Expandir ou reconstruir com o plano inicial

O Plano da Casa √© um sistema de padr√Ķes nacionais, regionais e locais que visa atender as necessidades habitacionais da cidade e revitalizar o setor de constru√ß√£o.

Expandir ou reconstruir com o plano inicial

Plano da Casa ao nível nacional

plano de casa

o Planta da Casa nasceu em 2008 col D. Lgs. N.112 de 25 de junho. Tem o duplo objetivo de relançar o setor de construção e atender às necessidades de moradia das famílias italianas.
O Plano da Casa opera em duas frentes distintas: ahabita√ß√£o p√ļblica residencial subsidiada (com programas estaduais e regionais de aloca√ß√£o para fam√≠lias de baixa renda, idosos desfavorecidos, estudantes fora do escrit√≥rio etc.) eedif√≠cio privado (incentivar demoli√ß√Ķes com reconstru√ß√Ķes e tamb√©m extens√Ķes volum√©tricas, n√£o obstante os instrumentos de planejamento em vigor).
Ap√≥s o primeiro decreto de 2008, em 31 de mar√ßo de 2009, oacordo entre Estado e Regi√Ķes, com as quais as Regi√Ķes se comprometeram a aprovar seus pr√≥prios regulamentos de planejamento urbano para promover o que √© indicado no n√≠vel estadual. Hoje, para a Piano House, queremos dizer que n√£o √© mais uma lei √ļnica, mas um sistema de regulamenta√ß√Ķes nacionais, regionais e locais.
Tamb√©m recentemente, com o decreto lei n.47 de 28 de mar√ßo de 2014, o termo foi usado Planta da Casa (ou Plano da Casa 2 o Plan House 2014). Neste √ļltimo caso, trata-se de medidas tomadas a n√≠vel nacional relativamente √† cupom seco, o financiamento do fundo nacional de apoio ao acesso a habita√ß√Ķes arrendadas e ao fundo para inquilinos inadimplentes arrogantes, o plano de adapta√ß√£o s√≠smica da habita√ß√£o popular, o aumento de Descontos IRPEF para aqueles que vivem em aluguel em habita√ß√£o popular, a possibilidade de resgate de habita√ß√£o social, etc.
Pode-se dizer que o decreto busca atender as necessidades habitacionais dos cidadãos e busca o relançamento do setor de construção, por isso, é corretamente colocado dentro do sistema regulatório do Plano Residencial.
Voltando ao acordo entre Estado e Regi√Ķes de 2009, a partir daquele momento cada regi√£o ele se ativou para adaptar o Plano de Casa de acordo com sua pr√≥pria realidade, ou seja, observando as indica√ß√Ķes nacionais, mas personalizando-as de acordo com as caracter√≠sticas de seu territ√≥rio, obviamente para as quest√Ķes de compet√™ncia regional.
Por um lado, isso nos permitiu identificar a√ß√Ķes de redesenvolvimento voltadas √† resolu√ß√£o de problemas regionais reais; por outro lado, uma s√©rie de regulamenta√ß√Ķes surgiram e √†s vezes n√£o s√£o facilmente gerenciadas pelo munic√≠pio, tamb√©m porque as normas regionais geralmente se referem a regulamenta√ß√Ķes locais, multiplicando-se. portanto as dificuldades.
Os regulamentos regionais do Plano da Casa t√™m um car√°ter extraordin√°rio, ou seja, prevalecer sobre as disposi√ß√Ķes dos regulamentos municipais, instrumentos de planejamento urbano e leis regionais em contraste com eles. A natureza extraordin√°ria da aplica√ß√£o tamb√©m implica um efeito de prazo fixo. Os regulamentos regionais individuais do Plano Inicial foram inicialmente aprovados com prazos diferentes entre a Regi√£o e a Regi√£o. Alguns desses prazos n√£o foram prorrogados, enquanto outros foram prorrogados, variando de regi√£o para regi√£o.
Nesta selva de leis e prazos, gostaria de resumir o que aconteceu por Regi√£o, a fim de oferecer aos interessados ‚Äč‚Äčum ponto de partida para um aprofundamento em sua √°rea geogr√°fica. A an√°lise torna-se necess√°ria porque o que √© mencionado abaixo pode nem sempre ser aplic√°vel em todas as circunst√Ęncias, especialmente quando falamos de edif√≠cios em centros hist√≥ricos, √°reas n√£o-index√°veis, edif√≠cios ilegais, edif√≠cios fixos, parques, reservas e √°reas com risco hidrogeol√≥gico. A lista √© classificada em ordem alfab√©tica por regi√£o.

