Canais de calha, condutas de descida e outros sistemas de recolha de √°guas pluviais

Os canais de gotejamento e as calhas permitem eliminar a água da chuva e transportá-la para o sistema de esgoto, ou permitir sua recuperação para reutilização.

Canais de calha, condutas de descida e outros sistemas de recolha de √°guas pluviais

Como ocorre a coleta de √°gua da chuva

A disposição do água da chuva vindo dos telhados dos edifícios, é realizado através do uso de calha e canos.
Este sistema permite que a chuva colete e transport√°-lo para o ch√£o no sistema de esgoto, protegendo ao mesmo tempo fachadas, pessoas e coisas de salpicos, gotejamento e infiltra√ß√£o, bem como atuando como um decora√ß√£o arquitet√īnica.
Os beirais
, elemento horizontal, é posicionado ao longo do perímetro da cobertura tecnicamente chamado guttering, fixado por elementos metálicos chamados cegonhas para calhas.

Canal da calha

Canal da calha

Canais de beirais e downpipes

Canais de beirais e downpipes

A floresta tropical

A floresta tropical

Canal de calha

Canal de calha

Detalhe, de, eaves, canal, conex√£o, com, downpipe

Detalhe, de, eaves, canal, conex√£o, com, downpipe

Os beirais costumam ter a forma de um tubo semicircular, onde a seção da calha depende das medidas, da inclinação e da forma do telhado e geralmente tem uma inclinação de 0,5% ou mais.
Os beirais são destinados a coletar e transportar a água da chuva para os tubos verticais chamados chuvaconectado através de poços de inspeção rede de esgoto.
o chuva eles podem ser invis√≠veis, isto √©, embutidos na parede ou √† vista; eles t√™m diferentes di√Ęmetros, dependendo da quantidade de √°gua a ser descartada, dependendo, acima de tudo, da superf√≠cie do telhado.

floresta tropical


Eles s√£o instalados a uma dist√Ęncia de 20 a 25 metros do canal da calha.
o materiais são utilizados na realização do sistema de coleta de águas pluviais: tubos de PVC, calhas em cobre, aço inoxidável, aço galvanizado, calhas de alumínio, etc.
o norma que regula esses sistemas de coleta de √°gua √© a UNI 10724, que fornece instru√ß√Ķes sobre como projetar e executar o sistema perfeita regra de arte.

Por que recuperar e reutilizar as √°guas pluviais


a √°gua
√© um bem muito precioso para a sobreviv√™ncia do ser humano, do qual n√£o podemos passar sem isso, um elemento a ser salvaguardado e, precisamente por estas raz√Ķes, n√£o deve ser desperdi√ßado.
Em atividades domésticas, comerciais e de produção, a maioria dos produtos é usada recursos hídricos à nossa disposição, perdendo a maior parte do tempobeber água
Ainda hoje √© usado beber √°gua realizar uma s√©rie de opera√ß√Ķes onde bastaria utilizar somente a √°gua da chuva devidamente coletada para evitar seu uso e desperd√≠cio.
Bem no Lei Orçamental de 2008, foi obrigada a, para cada nova construção, utilizar sistemas de recuperação e reutilização do água da chuva.
Graças a isso lei, as plantas de coleta de lixo são cada vez mais comuns em edifícios água da chuva no telhado para permitir sua posterior reutilização.

