Alcachofra de Jerusalém - Heliantus

A alcachofra do Canadá, vegetal ornamental do passado, tem poucos requisitos e é um excelente recurso na cozinha.

Alcachofra de Jerusalém - Heliantus

Muito popular na culin√°ria piemontesa, por exemplo, para a bagna cauda, ‚Äč‚Äča Alcachofra de Jerusal√©m (Heliantus Tuberosus) tamb√©m √© conhecido como alcachofra do Canad√° e P√™ra da terra; √© uma planta perene, nativa da Am√©rica do Norte, pertencente √† fam√≠lia Asteraceae, muito vital e quase infestando, que geralmente favorece solos √ļmidos.

Topinambur_fiore amarelo

Foi usado extensivamente no passado para ela raiz comestível, mais tarde suplantado pelo cultivo da batata, como eu tubérculos, que são coletados no inverno, eles são muito nutritivos e podem ser cozidos com um cozimento similar.

As plantas t√™m de hastes longas que tamb√©m atingem tr√™s metros, com folhas oblongas e √°speras. o flora√ß√£o ocorre no final do ver√£o e no outono, com flores amarelas douradas, e com di√Ęmetros esse alcance tamb√©m 9 cm, muito vistosa, que determinam seu cultivo tamb√©m finalidades ornamentais.

crescer espont√Ęneo ainda em terras n√£o cultivadas, muitas vezes tamb√©m ao longo de estradas e rodovias, mesmo se em nossos climas as sementes n√£o amadurecem, mas se espalham atrav√©s dos tub√©rculos.

Na verdade, uma vez que o florescimento tenha terminado, a planta fica seca e pode ser plantada a partir do final de janeiro a marçoenquanto na primavera os novos jatos renascem dos tubérculos.

o conservação não é fácil, mas você pode tentar guardá-los em caixas cheias de turfa ou areia umedecida, colocada em lugar legal e fixo.

Dada a sua adaptabilidade, mesmo em terras marginais, as alcachofras de Jerusalém eles estão bem também para a horta, como eles têm poucas necessidades e começam a produzir a partir do primeiro ano.

tubérculos de alcachofra de Jerusalém

Uma vez plantada tamb√©m voc√™ n√£o precisa se preocupar com a semeadura e transplante, como eles continuam a brotar e multiplicar. O cultivo √© muito simples e √© essencialmente reduzido a um planta√ß√£o de tub√©rculos. √Č bom fazer isso no come√ßo da primavera, enterrando diretamente pequeno peda√ßos de tub√©rculo que s√£o facilmente encontrados pelo verdureiro. O corte deve ser feito certificando-se de que a pe√ßa tenha pelo menos um broto, enquanto as pe√ßas cortadas devem ser inseridas em furos de 10 a 15 cm a 50 cm de dist√Ęncia um do outro. No come√ßo √© bom reg√°-lo regularmente, ent√£o, pouco a pouco, ele ir√° suportar os per√≠odos de seca sem criar problemas.

Estes tubérculos, no entanto, no solo eles se espalham rapidamente e tendem a infestar. Na verdade, é melhor plantá-lo em uma área bem definida, talvez também usando barreiras de madeira, plástico ou metal de 60-70 cm, de modo a criar uma cobertura de quebra-vento, com um olhar informal.

O tub√©rculo parece uma pequena batata, mas com um sabor que lembra o alcachofra. Tem uma forma irregular, com uma epiderme violeta ou amarelada dependendo do tipo, com polpa branca dentro. As novas sele√ß√Ķes t√™m uma forma mais arredondada, o que facilita o descascamento.
√ą rico em sais minerais, como pot√°ssio, magn√©sio, ferro e f√≥sforo, mas tamb√©m zinco e sel√™nio. Gra√ßas ao seu alto teor de inulina, a alcachofra de Jerusal√©m √© muito adequado em dietas diab√©ticas, como esta subst√Ęncia, formada por cadeias de mol√©culas de frutose, terminando com a glicose, atua como uma reserva de carboidratos.

baumaux.com

agraria.com



Vídeo: ALCACHOFA DE JERUSALEM ECOTURMALLORCA