Cultive uma horta sinérgica

A horta sinérgica é uma forma inovadora de conceber a cultura, que ocorre sem recorrer a produtos químicos e que se baseia na coexistência das diferentes plantas.

Cultive uma horta sinérgica

Cultive uma horta totalmente equipada em casa, sem o uso de fertilizantes e pesticidas. Tudo isso é possível graças à prática dehorta sinérgica, uma técnica inovadora que encontra na sinergia, precisamente, entre as várias plantas, a solução para o cultivo correto de produtos de jardinagem.
A técnica de horta sinérgica deriva do mais amplo dosagricultura sinérgica, concebido e desenvolvido pelo agricultor espanhol Emilia Hazelip. Os princípios do cultivo sinérgico são baseados naqueles do permacultura, que visa criar uma cultura permanente baseada no equilíbrio e na inesgotabilidade das diversas plantas.

Planta cultivada em horta


A horta sinérgica, ao contrário da tradicional, proporciona a coabitação das diferentes plantas dentro dos vários blocos de terra. Graças ao sinergia das plantas, o fertilização Ocorre de forma totalmente natural através da química criada pelas mesmas culturas, sem a necessidade de recorrer a fertilizantes e fertilizantes.
Além disso, de acordo com a cultura do jardim sinérgico, a coexistência dos vários vegetais garante sempre a proteção contra bactérias e ervas daninhas, bem como a absorção de qualquer umidade que possa danificar as culturas. Portanto, para ter uma horta sinérgica saudável e bem cultivada, é essencial combinar as plantas para crescer nas diversas áreas, a fim de obter tanto o crescimento correto dos produtos quanto a proteção contra as diversas ameaças.

Crie a horta sinérgica

Criar uma horta sinérgica de maneira correta não é particularmente difícil. Para obter bons resultados, no entanto, é necessário seguir regras rígidas. Primeiro de tudo, será necessário criar os vários pallets, ou seja, as faixas de terra em que a semeadura será feita. Os paletes devem ter entre vinte e cinquenta centímetros de largura e não mais de um metro e vinte de largura.

Variedade de vegetais


A terra removida durante a criação das passagens laterais entre os vários paletes, será empilhada e compactada sobre as próprias paletes. A terra dos paletes deve também estar sempre coberta pelo mulching, uma mistura de palha, folhas, canas, que protege a superfície a ser cultivada pela chuva e umidade, bem como pelo frio e calor.
Com o tempo, a cobertura morta est√° sujeita √† decomposi√ß√£o e, portanto, deve ser alterada periodicamente. Al√©m da fun√ß√£o de prote√ß√£o, a cobertura morta tamb√©m tem esse fertilizante, uma vez que tamb√©m libera res√≠duos org√Ęnicos que tornam o solo f√©rtil.
Para permitir, em vez disso, um correto irrigação dos soquetes, será necessário criar um sistema especial embaixo da camada de cobertura, organizado em duas fileiras para cada palete. Dentro das paletes ou soquetes, as plantas perenes podem conviver com as sazonais e ser cultivadas não só no meio das faixas, mas também no bancos laterais, geralmente oblíquo.

Planta Liliacea


A coabita√ß√£o das plantas garantir√°, conforme mencionado, a subst√Ęncia qu√≠mica que permitir√° aautofecunda√ß√£o terra e defesa contra infesta√ß√Ķes, gra√ßas ao lan√ßamento de res√≠duos org√Ęnicos das plantas.
Os paletes podem ter v√°rios formas, mas para um cultivo ideal recomenda-se que curva. Uma vez criadas, as paletes n√£o ter√£o de ser nunca pisoteadas, mas nem sequer ser√° necess√°rio ar√°-las, j√° que a sinergia das usinas n√£o exige isso.

Combinação de plantas em uma horta sinérgica

Conjunto de leguminosas

Como afirmado anteriormente, para ter uma horta sin√©rgica que funcione plenamente, √© muito importante combinar as v√°rias culturas dentro das paletes. Entre as v√°rias regras a seguir a este respeito, √© essencial sempre cultivar plantas legumes como feij√£o, feij√£o e ervilha, para escolher de acordo com as esta√ß√Ķes do ano.
Na verdade, essas culturas têm a importante capacidade de consertarnitrogênio atmosférico, que é o alimento principal para plantas de jardim. Além disso, a presença de plantas deve sempre ser garantida Liliaceae para ser colocado nas laterais das paletes e que têm a função fundamental de se afastar insetos e bactérias prejudicial ao solo.

Em alguns casos, at√© mesmoalhoei chalota e o cebola e o alho-porro eles podem ser √ļteis para manter os microorganismos de pragas longe. Para arejar o solo corretamente, entretanto, a presen√ßa de vegetais de raiz tais como rabanetes, cenouras e nabos. Uma flor que tem algum forte propriedades antibacterianas Al√©m disso, √© o malmequer que, junto com plantas arom√°ticas, garante uma a√ß√£o de limpeza adequada contra microorganismos.
Uma prática que contribui para tornar o solo fértil é também deixar a raiz dos vegetais dentro da colheita. de raízes de fato, as outras plantas poderão obter mais nutrição. No que diz respeito ao correto consorciação das culturas, precisamos prestar atenção a vários fatores

Tomates verdes e vermelhos

Por exemplo, é necessário evitar associar plantas que crescem ao mesmo altura ou que têm um desenvolvimento diferente no nível radical. Além disso, as plantas cultivadas devem estar prontas para a colheita em momentos diferentes, para que se desenvolvam sem prevalecer sobre o outro.
o disposi√ß√£o Al√©m disso, as plantas devem, de prefer√™ncia, ser organizadas em filas para facilitar as v√°rias opera√ß√Ķes de cultivo. Finalmente, √© de fundamental import√Ęncia considerar o n√≠vel de consumo de nitrog√™nio por diferentes vegetais.
As leguminosas, por exemplo, além de fixar adequadamente o nitrogênio, consomem quantidades muito baixas. Alho, cebola, erva-doce, alcachofra, batatas, nabos, salada, rabanete e espinafre são, em vez de consumidores médios. Consumidores fortes O nitrogênio é também vegetais, como repolho, beringela, pepino, tomate, alho-poró, abóboras e abobrinha.



Vídeo: Permacultura