Os métodos para realizar a consolidação de cofres de alvenaria

Como intervir para consolidar as abóbadas de alvenaria com diferentes métodos voltados à recuperação estrutural e arquitetônica, respeitando o já existente

Os métodos para realizar a consolidação de cofres de alvenaria

As abóbadas: estruturas antigas e modernas

Entre os diferentes tipos de tampas presente no setor de estruturas arquitetônico, o tempo representa uma tipologia fundamental.
Querendo descrever a estrutura de tal elemento, podemos imaginar sua composição feita flanqueando uma série de arcos, cujos diferentes disposição gera principalmente dois tipos de tempos: simples e composto.

Cofres transversais de alvenaria

Os horários, independentemente do tipo de forma geométricas, são basicamente estruturas empurrando, capaz de exercer impulsos laterais; A oposição a estas pressões é principalmente confiada à paredes perímetro e como alternativa aos elementos metálicos, como laços em aço.

Consolidação de uma cúpula

Consolidação de uma cúpula

Reforço de vela de uma só vez

Reforço de vela de uma só vez

Abóbada em aço

Abóbada em aço

Cruzeiro de tijolo abobadado

Cruzeiro de tijolo abobadado

limite

limite

No entanto, deve-se dizer que, na prática, é muito difícil se deparar com tempos reais, nos quais os segmentos de alvenaria de que são feitos, colocados com as articulações voltadas para o centro geométrico da abóbada, produzem em proporção a sua posição. parte de impulso total para fora.
Geralmente, é mais fácil encontrar tipos a concha, feito com materiais que não sejam de pedra ou paredes de tijolo: abóbadas de concreto armado ou outros materiais alternativos são um exemplo nesse sentido.

Tempos com geometria variável

Em virtude da geometria do seu intradosso, às vezes eles são divididos em simples e compostos; um exemplo de uma vez simples é representado pelo cofre barrilenquanto um complexo é representado por um cofre cruzado.

Abóbadas de barril


A breve premissa mencionada acima é necessário ser capaz de introduzir o consolidação de tais estruturas, certamente sujeitas não esgotado em uma nota curta, mas ainda tratável, a fim de fornecer linhas guiar sobre como se comportar na presença de um aparente instabilidade sobre estas estruturas.
A pesquisa do causa da aparente instabilidade representa o primeiro passo para a solução do problema. Esta fase deve ser abordada abstendo de sistemas DIY, mas sendo seguido por um técnico qualificado, que, depois de ter feito o apropriado relevos, será capaz de identificar as causas prováveis ​​da falha.

Tempos e causas da instabilidade

Depois de identificadas as causas, é necessário esclarecer a finalidade da intervenção de consolidação, que obviamente dependem da tipo da estrutura arquitetônica para a qual é feita referência.
Pode-se entender como em um determinado edifício mérito arquitetônico, não é possível alteração estrutura material, sem levar em conta o contexto e que, em respeito dos regulamentos em vigor no domínio da restauração e consolidação do património arquitectónico, em especial da Carta Italiana de Restauração de 1972.

Cofre cruzado fortemente danificado


Este documento afirma "A necessidade fundamental de restauração é que respeitar e salvaguardar a autenticidade dos elementos constitutivos no caso de alvenaria sem chumbo, mesmo que a necessidade peremptória sugira demolição e reconstrução, a possibilidade de alisamento sem substituir as paredes original ".Em virtude das disposições dos regulamentos de restauração, as intervenções de consolidação que prevêem substituições ou mudanças das tapeçarias, além de limitado um mínimo indispensáveis, devem ser distinguível dos elementos originais, diferenciando os materiais ou superfícies de novo uso.
Ficar dentro das estruturas comum, para os quais não há detalhes restrições conservadores, é imediato entender como o tipo de intervenção a ser realizada na presença de um fracasso é representado por um conjunto de trabalhos voltados aumentar segurança estático da estrutura.

