Requisito de banda larga em vigor desde 1 de julho

A partir de 1 de julho de 2019, os novos edifícios e edifícios que estão a ser renovados devem estar preparados para conexão de banda larga com fibra ótica.

Requisito de banda larga em vigor desde 1 de julho

Banda larga em edifícios novos e renovados

Enquanto aguarda a aprova√ß√£o do Decreto de Telecomunica√ß√Ķes, A It√°lia tenta reduzir os custos, hoje muito altos, para a ampla distribui√ß√£o do conex√Ķes de banda larga de fibra √≥ptica, e faz isso por predisposi√ß√£o para fia√ß√£o obrigat√≥ria os edif√≠cios, novos e renovados.

Banda larga

A banda larga √© um sistema de recep√ß√£o e transmiss√£o simult√Ęneas de dados de alta velocidade, baseado na explora√ß√£o de uma banda mais ampla que os antigos sistemas de comunica√ß√£o.
Este sistema √© essencial para garantir rapidez e efici√™ncia nas conex√Ķes, no dia a dia e nos locais de trabalho, onde a troca de informa√ß√Ķes, dados e videoconfer√™ncias s√£o fundamentais.
Al√©m disso, a difus√£o da banda larga pode constituir raz√£o para o crescimento econ√īmico do pa√≠s, em que este sistema de comunica√ß√£o ainda n√£o √© difundido.
A este respeito, o Decreto presidencial 6 de junho de 2001, n. 380 Texto consolidado das leis e regulamentos sobre a constru√ß√£o est√° equipado com outro artigo, precisamente deart. 135 bis, Normas para infraestruturas de edif√≠cios digitais, introduzido pelo art. 6-ter, par√°grafo 2, lei n. 164 de 2014; este √ļltimo artigo prev√™ que o operador de comunica√ß√£o, durante a fase de desenvolvimento da rede de fibra √≥tica, pode instalar os elementos de rede, cabos, fios, parti√ß√Ķes ou similares, √†s suas pr√≥prias custas, nas rotas a√©reas de outros servi√ßos p√ļblicos externos e internos ao propriedade e em apoio a eles, desde que seja garantido que a instala√ß√£o em si n√£o altera a apar√™ncia da propriedade ou causar qualquer dano ou preju√≠zo para o mesmo.

Banda larga obrigatória em edifícios

Isso significa que os operadores de serviços de comunicação podem usar propriedades privadas para a instalação da rede, utilizando o sistema presente nelas e sem trabalhos invasivos.
A obriga√ß√£o √© assumida pelo 1¬ļ de julho de 2015 para todos novos edif√≠cios e para aqueles objeto de renova√ß√£o de edif√≠cios subordinado ao lan√ßamento do permiss√£o para construir; O objetivo √© facilitar a instala√ß√£o de sistemas de comunica√ß√£o em banda larga, garantindo uma rede invis√≠vel de conex√Ķes em todo o pa√≠s.
Mas o que os engenheiros e as empresas precisam fazer para tornar um edifício compatível com essas necessidades?

Como configurar a banda larga

O art.135 bis da Lei Consolidada estabelece que todos os novos edif√≠cios com autoriza√ß√Ķes apresentados ap√≥s 1¬ļ de julho de 2015 devem serinfraestrutura f√≠sica multisservi√ßo passivaisto √©, um complexo de instala√ß√Ķes no interior de edif√≠cios contendo redes de acesso por fibra √≥ptica com termina√ß√£o fixa ou sem fios, permitindo o acesso a servi√ßos de ultra banda larga e ligando o ponto de acesso do edif√≠cio ao ponto terminal do rede.
Mesmo os edif√≠cios sujeitos a obras de renova√ß√£o pesada, cujo in√≠cio das obras est√° sujeito √† emiss√£o de licen√ßas de constru√ß√£o, devem obedecer a esta norma; especificamente n√≥s falamos sobre as interven√ß√Ķes inclu√≠das na arte. 10 par√°grafo 1 letra c) da Lei Consolidada: renova√ß√Ķes de edif√≠cios que conduzam a um organismo de edif√≠cio em todo ou em parte diferente do anterior e envolvam altera√ß√Ķes no volume global de edif√≠cios ou eleva√ß√Ķes, ou que, limitado aos edif√≠cios inclu√≠dos nas zonas homog√©neas A, envolvam altera√ß√Ķes na utiliza√ß√£o prevista, bem como interven√ß√Ķes que envolvem mudan√ßas na forma de propriedades sujeitas a restri√ß√Ķes...
Dada a variabilidade na classifica√ß√£o das interven√ß√Ķes prediais, nos pr√≥ximos meses espera-se, no entanto, a extens√£o da aplica√ß√£o da lei, mesmo para reformas de edifica√ß√Ķes sujeitas a D.I.A, como interven√ß√Ķes semelhantes √†s descritas acima.

Banda Larga em Edifícios

Mas continuamos com a an√°lise da regra: no par√°grafo 2, al√©m disso, h√° uma obriga√ß√£o, tanto para novos edif√≠cios quanto para renova√ß√Ķes, de uma ponto de acesso, isto √©, um ponto f√≠sico, localizado dentro ou fora do edif√≠cio, acess√≠vel √†s empresas que fornecem redes de comunica√ß√Ķes p√ļblicas; o ponto de acesso garante a conex√£o com a infra-estrutura interna, preparada para o fibra √≥ptica de ultra-banda larga.
Edifícios equipados com esses sistemas podem expor umrótulo voluntário com o texto Edifício preparado para banda larga.
Ap√≥s a instala√ß√£o dos sistemas de conex√£o de fibra √≥tica, a etiqueta √© liberada por um t√©cnico qualificado para as plantas referidas no Artigo 1, par√°grafo 2, letra b), do Regulamento referido no Decreto do Ministro do Desenvolvimento Econ√≥mico 22 de janeiro de 2008, n. 37, e de acordo com as disposi√ß√Ķes do CEI 306-2 Guias, Guia de fia√ß√£o para telecomunica√ß√Ķes e distribui√ß√£o de multim√≠dia em edif√≠cios residenciais, e 64-100 / 1, 2 e 3, Guia para a prepara√ß√£o de infraestrutura para sistemas el√©tricos, eletr√īnicos e de comunica√ß√Ķes.

Vantagens decorrentes da presen√ßa de instala√ß√Ķes de banda larga em edif√≠cios

A banda larga √© agora essencial para garantir aos cidad√£os um conex√£o r√°pida e de acordo com os padr√Ķes europeus: o estilo de vida e o trabalho precisam ser cada vez mais r√°pidos e conectados.

Instala√ß√Ķes de banda larga

A obriga√ß√£o de instalar sistemas de banda larga permitir√° aos provedores de servi√ßos de comunica√ß√£o √°reas p√ļblicas e elementos, como postes de luz, mas tamb√©m √°reas privadas para a passagem de cabos para a fibra √≥ptica: edif√≠cios p√ļblicos, bem como casas unifamiliares ou condom√≠nios constituir√£o um ponto de acesso para o desenvolvimento de um sistema de comunica√ß√£o moderno.
A difus√£o generalizada da banda larga, com estes pressupostos, ser√° menos caro, mais facil e n√£o invasivo.

Além disso, a obrigação proporcionará uma oportunidade de atualização e crescimento profissional para as empresas e técnicos, além de impulsionar ainda mais o mercado de construção, infelizmente caracterizado por um longo período de dificuldade.



Vídeo: MC Menor da VG - Fogo na Inveja (KondZilla)