Novo iter para o registro de terras

Uma fase experimental foi iniciada para o novo procedimento de registro de novos edifícios no Cadastro.

Novo iter para o registro de terras

Com o Circular 1/2009 de 08/05/09, oAgência Terrestre iniciou a fase experimental de um novo procedimento de registro de novas unidades imobiliárias.
Em particular, a disposição diz respeito ao primeiro registro no Cadastro de novos edifícios e, portanto, a mudança de estado da terra para a construção urbana.

terra

Este método representa o primeiro passo concreto para a unificação dos sistemas a serem utilizados para o empilhamento de novos edifícios.
De fato, atualmente, dois procedimentos são fornecidos lado a lado: de um lado, a atualização do mapa do novo estado. Cadastro de terras, que é realizado por um profissional usando o software Pregeo; por outro lado, a inserção da nova partícula no Cadastro de Edifícios Urbanos através do software Docfa.
Como não há continuidade entre os dois procedimentos, o controle nos cabeçalhos ainda é feito manualmente pelo pessoal dos escritórios provinciais, muitas vezes provocando desalinhamento entre os dados presentes no Cadastro e os do Cadastro Urbano.
Para o gerenciamento deste desalinhamento já estava sendo testado em 17 escritórios provinciais um procedimento a ser gerenciado com o software Pregeo 10 ser prorrogado, primeiro opcionalmente e depois obrigatoriamente, no resto da Itália.
dall ' 11 de maio Por fim, a introdução do novo procedimento processual, descrito na Circular e a ser implementado através do programa já em uso Pregeo 10, está sendo testado nas províncias de Siena, Como, Rieti, Isernia e Rimini.

Edifício em construção

Esta primeira fase, iniciada de acordo com Encomendas e faculdades profissionais, foi necessário por causa de procedimentos complexos de TI, a fim de identificar quaisquer elementos de melhoria antes de serem estendidos e se tornarem obrigatórios em todo o território nacional.
Na verdade, acontecer√° que a parcela de terra em que o pr√©dio foi constru√≠do ser√° identificada com um novo n√ļmero e transferida para o jogo especial 1, √Ārea de entidades urbanas e prom√≠scuas.
A part√≠cula ser√° ent√£o digitada com o mesmo n√ļmero e o mesmo titular do Cadastro de Constru√ß√£o Urbana, indicando-a como nova tipologia transit√≥ria de im√≥veis e identific√°-lo em categoria F6, declara√ß√£o pendente manufaturada.
No momento da declara√ß√£o ao Cadastro de Edifica√ß√£o Urbana, esse n√ļmero ser√° suprimido e ser√£o constitu√≠das as diferentes unidades imobili√°rias inclu√≠das no pr√©dio, cada uma marcada com a sua pr√≥pria subalterno da part√≠cula.
No caso de apenas uma unidade habitacional, o identificador (sem subordinado) atribuído ao edifício F6 será confirmado.



Vídeo: World's Future MEGAPROJECTS