Usina Interna de G√°s

A maioria dos sistemas de abastecimento de g√°s em casas civis com dimens√Ķes m√©dias alimentam pelo menos um fog√£o padr√£o e uma caldeira.

Usina Interna de G√°s

A maioria dos sistemas de abastecimento de gás em residências civis, o tamanho médio de cem metros quadrados, alimentar um fogão e um caldeira; a caldeira serve como um gerador do sistema de aquecimento e para a produção de água quente doméstica.

35

o soma dos poderes de todo o equipamento √© geralmente menor ou igual a 35 kWcerca de 5 kW para a placa e 24 kW ou 28 kW para a caldeira; o valor de 35 kW constitui um limiar de refer√™ncia para os padr√Ķes que regulam a constru√ß√£o das usinas g√°s ao servi√ßo de casas civis; uma vez ultrapassado este limite, o dimensionamento do sistema pelo instalador j√° n√£o √© suficiente, mas √© necess√°rio um projeto por um profissional qualificado.
Passado, eventualmente, também o limiar do 116 kW também é necessário relato da planta aos bombeiros com a aprovação do projeto para a construção da mesma planta. No caso de usinas térmicas, muitas vezes a serviço de condomínios ou residências de porte bem acima da média, é necessário denunciar plantas e usinas a INAIL, ex ISPESL.

Planta de g√°s civil residencial

De refer√™ncia fundamental para sistemas internos de g√°s √© a norma UNI CIG 7129/08, que corrigein√≠cio do sistema de g√°s interno a partir do ponto imediatamente ap√≥s o ponto de entrega da rede distribuidor de g√Į¬Ņ¬Ĺ, a dita conex√Į¬Ņ¬Ĺ de sa√Į¬Ņ¬Ĺa do medidor; no caso de sistemas alimentados por tanques, o sistema parte da conex√£o de sa√≠da da v√°lvula do tanque ou dos tanques ligados um ao outro, seja no caso do g√°s metano ou do g√°s GLP.
A norma pretende planta o conjunto de todos os tubos, dispositivos de desligamento ou desligamento, dispositivos de regulagem e todos os componentes acessórios necessários para distribuir o gás do ponto de entrega até o equipamento do usuário.

medidor

No caso de plantas com o contador n√£o dentro do pr√©dio ou imediatamente ao lado dela, al√©m do fechamento geral localizado a jusante do balc√£o, outro fechamento √© necess√°rio perto da entrada dos tubos na casa. O primeiro elemento da planta √© ointercep√ß√£o geral do mesmo, cuja posi√ß√£o deve ser facilmente acess√≠vel pelo usu√°rio, mesmo em condi√ß√Ķes perigosas; o soquete de press√£o, com seu plugue e torneira, permite controlar a press√£o do sistema quando necess√°rio e deve ser colocado imediatamente ap√≥s a intercepta√ß√£o geral do sistema.
cada aparelho usuário do gás pode ser conectado à planta por meio de um tubo rígido ou flexível, constituindo um ramo com um tubo adequado válvula de fechamento instalado à vista e de fácil acesso. Para sistemas novos e existentes, uma verificação para a segurança e operação correta do equipamento do usuário é a da queda de pressão entre o medidor e os dispositivos do usuário.
No caso de g√°s manufaturado, a queda m√°xima de press√£o n√£o deve exceder 0,5 mbar; no caso do g√°s natural n√£o importante 1,0 mbar e n√£o maior 2,0 mbar no caso do GPL.



Vídeo: Principio de Funcionamento de Uma Caldeira Geral