de adultos e crian√ßas; um centro experimental de arte contempor√Ęnea, que prop√Ķe atividades educativas cativantes, que eles tentam reinseri esta √°rea, na engrenagem produtiva da cidade.



Vídeo: Dança Circular Sagrada_Meditação em movimento - Parque Anália Franco