Decore a casa com anafilaxia

Perspectiva artif√≠cios com os quais as imagens (muito deformadas) podem ser reconhecidas de um √ļnico ponto de vista, e que oferecem excelentes aplica√ß√Ķes na decora√ß√£o de interiores.

Decore a casa com anafilaxia

O que é anafilaxia

L 'anaformosi (ou anaformismo) √© um tipo especial de efeito visual de acordo com o qual uma imagem sofre distor√ß√Ķes, como para torn√°-lo praticamente irreconhec√≠vel, se n√£o por um ponto de vista preciso (geralmente colocado a uma certa dist√Ęncia e fortemente escor√ßo), ou com oajuda com ferramentas espec√≠ficaspor exemplo espelhos c√īnico, cil√≠ndrico ou esf√©rico.
Esta técnica é perfeitamente conhecida e praticada há séculos:
na verdade, j√° nas notas de Leonardo da Vinci s√£o vis√≠veis alguns pequenos esbo√ßos com deforma√ß√Ķes deste tipo, enquanto um exemplo muito famoso (e tal que nos fa√ßa compreender perfeitamente como a animaformosis trabalha) √© constitu√≠do pela pintura de Holbein intitulado O Ambaciatori, em que aos p√©s dos dois protagonistas aparece uma figura oblonga correspondente a um cr√Ęnio, reconhec√≠vel como tal apenas colocando-se na extrema direita da pintura.
Um segundo exemplo é constituído pelo cerca da sede da empresa do Carpigianiconhecida fábrica de sorvetes: neste caso as várias letras da escrita, cada uma com cinco ou seis metros de comprimento, têm uma acentuação tão forte que parecem quase irreconhecíveis quando vistas de frente, como podemos ver nesta fotografia.

Um exemplo de anafilaxia linear é visível na cerca da sede da empresa Carpigiani, uma famosa fábrica de sorvetes.

Tipos de anaformosis

Copos com anafitose cataforica, projeto do estilista americano Ross Mc Bride.

Existem dois tipos de anafilaxia: oanaformose √≥ptica ou linear (√† qual j√° mencionei, falando do quadro de Holbein), em que a imagem √© deformada de acordo com as regras normais de perspectiva, mas deliberadamente colocando o ponto de fuga muito longe do observador, para torn√°-lo irreconhec√≠vel se visto de frente, e 'anafilaxia cataptrica, em que a imagem parece normal somente quando refletida por um espelho de forma apropriada, geralmente cil√≠ndrica ou at√© (mais raramente) c√īnica ou esf√©rica: nesse caso, tanto a distor√ß√£o da imagem quanto o efeito global s√£o perfeitamente compreens√≠veis, examinando com preste aten√ß√£o a essas x√≠caras com seus pires, desenhadas pelo designer americano Noiva Ross Mc.

Decore a casa com anafilaxia

Portanto, é possível explorar as características muito particulares da angiose para o comunicação visual e, claro, o decoração de interiores para casa, especialmente das seguintes formas:
- Com oanafilaxia linear, você pode decorar um espaço longo e estreito, como um corredor ou um hall de entrada: a imagem deformada pode ser traçada nas paredes ou no chão.

o trabalho


- Subdividindo a imagem anamórfica entre as várias paredes e pilares, como por exemplo, nesta realização do artista suíço Felice Varini do título Up-Down em que a imagem (uma simples linha zig-zag) foi quebrado e projetado em paredes e pilares com base nos princípios da anáfora linear. Esta solução é particularmente adequada para ambientes de espaço aberto (como o área de estar de um grande apartamento): neste caso, a imagem poderia ser estudada para ser reconhecida apenas pela porta da casa, a fim de intrigar um hóspede recém-chegado.
- Alternativamente, é a anafitose cataptrica pode ser explorada, desenhando a imagem deformada no chão ou na parede, e usando-a como espelho um simples coluna de metal polido ou um esfera reflexiva: isso solução è muito adequado por exemplo, para o ficarpor um escada para diatalvez espiral (na qual a coluna refletora também teria uma função de rolamento) ou mesmo para um espaço de passagem como a entrada ou um desengate.

Como aplicar anafilaxia

Retículas para a criação de imagens anamórficas: grade inicial (direita), retículo para anafilaxia linear (no centro), retículo para anafilaxia cataptrica (esquerda).


Obter uma imagem anamórfica (deformada de acordo com as regras da angiformose) é mais fácil do que parece.
Primeiro de tudo, precisamos construir dois redes de diferentes formas, mas com o mesmo n√ļmero de quadrados tanto na horizontal como na vertical: na primeira grade, tomada como refer√™ncia e com caixas quadradas ou retangulares, a imagem inicial ser√° desenhada, enquanto na segunda grade, de forma vari√°vel de acordo com o tipo de anaformose (trapezoidal para anafilaxia linear e semicircular ou circular para a catoptria, como mostra a ilustra√ß√£o ao lado), a imagem ser√° devolvida box por caixa ap√≥s a deforma√ß√£o, obtendo-se o efeito desejado.
Neste ponto, para completar o trabalho, ser√° suficiente trazer a imagem deformada de volta ao ponto desejado, ampliando-a apropriadamente, se necess√°rio.
Na passagem entre a rede quadrada e a rede deformada (isto √©, nas opera√ß√Ķes reais de proje√ß√£o) tamb√©m √© poss√≠vel - e de fato muito aconselh√°vel - usar algum software, como:
- Photoshop, um programa de retoque de fotos e tratamento de imagens particularmente adequado para a anapítometria linear, porque aplicando os muitos comandos para alongar ou encurtar, distorcer de várias maneiras, girar e deformar perspectivamente qualquer imagem é virtualmente possível para automatizar o processo de projeção.
- rinoceronte (ou outro programa para modelagem tridimensional e renderiza√ß√£o), muito √ļtil para anafilaxia cataptrica. Nesse caso, voc√™ pode proceder da seguinte maneira:
1) desenhar uma superf√≠cie de dimens√Ķes semelhantes √†s da imagem desejada (Superf√≠cie A);
2) desenhar na superfície A a grade de referência, com caixas quadradas ou retangulares;
3) importar a imagem desejada para o espaço de trabalho do software e aplicá-la como textura à Superfície A;
c) modelar o volume do espelho refletor com suas dimens√Ķes reais;
d) desenhar no espelho refletor uma segunda rede, correspondente àquela já desenhada na Superfície A;
e) desenhar no plano de referência da área de modelagem (coincidindo com o piso ou a parede que conterá a imagem anformizada) a rede deformada, de forma circular ou semi-circular;
f) criar uma superfície com a mesma forma e tamanho da rede deformada (Superfície B);
g) aplicar a imagem desejada como textura na superfície do espelho, para prever o efeito global da angiose;
h) projetar a imagem desejada na Superfície B, usando, por exemplo, os comandos de projeção e distorção das superfícies de acordo com as redes uv.
Ou, finalmente, é possível usar software especialmente projetado próprio para o criação de anafitose cataptrica, como por exemplo Anamorph Me!, gratuitamente para download para este link e com o qual é possível obter imagens deformadas diretamente.



Vídeo: PARA QUE SERVE PREDNISONA?