Cultivo de Citrus Medica

Entre as plantas cítricas, a citricultura médica é uma variedade muito vistosa, graças às suas frutas amarelas, coriáceas e oblongas, que lembram os dedos de uma mão.

Cultivo de Citrus Medica

Plantas cítricas e consumo

citrus arantium

o c√≠trico s√£o sempre plantas muito c√™nicas e interessantes, n√£o s√≥ para a produ√ß√£o de frutas. Eles s√£o frequentemente usados ‚Äč‚Äčcomo decora√ß√£o e em muitos pa√≠ses da √°rea do Mediterr√Ęneo as avenidas e √°reas p√ļblicas est√£o lotadas, colorindo a esta√ß√£o fria com seus frutos coloridos. Estamos, no entanto, acostumados a consumir grandes quantidades durante o inverno e nem sempre o identificamos. variedades que comemos.
Isso acontece com produtos como laranjas, tangerinas e mandarinas, que mudam de aparência dependendo da espécie e da rpovenienza. Mas na frente de certos tipos, dificilmente esquecemos.

Variedade Citrus arantium

Um tipo de agurme particularmente conhecido, não tanto pela estética, mas sim pelas propriedades, é citrus arantium, também chamado laranja amarga. Isto é diferente do doce para uma quantidade de espinhos mais abundantes e mais longos, dispostos perto da axila das folhas, um belo verde escuro, que também tem um aroma mais intenso que outras frutas cítricas em geral.
No que diz respeito à aparência da fruta, a laranja amarga tem um pele mais escura e áspera, comparado a outros, e é lembrado por seu sabor amargo. Também é conhecido por suas propriedades de queima de gordura. Não é por acaso que é frequentemente utilizado em comprimidos ou blisters para produtos à base de plantas. Finalmente, a essência da flor de laranjeira, também conhecido como neroli, è um produto que é obtido a partir do espremer e do funcionamento das flores, próprio de citrus arantium, muito utilizado em produtos de perfumaria, tanto para o corpo como para a essência do lar.

Variedade médica Citrus

citrus medica

Entre os citrinos que dificilmente passam despercebidos, al√©m do Citrus arantium, encontramos tamb√©m Citrus Medica, uma variedade de cedro origin√°rio da √°reas do sul da √Āsiae particularmente vistosa por sua forma estranha que se assemelha a uma m√£o. J√° difundido na √©poca romana, esse tipo de cedro √© caracterizado por um desenvolvimento n√£o homog√™neo da fruta, o que faz com que ela se forme mais extens√Ķes ao longo do tempo e que eles se lembrem apenas dos dedos e que s√£o o resultado de uma malforma√ß√£o gen√©tica associada a este tipo de planta.
O fruto da variedade de citrinos c√≠tricos apresenta um pele muito amarela, cori√°cea e gl√≥bulo, e apesar de sua apar√™ncia, √© freq√ľentemente usado como um elemento de enfeite para segundo cursos e saladas incomuns. O uso mais intenso, no entanto, temos com i cristalizado, para panetones e sobremesas tradicionais; isto para o sabor doce menos ac√≠dico do que outros citrinos uma vez tratados com a√ß√ļcar.
O cedrus medica como uma planta √© caracterizada por folhas ovais de um verde intenso bonito, presente constantemente na planta, pois √© uma sempre-viva, mas tamb√©m galhos longos e particularmente espinhososcom espinhos ao redor do cent√≠metro. Al√©m das folhas ovais, o cedrus medica apresenta uma flora√ß√£o abundante e branca, com, em alguns casos, as estrias p√ļrpuras que caracterizam o esp√©cime.

Cultivo médico cítrico

citrus medica

O citrus m√©dico n√£o √© uma planta dif√≠cil crescer. N√£o requer grande cuidado e necessita, no entanto, um clima mediterr√Ęnico b√°sico e ameno, com abundantes √°reas de sol, que n√£o requerem necessariamente rega subsequente. O Cedar Medica pode de fato ser irrigado somente quando h√° longos per√≠odos seca, integrando a √°gua do p√©, tamb√©m atrav√©s do uso de b√Ľchettepara distribuir melhor em torno do tronco.
A planta em seu desenvolvimento m√°ximo tamb√©m alcan√ßa 4 a 5 m de altura, tem um crescimento lento e pode ser mantido em √°reas abrigadas do jardim, desde que estejam ensolaradas. Quanto ao poda, o cedrus m√©dico n√£o requer grandes interven√ß√Ķes. Uma poda abundante, ap√≥s os primeiros anos de vida, pode ajudar a melhorar forma desejada e tamb√©m a produ√ß√£o das frutas.
Estes tamb√©m podem ser incentivados gra√ßas a um processo can√īnico que geralmente √© realizado em √°rvores frut√≠feras, ou oelimina√ß√£o dos ot√°rios, aquelas partes de ramos que se desenvolvem a partir do p√© da planta e que, crescendo, retiram a for√ßa da planta principal. Portanto, a elimina√ß√£o deve ocorrer sazonalmente, de modo a manter a planta saud√°vel ao longo do tempo. O corte deve ser feito com uma tesoura espec√≠fica, geralmente usada para poda de inverno.



Vídeo: Cultivo y producción de cítricos - TvAgro por Juan Gonzalo Angel