Casas para pais separados

Iniciativas est√£o sendo multiplicadas na It√°lia para ajudar pais separados em dificuldades econ√īmicas a encontrar acomoda√ß√£o.

Casas para pais separados

Nos √ļltimos anos, na It√°lia, o n√ļmero de div√≥rcios infelizmente aumentou, tanto que quase se tornou um fen√īmeno de costume.
Testemunhar isso é a primeira feira dedicada ao divórcio, Ex - ponto e na cabeça, que aconteceu em Milão nos dias 8 e 9 de maio.
No entanto, há pouco a ser feliz: o divórcio é sempre um momento psicologicamente difícil de lidar, especialmente se houver filhos menores.

Divórcio e lar conjugal

Freq√ľente √© o caso de pais separados que enfrentam s√©rias dificuldades econ√īmicas.
o casa conjugalna verdade, é atribuído ao pai custodial de filhos menores, que é quase sempre a mãe, apesar da recente lei sobrecustódia compartilhada, além do pai são atribuídos um subsídio de manutenção para as crianças e uma para a ex-esposa, se não for economicamente auto-suficiente.
Muitos homens se v√™em obrigados a pagar, al√©m dos custos de manuten√ß√£o, at√© mesmo os de uma hipoteca, al√©m das despesas para iniciar uma nova vida: aluguel, servi√ßos p√ļblicos e assim por diante.
Nós acabamos chegando frequentemente sob o limiar da pobreza.
Al√©m disso, n√£o viver em condi√ß√Ķes decentes significa tamb√©m ter que desistir para receber e ver seus filhos continuamente.
Na It√°lia, foram criadas v√°rias associa√ß√Ķes volunt√°rias que oferecem aos pais separados, entre os v√°rios servi√ßos, ajuda na busca de um alojamento decente.
Tamb√©m diferentes administra√ß√Ķes regionais e municipais est√£o inserindo entre as vozes de sua pr√≥pria pol√≠tica social a de assist√™ncia aos pais separados (n√£o necessariamente aos pais).
Ajuda essas pessoas, por exemplo, a encontrar uma alojamento temporário à espera de um acordo definitivo e da possibilidade de deduzir os custos de manutenção, de modo a atingir níveis de rendimento mais baixos para obter a ajuda disponível para estas bandas.

Um episódio recente da transmissão relatório Ele mostrou como, na Itália, há várias iniciativas interessantes nesse sentido.
Em Roma, o Condominio pai, um complexo de 20 alojamentos, composto por uma kitchenette, sala de estar com TV, quarto e casa de banho com máquina de lavar roupa, acessível com uma contribuição de 200 euros por mês por um período máximo de um ano.

Pai, renovar, lar

Algo semelhante também surgirá em Milão, onde uma estrutura está planejada com 160 apartamentos e áreas comuns, como cantina, biblioteca, jardins.
Também em Milão alguns pais entraram empréstimo grátis alguns apartamentos apreendidos do crime organizado, desde que eles mesmos os reestruturassem.
Em Bolzano h√° uma casa de hotel para pais separados e assim por diante.
Em suma, aqueles que se encontram em dificuldades n√£o t√™m mais nada a fazer a n√£o ser inquirir, em sua prefeitura ou nas associa√ß√Ķes volunt√°rias, para encontrar a assist√™ncia apropriada.
No entanto, para fins de reportagem, vale lembrar que, mesmo que escutemos com mais frequ√™ncia situa√ß√Ķes de inquieta√ß√£o em que h√° homens separados e divorciados, s√£o sempre as mulheres que mais sofrem com a pobreza, como mostra um estudo de Caritas, acima de tudo, porque mais frequentemente se encontram lutando com o espectro do desemprego.



Vídeo: Maiara e Maraisa - Separada - Guias - IG: maiaraemaraisa