EIRE 2019: Habitação Social

Dentro da Expo Italia Real Estate 2019, uma conferência para determinar e descrever a complexa situação da Habitação Social na Itália.

EIRE 2019: Habitação Social

habitação social

De 7 a 9 de junho, acontece em Milan o evento EIRE 2011, uma cimeira nacional dedicada às muitas facetas do mercado Imobiliário italiano, para uma conscientização que envolve todos os protagonistas do setor, a fim de definir a tarefa do Imobiliária.

Dentro deste quadro serão alternadas várias conferências, incluindo uma dedicada a Habitação Social onde vamos falar sobre habitação social.
Este termo refere-se a um conjunto de hospedagem e serviço, destinada a ajudar a resolver o problema da habitação prestando especial atenção às situações de desvantagem econômica, colaborando com o terceiro setor e com o administração pública.

habitação social 2

No meio da caminhada...: a Habitação Social, onde estamos?, que vê a participação, entre outros, do arquiteto Isabella Goldmann, como comentarista do sistemas construtivos adequado para este tipo de edifício, bem como especialista em bio-arquitetura, marcada para 8 de junho, discutirá o papel das autoridades locais e as ferramentas operacionais necessárias para dar vida às iniciativas de habitação social.

Vamos fazer um balanço das soluções concretas já aplicadas na Itália, mas ainda pouco conhecidas, que também atraíram o interesse de operadores privados: de fórmulas contratuais para a otimização dos planos econômico / financeiro para os melhores sistemas construtivos eco-sustentáveis.

habitação social 3

Este debate terá também lugar com base na monitoração que a EIRE tem procurado na Habitação Social na Itália, propondo-se como meta o estudo de todos aqueles projetos residenciais destinado a um novo requisito relativo a um faixa intermediária, uma área cinzenta que é identificável com uma nova classe emergente no país: estudantes, trabalhadores temporários, não-UE, casais jovens sem filhos, famílias com filhos.

É um bandamuito heterogêneo, que não tem a capacidade de comprar uma casa, nem a possibilidade de acesso à habitação pública, porque não é suficientemente pobre.

Até o momento, os sujeitos envolvidos nos projetos monitorados são 328, dos quais 158 já conhecidos e publicados no Dossiê de Habitação Social 2010.

habitação social 4

Até o momento, 168 projetos e convocatórias foram monitorados, dos quais: 52 já presentes na EIRE 2010, 91 projetos identificado ex novo e 25 convites à apresentação de propostas.

Os 91 projetos inscritos no monitoramento estão localizados em Basilicata, Emilia-Romagna, Lácio, Liguria, Lombardia, Marche, Molise, Piemonte, Toscana, Trentino Alto Adige, Umbria e Veneto, com um maior número de projetos em Lombardia e em Umbria.

Claro, porque o monitoramento iniciado se torna um ferramenta eficaz de informação e um ponto de referência para toda a Comunidade de Imóveis, é importante poder descrever o mais amplo quadro possível de Habitação Social, coletando e descrevendo o maior número de projetos: o colaboração de todos os players imobiliários, envolvidos nestes projetos de várias maneiras, torna-se fundamental garantir um valor acrescentado a esta ferramenta de conhecimento de um segmento cada vez mais importante do mercado imobiliário.

Info: italiarealestate.it



Vídeo: "Incêndio na Segurança Social"