Vivendo na modernidade

O novo projeto habitacional de Toyo Ito no Chile, no centro de uma interessante reflex√£o sobre os modos de viver.

Vivendo na modernidade

o pesquisa de design aplicado aos modos de viver procede, necessariamente, em duas trilhas paralelas: uma, aquela relativa √†s casas que poder√≠amos definir de edif√≠cio atual e n√£o de luxo, √© limitado, necessariamente, pela redu√ß√£o possibilidades econ√īmicas e, muitas vezes, tamb√©m de superf√≠cie dispon√≠vel, o que reduz a manobra de espa√ßos arquitetos for√ßando-os (e n√£o necessariamente ruins) a preferir solu√ß√Ķes e tecnologias f√°ceis de usar; a outra pista, aberta a alguns, √© precisamente a do moradias unifamiliares de luxo e casas, um contexto composicional onde um bom relacionamento entre cliente e designer, aliado a altos recursos econ√īmicos, estimula a cria√ß√£o de peda√ßos de trabalho que permanecem na hist√≥ria da arquitetura.

White O: foto tirada de ochoalcubo.cl

Neste contexto privilegiado, o reflex√Ķes que pode ser feito sobre o significado de viver tornar-se escolhas de composi√ß√£o arquitet√īnica, √†s vezes relendo crit√©rios tipol√≥gicos antigos, mas nunca desatualizados, √†s vezes arriscando novos. No caso da villa nomeada O branco, projetado e constru√≠do por Toyo Ito para Marbella do Chile, uma releitura inteligente e corajosa da tipologia da arte √© evidente casa com p√°tio ou o tribunal interno, no entanto, pressionou para dialogar com mais for√ßa com o contexto ambiental, explorando as possibilidades da tecnologia de concreto armado. O projeto nasceu de uma iniciativa muito interessante chamada Ocho al Cubo, um projeto imobili√°rio inovador que coloca o boa arquitetura no centro da iniciativa e n√£o no mero servi√ßo do mesmo, com o objetivo de aumentar o valor do beleza da paisagem chilena quanto custa gera√ß√£o nova e interessante de designers locais.

White O: foto tirada de ochoalcubo.cl

Planimetricamente o O branco parece um tipo de ret√Ęngulo deformado, com um lado se tornando um arco circunferencial flexionado para encontrar um dos cantos do contorno no plano, enquanto o p√°tio interno √© exc√™ntrico e posicionado mais para a √°rea de entrada; este aspecto da organiza√ß√£o de distribui√ß√£o, que √© basicamente simples, torna-se forte elemento de composi√ß√£o porque o terreno em que a casa √© constru√≠da √© inclinado e, em particular, o p√°tio interior est√° espalhado por um declive. A consequ√™ncia disto √© que uma parte da villa, entre a rampa de entrada e o corpo dos quartos, √© elevada acima do n√≠vel do pa√≠s, com vislumbres visuais amplos e vis√≠veis entre o interior e o exterior, desde o rampa de entrada √® suspenso em parte da inclina√ß√£o do p√°tio, que n√£o √© fechado para dentro, mas continua externamente.
Toda a área habitacional é desenvolvida com grandes Janelas de altura total com vista para o pátio, e junto com a rampa de acesso aberto nas laterais e a rampa interna conectando as áreas de estar e de dormir, é criada uma muito forte sentido visual de continuidade dos espaços, apenas negado, mas não completamente, por uma parte do vidro feito com pTiras de vidro em U fosco, que protegem ointimidade visual do corredor da área de dormir. O edifício é completamente construído em concreto reforçado branco exposto, usado como acabamento interno e externo para paredes e tetos, com pavimentação em lajes de pedra com uma cor de base muito semelhante ao concreto, cujo efeito geral é refinamento e rugosidade espartana ao mesmo tempo.

White O: foto tirada de ochoalcubo.cl

√Ä noite, ent√£o, o efeito gerado pelas luzes da casa se assemelha a uma esp√©cie de lanterna m√°gica mas involuto fechado em sie, ao mesmo tempo, parcialmente aberto ao mundo, uma vis√£o que desperta enorme curiosidade e refor√ßa a rela√ß√£o visual interno-externo, desta vez em favor de observadores externos. um piscina de forma irregular enriquece a dota√ß√£o da vila, e √† noite torna-se outra fonte de luz azul m√°gica e difusa, que atua como um contraponto ao que vem de dentro da casa. o √°spero mas beleza elegante desta habita√ß√£o, eooriginalidade de sua composi√ß√£o arquitet√īnica jogou fortemente no rela√ß√£o de osmose visual com o ambiente externo√© uma nova e interessante abordagem de design temas da resid√™ncia moderna. Pena que √© para um seleto poucos!
Para mais informa√ß√Ķes:
ochoalcubo.cl



V√≠deo: ‚ĒĄ‚ĒĄ‚ĒĄBrasil Vivendo na Modernidade ‚ĒĄ‚ĒĄ‚ĒĄ