√Āgua da chuva


Considerando que a m√©dia dos consumo de √°gua per capita √© de cerca de 150 litros, onde mais da metade pode ser substitu√≠da por √°gua n√£o pot√°vel, um seria capaz de salvar uma grande quantidade de √°gua pot√°vel para ser alocado para o √ļnico consumo de alimentos.
Em √°reas onde a precipita√ß√£o √© bastante freq√ľente, a coleta de √°gua da chuva √© muito √ļtil, na verdade, pode ser usado para irrigar jardins, jardins, piscinas, usado para lavagem de carros, etc.
um precisar também pelo fato de que, com o aumento das necessidades hídricas, é extraído cada vez mais de aquíferos uma quantidade maior de água do que aquela que se infiltra no solo com precipitação. Deve ser lembrado que esta recuperação é regulada pela Decreto Ministerial n. 185 de 12 de junho de 2003, com uma série de normas técnicas para a reutilização da água da chuva.
A recupera√ß√£o do √°guas residuais ocorre por meio de um tratamento purificador espec√≠fico, a fim de torn√°-lo adequado para reutiliza√ß√£o e, em seguida, ser alimentado rede de distribui√ß√£o.Estes tratamentos, feitos com instala√ß√Ķes especiais de recupera√ß√£o, eles s√£o simples e n√£o s√£o excessivamente caros.
O acima mencionado Decreto Ministerial, no artigo 3, determina o uso pretendido da água recuperada, possibilitando sua utilização em:
- alimentação dos sistemas de resíduos do sanitários;
- alimentar os sistemas de arrefecimento e aquecimento;
- alimentação do redes duplas de adução, que deve sempre ser separado das redes de água potável;
- lavagem das ruas da cidade.
Tenha em mente que um sistema de recuperação para a reutilização da água da chuva também pode 50% de beber água retirada do aqueduto.

Como funciona uma planta de recuperação e reutilização de águas pluviais

Uma planta de recuperação e reutilização A água da chuva é um sistema que não requer grande trabalho de instalação, não ocupando muito espaço e, às vezes, com locais específicos. é invisível.
A primeira parte do sistema de recuperação realiza o captação das águas, então há uma filtragem necessário eliminar as impurezas da água e a acumulação do mesmo.

Intercepção de água
ocorre através de links para calhas e calhas, transportando-os para um determinado sistema de filtragem para então ser direcionado para um tanque de acumulação.

Canais de beirais e downpipes


o filtro evita entrar nos materiais do tanque que a sedimentação iria para bloco a planta e alterar o propriedades da água.
l√° v√°rios tipos de filtros: o filtro de c√Ęmara, o filtro autolimpante e o filtro centr√≠fugo, onde a sua escolha depende da superf√≠cie de capta√ß√£o e da possibilidade de coloca√ß√£o no subsolo. particularmente polu√≠do √© necess√°rio prever, al√©m dos filtros tradicionais, as modalidades de purifica√ß√£o de √°gua, tratando o segundo de acordo com o uso que ele quer fazer e os regulamentos a serem respeitados.
Na cidade usamos t√©cnicas como a limpeza em intervalos de tempo do tanques e desinfec√ß√£o final com L√Ęmpadas UV, devido ao espa√ßo limitado dispon√≠vel, enquanto, em ambiente rural, onde o espa√ßo √© maior, podemos adotar a t√©cnica de fitorremedia√ß√£o.
Essa técnica explora a vegetação de plantas aquáticas criando uma flora bacteriana que purifica a água da chuva que se acumulam nos tanques.
Um come√ßa do tanque de armazenamento rede de distribui√ß√£o formado por tubos que, atrav√©s de um bomba de entrega controlado por um unidade de controle eletr√īnico, compartilha a √°gua recuperada em v√°rios usu√°rios.
Uma das principais tarefas do unidade de controle eletr√īnico √© o de integrar, em caso de baixa pluviosidade, a reserva de √°gua com √°gua pot√°vel proveniente da rede principal de abastecimento benef√≠cios de uma instala√ß√£o de valoriza√ß√£o e reutiliza√ß√£o √°gua da chuva eles s√£o m√ļltiplos: o mais importante √©, sem d√ļvida, o de n√£o afetar o recursos de √°gua pot√°vel, al√©m de economia econ√īmica nas contas de abastecimento de √°gua.

