Minutos do condomínio e valor do seu conteúdo

Atas do condomínio e valor do seu conteúdo As declarações contidas na ata da assembléia do condomínio podem ser de dois tipos: a) declarações

Minutos do condomínio e valor do seu conteúdo

Minutos do condomínio e valor do seu conteúdo

As declarações contidas na ata da assembléia do condomínio podem ser de dois tipos:

a) declarações de intenção ou intenção (por exemplo, decide realizar uma intervenção específica)

b) declarações de vontade ou ciência (a dívida com o condomínio é reconhecida, um passivo é aceito, em essência, todas aquelas declarações destinadas a afirmar um fato histórico específico).

Muitas vezes, alguém se pergunta qual valor deve ser atribuído ao último tipo de declarações.

Um recente acórdão do Tribunal de Cassação, enviado. 9 de novembro de 2009 n. 23687, trata das declarações confessionais contidas nas atas da assembléia do condomínio e sua validade.

Resultado: se o relatório não for aprovado por todos os participantes do condomínio, a declaração não poderá ter valor confessional, uma vez que a admissão de responsabilidade é uma questão que não é da competência da assembléia, mas permanece na esfera de direitos dos condomínios individuais.

Tentamos especificar o que tudo isso significa e por que essa decisão foi alcançada.

O que é uma confissão?

Artigo. 2730, primeiro parágrafo, c.c. define a confissão como "a declaração que uma parte faz da verdade dos fatos desfavorável a ela e favorável à outra parte".

O artigo é encerrado pelo segundo parágrafo, que define os métodos pelos quais essa declaração pode ser feita, declarando que:

"Confissão é judicial ou extrajudicial".

Para a confissão judicial, considere a parte que, questionada pelo juiz, admite suas responsabilidades.

Para a confissão extrajudicial, considere a declaração feita em um documento escrito (seja uma comunicação para a outra parte ou outro tipo de documento) ou até mesmo a confiança dada a uma terceira pessoa (mesmo que haja limites para a prova da arte da confissão). 2735, segundo parágrafo, do Código Civil).

A ata da assembléia do condomínio pode ser considerada um documento contendo uma confissão?

Se sim, quando?

Estas são, essencialmente, as questões que foram colocadas para responder ao Tribunal de Cassação no caso subjacente à decisão supramencionada.

O recorrente, um condomínio que sofrera danos causados ​​por infiltrações nas partes comuns do edifício, acreditava que o condomínio (considerado como um todo) havia confessado suas responsabilidades, pois uma declaração para esse efeito estava contida em uma ata de assembléia.

Na prática, argumentava a autora, havia uma declaração incontroversa no relatório da qual se supunha que os condomínios haviam admitido e reconhecido o nexo causal entre o dano que ele sofreu (a infiltração) e a causa do mesmo (no caso de especialmente as águas subterrâneas do subsolo do condomínio).

O Tribunal de Cassação, intervindo a esse respeito, negou, no caso, que a ata tivesse valor confessional, uma vez que a mesma havia sido adotada sem o consentimento unânime de todos os condomínios (consenso a partir do qual, naturalmente, o voto da parte do condomino em questão).

Em essência, os juízes de legitimidade afirmaram que o reconhecimento do elo etiológico contido nas atas da assembléia, "se enquadra no escopo das declarações da ciência", não pode assumir "eficácia" de uma confissão extrajudicial atribuível a todos os condomínios (presentes à assembleia, ausentes e dissidentes), porque envolve a obrigação de todos os condôminos de compensar proporcionalmente os danos causados ​​[Гўв'¬В |] e, portanto, o imposição de uma carga a todos, deve ser compartilhada por todos os condomínios, não abrangidos pelos poderes da assembléia para impor encargos para além das disposições específicas da lei (assim Cass. 9 nov. 2009 n 23687).

Verbale d'assemblea

As declarações contidas no minutos da assembléia do condomínio eles podem ser de dois tipos:declarações de vontade ou de intenção (por exemplo, você decide querer realizar uma intervenção específica) b)declarações de ciência (a dívida com o condomínio é reconhecida, um passivo é aceito, em essência, todas as declarações que visam afirmar um determinado fato histórico). valor deve ser atribuída ao último tipo de declarações, uma recente decisão do Tribunal de Cassação, o enviado. 9 de novembro de 2009 n. 23687, trata do declarações confessionais contidas na ata da reunião condomínio e sua validade.

Verbale d'assemblea

resultado: se o relatório não for aprovado por todos os participantes do condomínio, a declaração não poderá ter valor confessional, pois a admissão de responsabilidade é uma questão que não é da competência da assembléia, mas permanece na esfera dos direitos dos condomínios individuais.Nós tentamos especificar que meios tudo isso e por que essa decisão foi alcançada.O que é uma confissão?Artigo. 2730, primeiro parágrafo, c.c. define confissão como a declaração de que um lado torna a verdade dos fatos desfavorável e favorável à outra parteO artigo é encerrado pelo segundo parágrafo que define o maneira em que esta declaração pode ser feita afirmando que:Confissão é judicial ou extrajudicial.Para o confissão judicial pensar sobre a parte que, questionada pelo juiz, admite suas responsabilidades confissão extrajudicial considerar a declaração feita por escrito (se é uma comunicação para a outra parte ou outro tipo de documento) ou mesmo a confiança dada a uma terceira pessoa (mesmo que haja limites para a prova de confissão do artigo 2735, segundo parágrafo, cc).A ata da assembléia do condomínio pode ser considerada um documento contendo uma confissão?Se sim, quando?Estas são essencialmente as perguntas que foram feitas para responder a Tribunal de Cassação no processo subjacente ao acórdão supramencionado. um condomínio que sofreu danos devido à infiltração das partes comuns do edifício, acreditava que o condomínio (globalmente considerado) havia confessado suas responsabilidades como uma declaração para esse efeito constava de uma acta de reuniãoNa prática, a recorrente alegou, houve uma declaração incontroversa no relatório do qual se supunha que os condomínios haviam admitido e reconhecido o ligação causal entre o dano dele imediatamente (infiltração) e a causa do mesmo (neste caso as águas subterrâneas do subsolo do condomínio) Tribunal de Cassação, intervindo no ponto ele negou, neste caso, que os minutos tinham valor de confissão como o mesmo havia sido adotado sem o consentimento unânime de todos os condomínios (consentimento do qual, naturalmente, o voto do condomínio em questão deve ser excluído). Em essência, os Juízes de legitimidade afirmavam que o reconhecimento da ligação etiológica continha na ata da reunião, caindo dentro da esfera das declarações de ciêncianão pode contratar a eficácia de uma confissão extrajudicial atribuível a todos os condomínios (presentes na assembleia, ausentes e dissidentes), porque implicava a obrigação de todos os condôminos de compensar proporcionalmente os danos causados ​​[Гўв'¬В |] e, portanto,, a imposição de um encargo a todos, deve ser compartilhado por todos os condomínios, não abrangidos pelos poderes da assembléia para impor encargos para além das disposições específicas da lei (assim Cass. 9 de novembro de 2009 n. 23687).



Vídeo: EXPLORANDO UM CONDOMÍNIO AMERICANO DE VERDADE!