Casa da Regi√£o de Abruzzo

plano de casa

A Lei Regional de refer√™ncia inicial √© a No. 16 de 19 de agosto de 2009. Ap√≥s algumas extens√Ķes, com a Lei Regional n.49 de 29 de dezembro de 2014 o √ļltimo termo do Plano Abruzzo foi estabelecido 31 de dezembro de 2015. A legisla√ß√£o regional prev√™ a possibilidade de expans√£o para edif√≠cios residenciais com um pr√™mio de at√© 20% da √°rea existente, sem exceder 200 metros c√ļbicos e demoli√ß√£o e reconstru√ß√£o com expans√£o de at√© 35%.

Plan House Basilicata Region

Na Basilicata, a primeira regra do Plano da Casa √© a Lei Regional no 25 de 7 de agosto de 2009. Posteriormente, a Regi√£o da Basilicata adiou-a para o 31 de dezembro de 2014 o prazo. O adiamento dos termos √© uma medida prevista pela Lei Regional 18/2013 sobre a Avalia√ß√£o das Demonstra√ß√Ķes Financeiras para o exerc√≠cio de 2013. Enquanto se aguarda a prorroga√ß√£o, resumimos o que foi permitido at√© h√° pouco tempo para edif√≠cios residenciais:
- extens√Ķes com um b√īnus volum√©trico de 20% ou 25% se combinadas com medidas de economia de energia;
- demolição e reconstrução com um prémio de 30% da área total, 35% em conjunto com trabalhos de economia de energia e 40% utilizando painéis de edifícios verdes e fotovoltaicos.

Plan House Regi√£o da Cal√°bria

A primeira regra do Plano Calabria Home é a Lei Regional n.21 de 4 de agosto de 2010, emendada em 2012 com uma primeira prorrogação até 31 de dezembro de 2014 e subsequentemente remodelada com o Lei Regional 13 de janeiro de 2015 n.4 com a extensão até 31 de dezembro de 2016. Edifícios residenciais são permitidos:
- extens√Ķes com um b√īnus volum√©trico de 20%, que deve permanecer dentro de 70 metros quadrados;
- demoli√ß√£o e reconstru√ß√£o com um b√īnus volum√©trico de at√© 35%.

Plan House Regi√£o da Camp√Ęnia

Na Camp√Ęnia a primeira lei regional de refer√™ncia √© o dia 19 de dezembro de 2009. Ap√≥s a primeira vers√£o, vencida em 30 de junho de 2011, a Lei Regional 1/2011, aprovada para estimular maior interesse em pessoas f√≠sicas, amplia o prazo submiss√£o de candidaturas para 11 de julho de 2012. O prazo foi novamente prorrogado por LR 40/2012 e depois novamente pela Lei Regional 2/2014. Atualmente, o prazo do Plano Inicial da Camp√Ęnia √© fixado em11 de janeiro de 2016. No que diz respeito ao edif√≠cio residencial, o Plano de Camp√Ęnia prev√™ a possibilidade de um aumento de volume de at√© 20% para as extens√Ķes, enquanto para as demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes de at√© 35%.

Plan House Emilia Romagna Regi√£o

O Emilia Romagna Home Plan n√£o existe mais j√° h√° algum tempo. Ainda no final de 2010, a Regi√£o decidiu n√£o estender a lei regional que a havia estabelecido devido ao seu sucesso limitado.