Dimensionamento da recuperação de águas pluviais e usinas de reuso

Com a instalação de um sistema de coleta de água da chuva, é possível alimentação vários usuários para evitar o uso do precioso beber água em todas as atividades onde é necessário o uso de água, como lavar pisos, janelas, lavanderia etc.
Sua dimensionamento varia de área para área, de acordo com precipitação média do local onde se pretende construir esta instalação e que estão prontamente disponíveis banco de dados de cada município.
Por exemplo, em nível nacional, é cerca de 990 mm para metro quadrado, uma vez que pode variar consideravelmente em anos específicos de seca ou chuvas abundantes, cada milímetro da água da chuva corresponde a um litro de agua em uma superfície de um metro.
Basilare é o cálculo do área total coleta de água, um valor expresso em metros quadrados, que por sua vez multiplicado por um certo coeficiente de fluxo.
Sua valor, representa a diferença na água da chuva que realmente cai e a quantidade que é realmente coletada, e é sempre entre 0 e 1, dependendo dos tipos de superfície; será de 0,80 a 1,00 na cobertura de um telhado ou superfície cimentada ou asfaltada, enquanto 0,20030 em terras não cultivadas não cultivadas.
Levando em conta um superfície de 40 metros quadrados, uma média de precipitação igual ao do nosso país e que é 990 litros e um coeficiente de fluxo de 0,80 teremos:
990 litros / m² x 40 m² x 0,80 = 31680 litros por ano
Este valor deve ser maior que as necessidades anuais dos habitantes.
assumimos 1 habitante: 75 litros habitante / dia x 300 dias x 1 habitantes = 22500 litros / ano
Para calcular a capacidade do tanque, o valor médio entre os dois valores anteriores é considerado:
(31680 litros / ano + 22500 litros / ano) / 2 = 27090 litros / ano (volume √ļtil m√©dio)
Para garantir uma reserva adequada de água segura, um período seco médio de vinte e um dias deve ser levado em consideração.
27090 litros / ano x 21 dias / 365 dias / ano = cerca de 1558 litros
Um tanque de armazenamento de 1500 litros seria adequado no caso hipotético.

Tanque de armazenamento de √°gua da chuva


Para lembrar isso, um sobredimensionando o tanque é sempre inoportuno porque a água que fica estagnada por um certo período de tempo perde a sua própria propriedades organolépticas.
Existem tanques no mercado que podem ser subterr√Ęneo silenciosamente, a fim de evitar a ocupa√ß√£o de superf√≠cies √ļteis.

Como posicionar o tanque de coleta de √°guas pluviais

o tanques para a coleta e conservação da água da chuva são geralmente pré-fabricada e equipado com um sistema de muito cheio o que permite a drenagem da água extra em direção a um subserviço, como os esgotos.
A cisterna deve ter um entrada calma, a fim de evitar que os materiais depositados no fundo voltem a ser suspensos, além do fornecimento de uma sifão de transbordamento quando ocorrem chuvas violentas e excepcionais.
Graças a um bomba será possível transportar a água contida no tanque para vários usuários.
Querendo interromper o reservatório, devemos ter em mente que o escavação onde deve ser pelo menos 30 cm maior do que o tamanho do tanque em si, enquanto o base de apoio deve ser rígido, pelo menos 10 cm, talvez de cimento e perfeitamente nivelado.
Uma vez posicionado, o backfilling deve ser realizado em etapas: com cimento at√© um ter√ßo de sua altura e subseq√ľentemente uniformemente at√© a superf√≠cie de caminhada.
o acabamento de cobertura depende das características da área em que o tanque está entrelaçado, onde na vizinhança do mesmo deve ser colocado inspeção bemBaseado em seu uso, o tanque deve ser completamente esvaziado para fazer uma precisão limpeza, a fim de eliminar todos os resíduos possíveis que se acumulam durante o uso, operação a ser executada pelo duas vezes ano.
Tamb√©m eu filtros eles v√£o com cuidado limpo, com maior freq√ľ√™ncia, a fim de facilitar o funcionamento da planta.

Ferramentas originais para coleta de √°gua da chuva

A cole√ß√£o do √°gua da chuva estimulou a criatividade de muitos desenhadores que criaram solu√ß√Ķes est√©ticas e funcionais v√°lidas ao mesmo tempo. H√° certamente algumas das mais belas e pr√°ticas gota de chuvados holandeses Bas Van der Veer, um encadernador de √°gua da chuva com uma forma de sela ou cebola alongada.

Recolha a √°gua da chuva com o Raindrop


F√°cil de instalar ao longo de qualquer um pluvial, consiste em um regador de vasos e um tanque, com usos distintos.

