Ocupação de terras públicas

Elaborar e fornecer as informações necessárias para iniciar a prática da Ocupação no Solo Público, necessária para algumas operações de manutenção ordinárias e extraordinárias.

Ocupação de terras públicas

Mídia EmTudoDesign.com

o pedido de ocupação de terrenos públicos, por uma questão de brevidade OSPdeve ser enviado ao serviço técnico municipal competente quando, para a execução de obras de construção autorizadas, for necessário dispor temporariamente de uma área pública ou privada aberta ao público para colocar uma obra temporária ou constituir um espaço para ela. do canteiro de obras.
A concessão é dispendioso e contempla o pagamento de um taxa e o estabelecimento de um depósito de segurança; este último pode ser liberado no final das obras por um pedido específico a ser apresentado pela concessionária e pelo gerente do projeto, que deve ao mesmo tempo certificar a remoção de trabalhos anteriormente insistentes na área e a ausência de danos causados ​​por mesmo para o chão da estrada.
De fato, é necessário que a zona ocupada seja trazida de volta ao seu estado original no final dos trabalhos.
em Município de Roma, se excluirmos algumas pequenas diferenças encontradas nas formas de cada município, os documentos a serem apresentados são os seguintes:
- demanda com carimbo (atualmente € 14,62), assinado pelo proprietário ou administrador do condomínio e o gerente de construção, com indicação da tipo de trabalho a ser realizado (manutenção ordinária em um edifício restrito ou sem restrições, manutenção extraordinária com CIA, SCIA ou DIA), da finalidade do pedido (montar um andaime, montar um canteiro de obras, colocar uma plataforma, etc.), medidas da área a ser ocupada (incluindo a projeção no chão de uma possível saia).

Mídia EmTudoDesign.com


No mesmo local, o profissional, aceitando a tarefa de gerenciar as obras, deve declarar que o número de dias necessários para o OPS é adequado ao tamanho do local e às condições climáticas sazonais;
- foto colorida da porção de pavimentação em questão e da elevação do objeto de construção das obras; estes últimos são necessários, em particular, quando a intervenção diz respeito à repintura da fachada e o impacto de qualquer nova cor escolhida deve ser avaliado em relação à continuidade da cortina de construção e do contexto;

Mídia EmTudoDesign.com

- desenhos gráficos (em mesa única com carimbo e assinatura do diretor da obra, geralmente em três cópias) com: planimetria geral da área em escala 1: 500 ou 1: 1000; plano detalhado na escala 1: 100 com todas as indicações dimensionais e tipológicas relativas ao objeto de trabalho do pedido do OPS (incluindo a descrição dos dispositivos a serem utilizados para cercar a área e torná-la inacessível, também através de sinalização adequada, para não profissionais) e a descrição dos regulamentos rodoviários na área (instruções de direção, presença de áreas de estacionamento autorizadas, largura das calçadas, presença de árvores, etc.); seção transversal na escala 1: 100 que destaca a relação entre a altura do trabalho temporário e a altura total do edifício.

A pedido do OSP por um plataforma a cópia do livro de registro deve sempre ser anexada, enquanto para criar um Andaime com mais de 20 metros de altura é necessário apresentar o projeto relativo e os cálculos estruturais.

Mídia EmTudoDesign.com

Em caso de perigo sério e iminente, verificado por Bombeiros, o procedimento para a obtenção do OPS é geralmente mais ágil e rápido, e tem como objetivo realizar as intervenções de segurança o quanto antes, respeitando sua natureza urgente, a fim de preservar a segurança pública; Um caso típico é o de uma cornija perigosa.
No entanto, esta via preferencial só é aceitável apresentando, em anexo à candidatura, uma cópia do aviso emitido pelas autoridades competentes.
Finalmente, algumas notas sobre o cronometragem.
A candidatura deve ser submetida pelo menos 40 dias antes de começar o trabalho.
O OSP pode desfrutar de um extensão desde que tal seja solicitado o mais tardar no último terço dos dias concedidos (para OSPs com prazo de três meses nunca superior a 30 dias após a expiração).



Vídeo: OCUPAÇÃO IRREGULAR DE TERRAS PÚBLICAS: CIDADE DAS LUZES