Plano da Casa Friuli Venezia Giulia Region

A Lei Regional de refer√™ncia para o Plano Residencial Friuli Venezia Giulia √© a No. 19 de 11 de novembro de 2009. Na primeira vers√£o havia um prazo para o 19 de novembro de 2014, que no momento ainda n√£o foi estendido. Desde a primeira lei at√© o prazo, houve apenas algumas mudan√ßas em rela√ß√£o √†s qualifica√ß√Ķes e as exce√ß√Ķes aos instrumentos de planejamento, constantes no LR 26/2012. Para edif√≠cios residenciais, o Piano Casa Friuli Venezia Giulia permitiu at√© recentemente extens√Ķes para um m√°ximo de 200 metros c√ļbicos e demoli√ß√Ķes com reconstru√ß√Ķes para as quais o Munic√≠pio poderia estabelecer, atrav√©s de uma conven√ß√£o, um aumento de 50% dos cr√©ditos de constru√ß√£o.

Plan House Regi√£o do L√°cio

A primeira regra do Plano Nacional da L√°cio √© a Lei Regional n¬ļ 21, de 11 de agosto de 2009, seguida de emendas e prorroga√ß√Ķes, at√© mesmo recentes. Atualmente, o prazo foi definido em 31 de janeiro de 2015. Para edif√≠cios residenciais s√£o concedidas prorroga√ß√Ķes com b√īnus volum√©tricos de 20 a 35% e demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes com b√īnus volum√©tricos de 35% com a possibilidade de um acr√©scimo de 10%. Novas altera√ß√Ķes s√£o esperadas em breve.

Plan House Regi√£o da Lig√ļria

O Plano Casa Liguria nasceu com a Lei Regional n.49 de 3 de novembro de 2009. Um padr√£o foi ent√£o publicado com a inclus√£o no Plano da Casa de interven√ß√Ķes em edif√≠cios ilegais, uma regra posteriormente abolida devido a controv√©rsia e ent√£o revisada com um compromisso com o LR4 / 2011, no qual √© permitido estender pr√©dios conduzidos somente na presen√ßa de pequenos abusos, separando a parte curada do aumento percentual. Para edif√≠cios residenciais, o Plano Casa Liguria prev√™ uma expans√£o volum√©trica de 10% e 20%, com a possibilidade de aumentos adicionais proporcionais ao uso de materiais locais e √† adapta√ß√£o a padr√Ķes anti-s√≠smicos. A demoli√ß√£o com reconstru√ß√£o com extens√Ķes volum√©tricas at√© 35% tamb√©m est√° prevista. Atualmente, o prazo para o Plano Liguria Home foi definido 30 de junho de 2015.

Plan House Regi√£o da Lombardia

O Plano Lombardy Home aparece pela primeira vez com a Lei Regional n.13 de 16 de julho de 2009. A lei foi ent√£o examinada mais detalhadamente com a resolu√ß√£o 10134/2009 de 7 de agosto e depois com a nota 104111 emitida em 14 de outubro de 2009 pela Diretoria Geral. Territ√≥rio e Planejamento Urbano. Atualmente o Plano da Casa Lombardia j√° n√£o est√° em vigor. O √ļltimo prazo foi fixado em 31 de dezembro de 2013, mas n√£o houve prorroga√ß√Ķes devido ao uso limitado do regulamento pelos cidad√£os. Em qualquer caso, prev√™-se a inclus√£o de algumas instala√ß√Ķes para a casa dentro das mudan√ßas que em breve ser√£o feitas para a Lei Regional n¬ļ 12 de 2005, o texto de planejamento urbano da Lombardia.

Plan Marche Region House

Para a regi√£o de Marche, a primeira regra de refer√™ncia no Plano da Casa √© a Lei Regional n.22 de 8 de outubro de 2009. Para criar uma maior coordena√ß√£o entre as atividades da Regi√£o e das autoridades locais, a Resolu√ß√£o 1991/2009 esclareceu aplica√ß√£o do Plano de Casa, favorecendo uma leitura integrada da Lei Regional com o texto do edif√≠cio √ļnico. Para edif√≠cios residenciais, o Piano Casa Marche permite extens√Ķes com b√īnus volum√©tricos de at√© 20% e demoli√ß√Ķes e recondicionamentos com b√īnus de at√© 35%. Atualmente, o prazo do Plano March March √© fixado em 31 de dezembro de 2016. O adiamento dos prazos previamente estabelecidos para a apresenta√ß√£o dos pedidos de prorroga√ß√£o e substitui√ß√£o de edifica√ß√Ķes foi fixado pela Lei Regional n. 33/2014.