O regador
enche-se graças ao fluxo da água da chuva e pode ser removido e usado independentemente, enquanto a água armazenada no tanque pode ser retirada por meio de torneira localizado na parte inferior.
Existe também uma versão Mini, sem torneira, adequado para pequenas varandas; ambos são produzidos e comercializados por Elho.Invece, se temos apenas alguns pequenos na nossa varanda vaso de floresvocê pode optar por ReLeafum folha de alumínio em cores brilhantes para ser inserido diretamente no vaso ou na boca doregador coletar o máximo de água possível, canalizado, graças às dobras da folha.

Recolha a √°gua da chuva com reLEAF


A folha ReLeaf, desenhado pelo estudo associado Fulguro de Lausanne é produzido por Teracrea.Petal Drop Rain Catcher, produzido por peculiarpermite, em vez disso, reutilizar garrafas plásticas que consumimos, inserindo um bico em forma flor em cima da garrafa para coletar a água da chuva.

Chuva reunindo com gotas de pétala Rain Catcher


O objetivo da flor é disfarçar as garrafas de plástico na varanda ou no jardim, embelezando o ambiente.
Se você quiser um produto que você imagina água da chuva para depois libertá-lo gradual e lentamente, podemos usar Terralenx o Grupo Lenzi Egisto, uma esponja muito porosa sentiu que executa a tarefa muito bem.

Coleta de água da chuva e liberação com Terralenx


Pode ser colocado na superfície do solo nas panelas e, uma vez molhado, deixa cair a água gota a gota, esgotando-se após muitos dias e auto-alimentando-se em caso de chuva.

Como facilitar a saída de água da chuva

Onde h√° problemas no sa√≠da de √°gua da chuva, √© poss√≠vel, a fim de evitar poss√≠veis inunda√ß√Ķes de tavernas ou caixas, a constru√ß√£o de um canal de drenagem.
Os canais são compostos de dois elementos; o primeiro consiste em um elemento pré-fabricado concreto que faz a água escorregar, enquanto a segunda é uma grelha metal que permite o tráfego de pedestres ou de veículos, além de servir como filtro para evitar que vários materiais acabem no canal.
o dutos eles t√™m o comprimento de um metro, eles s√£o comprados em todas as lojas de material de constru√ß√£o, de acordo com as solicita√ß√Ķes que ter√£o que suportar, nos orientaremos para materiais mais ou menos robusto

Canaletta para escoamento de √°guas pluviais


Depois de ter escolhido o canal mais adequado às nossas necessidades, devemos estudar cuidadosamente como isso acontece caminho das águas quando chove, a fim de quebrá-lo, posicionando a pista.
No caso de rampas, terreno √≠ngreme ou estradas montanhosas, posicionaremos o canal no ponto onde a √°gua √© flui mais r√°pido mas sem formar um √Ęngulo reto com o fluxo.
A pista deve ter um √Ęngulo agudo em rela√ß√£o ao eixo do fluxo de √°gua, permitindo obter um diferen√ßa entre o come√ßo do canal e o final, como criar um declive o que tornar√° o fluxo de √°gua mais r√°pido.
Escavou o pista, que deve ser 10 cm mais largo do que a pista, a fim de ser preenchido mais tarde argamassa para amarrar melhor os segmentos do canal pré-fabricado.

Canais de calhas e downpipes: canal para saída de água


Se desejado, antes de colocar a argamassa, é possível colocar alguns ferros como armadura fazendo a estrutura mais sólido. Uma vez que a argamassa tenha endurecido, a grade de metal será posicionada.

Custo dos canais de calhas e chuvas

o preço de canais da calha varia dependendo do material e do tamanho da seção usada.
O mesmo se aplica ao preço qualquer chuva.
Deve ser lembrado que esses custos devem ser adicionados a esses custos colocando no lugar.

RECOMENDADO

Rolson - Filtro de calha...

Down Pipe Filter 2pc, Reduza o risco de bloqueios de forma simples e eficaz., Fabricado a partir de PP - F√°cil de...

pre√ßo ‚ā¨ 5.35
COMPRE



Vídeo: