Cabos elétricos em casa

Observa√ß√Ķes simples e conhecimento b√°sico s√≥lido podem nos fazer entender os princ√≠pios e as modalidades com as quais o sistema el√©trico da casa foi realizado.

Cabos elétricos em casa

Todo o linhas de energia que partem do painel de distribuição elétrica, presentes na casa geralmente perto do porta de entrada e a jusante do contador eltrico, consistem em condutores eltricos com uma seco apropriadamente correlacionada com a potcia das cargas a serem fornecidas, com o modo de colocao e com o comprimento das linhas.
Geralmente, as se√ß√Ķes

2,5

de cabos presentes em um sistema elétrico doméstico comum são de 2,5 m² com exceção das partes da planta destinadas a cargas específicas e de maior potência que as demais, como fornos, refrigeradores e máquinas condicionadoras: nestes casos, a seção de 4 mmq geralmente não é excedida.
A se√ß√£o de 2,5 mmq tamb√©m √© adotada para a realiza√ß√£o do montantes para as plantas de ilumina√ß√£o; a maior dessas se√ß√Ķes, de acordo com as regras, tamb√©m deve ser adotada para os inquilinos de prote√ß√£o sistema el√©trico em casa.
Na maioria dos casos pr√°ticos, ou seja, para sistemas dom√©sticos com pot√™ncia instalada e fatores contempor√Ęneos e uso de cargas el√©tricas, como para ser satisfeito pelo medidor t√≠pico de 3 kW - para os quais n√£o √© necess√°rio preparar um projeto por um profissional - as prote√ß√Ķes autom√°ticas para os cabos acima mencionados est√£o associadas omiss√£o dos instaladores.

Cabos elétricos e painel elétrico

Geralmente, um painel de controle elétrico é feito com, a montante, um dispositivo automático para proteção contra perdas de corrente, o conhecido salva-vidas, que intervém detectando perdas de corrente a partir de 30mA; a jusante do salva-vidas, um circuito magnético térmico com corrente nominal 10/16 A para proteger cada grupo de três ou quatro tomadas elétricas na casa; outras unidades magnetotérmicas similares, ou a mais de 20A dependendo das potências envolvidas, protegem as linhas separadas de fornos e máquinas de condicionamento; finalmente, na linha de iluminação um é atribuído 6A proteção magnetotérmica.
A escolha de um condutor elétrico para alimentar uma carga deve ser feita de tal forma que a corrente absorvida pela carga, identificada pelas normas como corrente de uso, é sempre menor que a capacidade de carga atual do mesmo cabo; o alcance de um cabo é o valor da corrente que pode atravessar o cabo, fazendo com que ele alcance o temperatura máxima suportável pelo seu isolamento por um período teoricamente ilimitado.

elétrico


o isolamento t√©rmico mais comum s√£o PVC e EPR: as normas CEI, por exemplo, para cabos com isolamento de PVC indicam um per√≠odo de 20 anos de resist√™ncia do isolamento do cabo atravessado por uma corrente tal que √© trazido √† temperatura de opera√ß√£o de 70¬į C; o c√°lculo da corrente de carga de uma carga est√° ligado ao tipo de fonte de alimenta√ß√£o, trif√°sico ou monof√°sico, √† pot√™ncia da carga e ao coeficiente de utiliza√ß√£o da carga.
O caudal do mesmo cabo pode variar em função de vários factores, incluindo o método de assentamento, que pode estar no ar, enterrado, por baixo, em paredes isoladas ou não isoladas, na presença de outros cabos no mesmo tubo ou no mesmo deque de madeira; Outro fator importante é o comprimento do cabo.
Um aspecto geralmente desprez√≠vel em sistemas el√©tricos civis est√° ligado √† queda de tens√£o ao longo da linha de energia, queda de tens√£o para a qual os padr√Ķes estabelecem o valor m√°ximo na linha de energia. 4% para cargas em geral e 3% para linhas de energia de l√Ęmpadas fluorescente.



V√≠deo: Como DIMENSIONAR CABOS EL√ČTRICOS do JEITO CERTO?