Piano Casa Regione Molise

plano de casa

A primeira lei sobre o Plano Casa Molise √© a Lei Regional n.30 de 11 de dezembro de 2009. Em 16 de dezembro de 2013, foi publicada no Di√°rio Oficial a Lei Regional 24/2013, que amplia o Plano Casa del Molise, alterando o prazo para 31 de dezembro de 2015. Para edif√≠cios residenciais s√£o permitidas extens√Ķes com b√īnus volum√©tricos de 20% ou 30% e pr√™mios adicionais para recupera√ß√£o de amianto e uso de materiais locais. Demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes s√£o permitidas com amplia√ß√Ķes de 35% ou 40% se acompanhadas de √°rvores ou 50% no caso de melhoria da efici√™ncia energ√©tica. No momento, o Plano Casa Molise foi prorrogado at√© 31 de dezembro de 2017.

Plan House Regi√£o do Piemonte

No Piemonte o Plano da Casa foi introduzido com a Lei Regional n.20 de 14 de julho de 2009, que foi seguida por prorroga√ß√Ķes e emendas, incluindo a √ļltima (LR 24/2014) que adiou o prazo do Plano Inicial para 31 de dezembro de 2015. No que diz respeito aos edif√≠cios residenciais, no Piemonte √© poss√≠vel realizar prorroga√ß√Ķes com um pr√™mio de at√© 20% em capacidade c√ļbica e demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes com um b√īnus de 25% se o n√≠vel 1,5 for atingido. Protocolo de Itaca 2009 ou 35% se o valor 2.5 do Protocolo Itaca 2009 for obtido.

Plan House Regi√£o de Puglia

Para a Regi√£o da Ap√ļlia a primeira regra de refer√™ncia para o Plano da Casa √© a Lei Regional n.14 de 30 de julho de 2009. Nos pr√©dios residenciais s√£o permitidas amplia√ß√Ķes com aumento do volume de at√© 20% e demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes com aumento do volume at√© 35 %.
A Lei Regional n.¬ļ 26 de 7 de agosto de 2013 alterou inicialmente o prazo estabelecido para o Plano de Aptid√£o de Puglia at√© 31 de dezembro de 2014, posteriormente alargado para 31 de dezembro de 2015 com o Lei Regional 49/2014.

Plan House Regi√£o da Sardenha

o Plano Sardenha House aparece com a Lei Regional No. 4 de 23 de outubro de 2009, que foi seguida por várias mudanças. Posteriormente, a Regione Sardegna estendeu-se até 29 de novembro de 2014 o prazo para a apresentação de pedidos para o Plano de Casa.
No momento n√£o houve mais extens√Ķes. No que diz respeito √†s propriedades residenciais, a legisla√ß√£o em vigor at√© recentemente previa diferentes percentagens de b√≥nus com base nas interven√ß√Ķes que se pretendia realizar. Para as expans√Ķes houve b√īnus volum√©tricos de 10%, 20% ou 30%, para demoli√ß√Ķes com reconstru√ß√£o de b√īnus volum√©trica de 30%, 35%, 40%, 45%.

Plan House Região da Sicília

O primeiro padr√£o de refer√™ncia para o Plano Residencial da Sic√≠lia √© a Lei Regional No. 6 de 23 de mar√ßo de 2010. A √ļltima extens√£o, que aparece no LR 21/2014, espera que o prazo para 31 de dezembro de 2015. Quanto aos edif√≠cios residenciais, o Plano Casa Sicilia prev√™ a possibilidade de prorroga√ß√Ķes com pr√™mios volum√©tricos de at√© 20% e demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes com pr√™mios volum√©tricos de at√© 25% ou 35% se instalados por meio da instala√ß√£o de usinas movidas a energia renov√°vel.

