Ajuda para comprar

A ajuda para comprar é uma forma de compra de imóveis que envolve o pagamento de um pequeno montante inicial e pagamentos periódicos, em seguida, o acesso à hipoteca.

Ajuda para comprar

Entre os setores mais afetados pela crise econ√īmica pela qual passa toda a Europa, certamente mercado imobili√°rio.
Por esse motivo, diante da estagnação dos negócios, os operadores do setor tentam, pelo menos, frear a tentativa de encontrar ferramentas alternativas a serem oferecidas aos compradores para facilitar o acesso ao crédito.

help to buy

De fato, é precisamente a dificuldade em ter a figura inicial com a qual solicitar uma empréstimo, que bloqueia o mercado, para o qual estamos procurando outras formas de permitir que os compradores enfrentem as despesas, protegendo ao mesmo tempo os vendedores da maneira mais apropriada e ainda permitindo a transferência de propriedades que de outra forma não seriam vendidas.
As solu√ß√Ķes estudadas visam, portanto, garantir que o comprador possa imediatamente passar a morar na propriedade, satisfazendo, assim, seu pr√≥prio patrim√īnio. habita√ß√£o precisa, mas fazendo a transfer√™ncia real de propriedade apenas quando o pagamento foi realmente conclu√≠do.
Portanto, novas formas de contrato nasceram, herdadas de outros países, como oalugar com resgate e o alugar para comprar.
Nem sempre, no entanto, esses arranjos contratuais têm atendido a favor dos operadores, pois, embora tenham aspectos positivos, também possuem uma série de limites.
Assim, um outro tipo de contrato toma o seu caminho, que tenta mediar as necessidades dos compradores e vendedores e que é indicado pelo termo anglo-saxão Help to buy, ie compra facilitada.

Qual é a ajuda para comprar

help to buy

A ajuda para comprar inclui um contrato preliminar, transcrito, em que regulamentos particulares são inseridos. A propriedade é entregue imediatamente ao comprador promissor.
O pagamento inclui o pagamento inicial de um depositar ou de um depósito igual a 10-15% do preço acordado, além do pagamento periódico de adiantamentos que levam em conta quaisquer despesas e encargos tributários que, entretanto, permanecem de responsabilidade do vendedor. Quando o pagamento de cerca de 30% do custo do edifício é atingido, o comprador pode pedir um empréstimo do banco. Uma vez que a hipoteca tenha sido obtida, é possível estipular a escritura real.
A duração do contrato e o preço a pagar são correlacionados: quanto menor a duração, menor será o preço.
O contrato também prevê a possibilidade de o comprador retirar, sujeito ao pagamento de um penitenciária fina além de um criminal variável de acordo com o tempo decorrido desde a conclusão do contrato preliminar, a ser pago em caso de falha do comprador.
Dessa forma, o possível comprador tem a possibilidade de se desvincular do contrato quando não considera a compra mais barata, sem afetar os direitos do vendedor.
Esta forma de contrato é estudada em particular para a venda de novos edifícios e destina-se a incentivar jovens casais, que são geralmente aqueles que não têm sequer 20-30% do montante necessário para solicitar um empréstimo.
Neste caso, no entanto, é possível pagar apenas um pequeno montante inicial e pagamentos periódicos e, assim, reduzir o valor restante a ser pago. Enquanto isso, cria-se virtuosismo histórico de pagamentos que devem, portanto, ser avaliados positivamente pelos bancos, incentivando-os a desembolsar o empréstimo para pagar a quantia restante.

Vantagens e desvantagens da ajuda para comprar

De um ponto de vista fiscal, a Ajuda para comprar tem vantagens em comparação com sistemas semelhantes, especialmente se considerarmos o caso mais frequente em que o vendedor é a empresa construtora do edifício e o comprador adquire o alojamento como seu casa principal.

help to buy

Na verdade, contratos como o aluguel para comprar ou alugar com resgate que prevêem uma forma contratual dupla, a de arrendamento e as vendas reais e, portanto, estão sujeitas aos impostos específicos devidos para cada um desses contratos.
Em particular oTaxa de IVA O prazo para o período de locação seria de 10% e não de 4% para a compra da casa principal.
Esta forma adicional de contrato também concede o tempo necessário àqueles sujeitos que devem livrar-se de outra propriedade dos quais eles podem estar na posse.
A f√≥rmula mostra mais flex√≠vel no que diz respeito √† dura√ß√£o, pre√ßo estabelecido e penaliza√ß√Ķes antecipadas, em compara√ß√£o com outros tipos de contratos.
Por outro lado, no entanto, deve ser enfatizado que a ajuda para comprar pode resultar no pagamento de uma para o comprador maior preço de compra o que aconteceria com um pagamento imediato?
Tamb√©m a ajuda para comprar n√£o est√° atualmente regulamentado diretamente da lei italiana, ent√£o pode haver interpreta√ß√Ķes incertas no n√≠vel civil e fiscal.



V√≠deo: DIVIN√ďPOLIS: Mulher pede ajuda para comprar pr√≥tese