Tempos recorrentes e ações de consolidação

A maioria das intervenções freqüentemente consolidação de abóbadas de alvenaria são realizadas com a finalidade de reduzir as cargas que agem sobre elas, o que é fundamental em particular para os edifícios que caem na zona sísmica ou na presença de mudanças da composição estrutural do edifício, na sequência de realocações funcional, mudanças no uso das instalações, com consequente aumento de carga nas abóbadas.
o esvaziamento dos preenchimentos do pilares, a realização da consolidação de lajes de concreto armadoextrados do cofre e posterior realização de frenelli em alvenaria, a construção de uma eventual sobreposição em betão armado, à qual é confiada a tarefa de apoio a abóbada abaixo e reduzir o estresse nas paredes, oinserção de trabalhos metálicos adequados para neutralizar o impulso lateral ou para impedir a sua acentuação, representam as intervenções clássicos com o qual o problema foi resolvido por um longo tempo.

Consolidação com a Fibrenet


Nos sistemas descritos acima, além de intervir com sistemas de scuci e costurar das partes das paredes, as redes eram frequentemente usadas metal, que destacaram vários problemas ao longo do tempo, causados ​​por fenômenos de oxidação.
Graças à introdução de novo materiais de construção, como redes em fibra de vidro ou as fibras de carbonoHoje, é possível intervir de maneira menos invasiva e mais eficaz.
Para intervenções simples reforço preventiva, quando não é necessário vazio os extrados da cúpula podem usar argamassas de baixa consistência à base de cal, reforçadas com redes e conexões GFRP pré-formadas, aplicadas aintrados às vezes com peso e espessura reduzidos (cerca de 3 cm).
Esta intervenção permite obter um melhoria estrutura homogênea e generalizada, com altas características mecânicas, ductilidade, durabilidade e baixa rigidez.

Obras de escoramento: empresa Giulia


Caso surja a necessidade de uma intervenção de consolidação mais radical, será necessário prosseguir com um conjunto real de trabalhos, o que envolverá novo estrutura sobrejacente a abóbada danificada, à qual confiar a tarefa de aliviar a carga de trabalho da abóbada existente.
Para fazer isso é necessário costa do lado uma arcada o cofre em questão, por meio de um conjunto de elementos adequados guarda na moda uniforme os intrados inteiros do cofre, sem poderem ser exercidos nele pressões de tipos.
Depois de assegurar o tempo de consolidação, prosseguiremos com a remoção da parte extradesal, pela remoção do pavimentação superior e lo esvaziamento dos pilares, tendo o cuidado de esvaziá-los ao mesmo tempo a fim de evitar o desequilíbrio de carga.
A operação acima mencionada nos permitirá desnudar a parte da parede extradonal, que terá que ser adequada limpo e sempre que possível restaurado ao seu melhor, para tornar a superfície extradosal limpa e uniforme.

Reforço da construção de fibra com material de fibra de carbono


Neste ponto, prossiga para o consolidação da parede do perímetro a que virá ancorado a nova estrutura de concreto armado, de preferência de cimento reforçado com fibras, ou usando materiais leves, tais como inertes para a formação do contra-topo, com uma espessura variável de pelo menos 5 cm.
através berços composta de hastes de aço inserido na parede perimetral, utilizando materiais adequados em relação ao tipo de alvenaria presente, serão colocados nos intrados da nova estrutura de concreto armado, uma rede de distribuição de carga, que, para um adequado redução de cargas e maior durabilidade, é aconselhável ser feito de fibras de vidro.
Depois de ter feito a fundição da nova estrutura, é necessário proceder ao enchimento dos pilares por material leve, como argila expandida, poliestireno ou materiais similares.

Tempos e intervenções de consolidação com materiais inovadores

Se você não quiser prosseguir com a construção de uma nova estrutura de suporte para a existente, você pode usar tecidos adequados fibra de vidro e carbono, para ser aplicado tanto aos intrados como aos extrados da abóbada, através do uso de resinas termofixas.
Este sistema, entre o qual um dos mais conhecidos é representado pelo agente termoendurecível FIBREBUILD BETONTEX-EPOXY, permitencrementare o resistência mecânica de toda a estrutura.
As intervenções especializadas descritas acima devem ser realizadas sob a direção de um técnico qualificado, uma vez que é necessário buscar com cálculo adequado, os pontos de aplicação das fibras e seu arranjo.
Esta operação, se não for cuidadosamente organizada, além de registro de forma econômica significativa, poderia até ter efeitos prejudiciais para todo o trabalho estrutural.