Planta Casa da Regi√£o da Toscana

O Plano da Casa se origina na Toscana com a Lei Regional n.24 de 8 de maio de 2009. Posteriormente, a Lei Regional 77/2013 (financeira regional para 2014) fez o vencimento do prazo para 31 de dezembro de 2014, agora estendido ainda 31 de dezembro de 2015 de Lei Regional 29 de dezembro de 2014 n.86. Para edif√≠cios residenciais, o Piano Casa Toscana permite extens√Ķes at√© 20% superiores √† √°rea bruta (com um m√°ximo de 70 metros quadrados) e demoli√ß√Ķes e reconstru√ß√Ķes com extens√Ķes at√© 35% superiores √† √°rea bruta.

Planta da casa em Trentino Alto Adige

Para Trentino Alto Adige √© necess√°rio fazer uma distin√ß√£o entre as duas prov√≠ncias aut√īnomas: Trento e Bolzano. A Prov√≠ncia Aut√īnoma de Trento indicado desde o in√≠cio de n√£o quero estar em conformidade com o Plano Inicial, enquanto ainda prev√™ medidas extraordin√°rias para facilitar a casa em outras leis. A Prov√≠ncia Aut√īnoma de Bolzano em vez disso, implementou o acordo entre o Estado e as Regi√Ķes de 2009 com a Resolu√ß√£o n¬ļ 1609 de 15 de junho de 2009.
A Resolu√ß√£o foi seguida pela Lei Provincial 2/2010, que eliminou os termos inicialmente previstos para a apresenta√ß√£o de projetos e, portanto, tornou as medidas do Plano indefinidamente. Na prov√≠ncia aut√≥noma de Bolzano, s√£o poss√≠veis extens√Ķes de edif√≠cios residenciais at√© 200 mc, bem como pr√©mios volum√©tricos para demoli√ß√£o e reconstru√ß√£o, mas apenas parciais (portanto, o edif√≠cio n√£o deve ser completamente demolido).

Casa Planta Regi√£o Umbria

Em Umbria, o Plano da Casa foi introduzido com a Lei Regional n.13 de 26 de junho de 2009. Gra√ßas √†s extens√Ķes introduzidas pelas regras que alteraram a lei principal, o prazo foi gradualmente adiado at√© 31 de dezembro de 2014. Por outro lado, n√£o h√° prazo para alguns casos especiais, como algumas opera√ß√Ķes de demoli√ß√£o com reconstru√ß√£o em um plano urbano de implementa√ß√£o (PUA).

Casa Plan Regi√£o de Veneto

A primeira Lei Regional sobre o Plano Interno de V√™neto √© a No. 14 de 8 de julho de 2009, que foi seguida por v√°rias mudan√ßas. No dia 2 de dezembro passado, com a publica√ß√£o no Di√°rio Oficial da Uni√£o da Lei Regional n¬į 32/2013, entrou em vigor a terceira edi√ß√£o do Plano Casa Veneto, cuja vig√™ncia foi prorrogada at√© 10 de maio de 2017. A Lei Regional traz algumas inova√ß√Ķes importantes, que foram e ainda s√£o objeto de discuss√£o e tamb√©m de problemas com o Conselho de Ministros.
Corre√ß√Ķes s√£o esperadas em breve.

Plan House Regi√£o Valle d'Aosta

Em Valle D'Aosta, a primeira Lei Regional de referência para o Plano Residencial é a No. 24 de 4 de agosto de 2009. Não há prazos como não é uma lei extraordinária.
Esta lei foi seguida por uma an√°lise aprofundada com a Resolu√ß√£o 635/2010 e a Resolu√ß√£o 514/2012. Para pr√©dios residenciais, extens√Ķes com b√īnus volum√©tricos de at√© 20% e demoli√ß√Ķes e recondicionamentos com b√īnus de at√© 35% ou 45% s√£o permitidos.



Vídeo: PALESTRA COM SHELLYANA - 13/12/2017