Casa FabLab

O FabLab House é um protótipo de uma casa solar passiva pré-fabricada, com uma forma personalizável baseada nas necessidades do sol e na orientação do lote em que está localizado.

Casa FabLab

FabLab House é um protótipo de casa solar pré-fabricada passiva, não coberta por painéis fotovoltaicos tradicionais, de forma padronizada, mas dotada de um revestimento fotovoltaico real e caracterizada pela possibilidade de personalização, com base nas necessidades de insolação e orientação do lote em que se encontra.

Casa FabLab: exterior

O prot√≥tipo foi apresentado em Madri em junho passado no decurso de Decatlo Solar Europa, o evento europeu destinado a promover projetos de casas para ambientes e climas espec√≠ficos, que representa o correspondente europeu da Decathlon EUA. A casa foi premiada com o Pr√™mio de Escolha P√ļblica, o pr√™mio atribu√≠do pelo p√ļblico.
O projeto foi desenvolvido por um grupo de estudo deInstituto de Arquitetura Avançada da Universidade da Catalunha (IAAC), formado por arquitetos de diferentes países.
A casa tem uma área de 75 metros quadrados e é adequada para uma família de quatro pessoas.
A estrutura é elevada do chão e repousa sobre três pernas transportadoras, que criam um espaço vazio para o ventilação natural, também pode ser usado como um pátio sombreado.
O principal componente estrutural é o madeira laminada, para o qual a sua realização pode ser implementada dentro de uma quinzena. Além disso, o objetivo dos designers era precisamente criar uma solução fácil de montar em apenas alguns dias, com materiais e máquinas facilmente disponíveis em qualquer lugar.

FabLab House: interior

A escolha da madeira como material estrutural em vez do aço vem de uma dupla ordem de princípios: por um lado, sendo uma casa solar, é um material solar e natural; em segundo lugar, a madeira torna possível obter mais componentes pequeno, leve e fácil de manusear, fundamental para alcançar o propósito desejado de praticidade e simplicidade de montagem.
Acima da primeira camada de painéis de madeira, corte a laser em chapas de 1,22x1,44 metros, é colocada uma segunda camada que cobre parcialmente a inferior e é composta de painéis fotovoltaicos estruturados como se fossem uma segunda pele, que permitem que a casa tenha uma autonomia energética superior às suas próprias necessidades.
A casa também tem um sistema inteligente de monitoramento de temperatura e um sistema de coleção de águas pluviais do telhado.
o forma parabol√≥ide o edif√≠cio resultou de uma s√©rie de estudos sobre dados clim√°ticos e de sol e se adapta √†s condi√ß√Ķes espec√≠ficas dos v√°rios locais, tornando-o instal√°vel em diferentes √°reas do mundo e a baixo custo. Por isso, nasceu para aproveitar ao m√°ximo os recursos naturais e otimizar a qualidade do conforto.
Esta forma permite a construção de grandes volumes, com uma superfície externa de extensão limitada.
Além disso, como afirma o diretor da IAAC Vicente Guallart, Se no século XX a forma foi consequente à função, no século 21 a forma seguirá a energia.
fablabhouse.com


arco. Carmen Granata