Casa de papel

A empresa suíça The Wall A.G. patenteou uma casa feita de papelão reciclado.

Casa de papel

Uma casa ecológica, acolhedora, bem isolada e equipada com todo o conforto: custa 5 mil dólares, menos de 4 mil euros, e é produzida pela empresa suíça. A Muralha A.G., que desenvolveu a ideia e o projeto em conjunto com oUniversidade Weimar de Bauhaus.
√Č um tipo de bangal√ī de 36 metros quadrados, pesando menos de 800 kg, e seu baixo custo √© devido ao uso de um material extremamente econ√īmico: o papel reciclado.

(Foto © parede AG)

A tecnologia patenteada pela empresa √© semelhante, conceitualmente, √†quela usada na ind√ļstria aeron√°utica para criar materiais s√≥lidos, por√©m leves.
A diferença é que na base não há alumínio, mas um material que é obtido a partir de celulose extraída de papel reciclado e papelão e que leva o nome de SwissCel.
Este material então vem impregnado com uma resina especial e pré-formado em células hexagonais, semelhantes aos que formam uma colméia, e que criam um material estável, isolante, leve e flexível.
Na casa - os senhores encontram um lugar oito camas, uma decoração básica e estão presentes paratachas hidráulicas e elétricas. Aeração e iluminação são asseguradas por paredes completamente abertas.
A intenção do designer, Gerd Niemöller, era criar um tipo de pré-fabricado que, com custos reduzidos e em pouco tempo, pudesse ser utilizado no favela dos países mais pobres do mundo ou no caso de desastres naturais.
O transporte da casa por via a√©rea ou mar√≠tima, na verdade, √© muito simples e econ√īmico.
A casa de papel, portanto, prop√Ķe mudar o rosto para as favelas doentias e decadentes de muitos pa√≠ses do Terceiro Mundo. De fato, mesmo se for Spartan, √© quase um sonho quando comparado com as favelas que tem a inten√ß√£o de substituir.
A economia do casa universal reside no fato de que a empresa Schaffhausen pretende fornecer m√°quinas e materiais, mas seria ent√£o produzido no local onde deve ser montado.
Então, se o projeto for bem sucedido, muitas famílias desfavorecidas poderão em breve se beneficiar dele.
O primeiro país a experimentar este novo edifício será o Zimbábue, enquanto já existem 2400 lojas reservadas pelo Nigéria.


arco. Carmen Granata



V√≠deo: LA CASA DE PAPEL - 1 TEMPORADA EPIS√ďDIO 1...