Esponja natural

A clássica esponja natural para higiene retorna aos holofotes na versão vegetal, graças à bucha e seus frutos característicos, mesmo no mundo do design.

Esponja natural

Esponjas de banho

esponja do mar

Quem sabe quantos de nós temos alguma esponja natural no banheiro, lembro-me de uma viagem de verão ou recebi como presente de alguns amigos.
Macios e macios, as esponjas naturais são na verdade animais marinhos pertencente a Família Porifi.
Ou melhor, nossas esponjas de banho são na verdade obtidas a partir do esqueleto de andaimes dessa espécie, que é tão elástica e ao mesmo tempo resistente, porque consiste de um material específico: o spongina.
Esponjas naturais s√£o geralmente coletadas de mergulhadores quando as dimens√Ķes excedem i 7 a 8 cm, atrav√©s do uso de redes especiais e ferramentas especiais, deixando tamb√©m uma pequena parte ligada √† raiz, a fim de promover a regenera√ß√£o.
Depois de colhidas, as esponjas naturais vêm lavado e purificado, a fim de remover resíduos calcários e impurezas.
E uma vez aparadas com tesouras simples, elas podem ser colocadas no mercado.
Normalmente estamos acostumados a ver cores diferentes. Se as esponjas forem realmente naturais, elas terão uma tom acastanhado, tendendo a avelã, enquanto aqueles amarelo claro, eles realmente passam por mais tratamento, que é ooxigenação.

Esponjas vegetais

cultivo de bucha

Mas talvez nem todos saibam que entre as esponjas naturais existe tamb√©m a vers√£o vegetal.√Č o bucha.Uma planta de escalada pertencente ao fam√≠lia cucurbitaceae, como a ab√≥bora, cuja frutaNo entanto, √© muito semelhante ao cl√°ssico abobrinha e tem a peculiaridade de que, uma vez madurosim totalmente desidratado, tamb√©m se tornando extremamente leve e fibroso.
A bucha √© uma planta nativo da √Āsia, mas agora espalhar um pouco por toda a parte √°reas tropicais ou com um clima relativamente quente, cultivado principalmente por causa disso produ√ß√£o de esponjas naturais, para higiene pessoal ou o cl√°ssico limpeza dom√©stica ou de cozinha.
Entre as principais variedades, a Luffa cylindrica é talvez o mais difundido e usado.
As hastes também podem alcançar i 5 metros de comprimento, mas o nome deriva dos frutos, que são alongados e cilíndricos, com três loggias no interior, que encerram as várias sementes.

frutas luffa secas

o semeadura de bucha √© para ser realizado em mar√ßo, com irriga√ß√Ķes constantes e abundantes. o frutas eles s√£o comest√≠veis somente no come√ßo, quando, no fase juvenil, o interior n√£o √© esponjoso e fibroso ainda.
Apenas o cilíndrico encontrado na Itália e precisamente no clima da Sardenha, seu habitat ideal.
Aqui há aqueles que fizeram um negócio da parte artesanal.
A equipe de Esponjas Vegetais, isto é, marido e mulher, começou a cultivar a bucha há quinze anos, depois transformando a fruta em esponjas vegetais, na pequena Laboratório de Samassi, à mão ou com a ajuda de uma máquina de costura.
Dirigida principalmente para o campo da higiene e do lar, suas esponjas viajam pelos canais herbalistas e farmácias, mesmo que ao longo dos anos eles tentaram alcançar algo diferente, como travesseiros, pegadores de panela ou assentos pequenos, explorando as qualidades e propriedades da fruta luffa.

Esponjas e design naturais

Fernando Laposse, Série Loofah

Al√©m de ser lav√°vel na m√°quina de lavar roupa com a roupa cl√°ssica, na verdade as esponjas vegetais, elas tamb√©m t√™m bom capacidade de isolamento t√©rmico e absor√ß√£o Ac√ļstica.E h√° aqueles que decidiram us√°-los para cria√ß√Ķes e experimentos no mundo do design.
Estou falando Fernando Laposse, o jovem designer mexicano recém-formado da Central Saint Martins em Londres.
Suas cria√ß√Ķes S√©rie Loofah: um conjunto de objetos e experi√™ncias, sobre a associa√ß√£o de bucha, com os outros materiais diferentes, t√≠pico do mundo dos m√≥veis, como o madeira ou cimento.

Fernando Laposse, bucha série 2

Nada de espetacular: aqui o protagonista é a esponja vegetal, moldado e integrado à perfeição, que se fornece com sua simplicidade e suas fibras.
Existem os l√Ęmpadas de leiturale mesas e tamb√©m eu cabines e eu embarca√ß√Ķes.
Mas as l√Ęmpadas do est√ļdio israelense j√° haviam mencionado h√° alguns anos sobre l√Ęmpadas e bucha Shulayim, focado em ecologia, reciclagem e eco-sustentabilidade.Ao explorar as fibras e a translucidez dos frutos de luffa, eles criaram algumas l√Ęmpadas suspens√£o natural e especialmente c√™nico.



Vídeo: BUCHA-VEGETAL -colheita, limpeza e amaciamento em 4 passos