Tipo contrato para conta térmica

A Autoridade de Eletricidade e Gás, disponibilizou o contrato modelo que deve estipular quem deseja acessar os incentivos da conta térmica.

Tipo contrato para conta térmica

contratto tipo

Ap√≥s uma fase de consulta p√ļblica, a AEEG, a Autoridade Electricidade e G√°s, aprovou com a Resolu√ß√£o 338/2013 de 25 de julho de 2013 o modelo de contrato elaborado pelo IGE que dever√° inscrever aqueles que desejam acessar os incentivos para a conta t√©rmica e que foram transmitidos em maio passado.
o Conta t√©rmica consiste na provis√£o dos incentivos proporcionados pelo Decreto Interministerial de 28.12.2012No caso de pequenas interven√ß√Ķes destinadas a melhorar a efici√™ncia energ√©tica e a utilizar energia proveniente de fontes renov√°veis ‚Äč‚Äčque n√£o a fonte solar, que se referem aos tipos referidos no artigo 4.¬ļ do presente decreto.
o contrato de tipo pode também ser modificado pela AEEG no futuro, após a introdução de mudanças regulatórias.

Para quem o contrato padrão é endereçado

Artigo 24, parágrafo 2, letra d) do Decreto Legislativo n. 28/12 (Implementação da Diretiva 2009/28 / CE relativa à promoção da utilização de energia proveniente de fontes renováveis), prevê que a atribuição dos incentivos da Conta Térmica deve ocorrer através da estipulação de um contrato de direito privado.
O contrato padr√£o que foi preparado ir√°, portanto, regulamentar as rela√ß√Ķes entre os GSE, o gestor da energia, que √© a entidade de execu√ß√£o do decreto, ou seja, aquele que ir√° controlar a exist√™ncia dos requisitos pelos requerentes, e sujeito respons√°vel√© precisamente esse que pede facilita√ß√Ķes.
O sujeito respons√°vel pode ser representado por 6 tipos de figuras:
- administra√ß√£o p√ļblica
- pessoa física
- uma pessoa natural nascida no estrangeiro
- um titular individual de uma empresa individual
- pessoa singular com n√ļmero de IVA
- pessoa jurídica.
Dentro do contrato est√£o listados uma s√©rie de artigos que regulam o obriga√ß√Ķes tanto o gerente quanto a pessoa respons√°vel.
Quanto √† parte respons√°vel, em particular, ele s√≥ ter√° que usar os aplicativos de TI disponibilizados pela GSE por conta pr√≥pria portal dedicado, inaugurado em 15 de julho, bem como deve comunicar todas as varia√ß√Ķes poss√≠veis, por exemplo, as dos detalhes da conta banc√°ria para creditar o incentivo, apenas atrav√©s deste portal.
Além disso, deve preservar e disponibilizar toda a documentação relacionada com a intervenção realizada, a qualquer momento, é solicitada uma verificação.
O GSE, por sua vez, verificará os dados fornecidos e também lidará com qualquer revogação das tarifas de incentivo alocadas.

Dados a serem relatados no contrato padr√£o

incentivi

Entre os dados a serem relatados no contrato padr√£o, haver√° tamb√©m aquantidade do incentivo desembolsados, para serem inclu√≠dos em uma tabela espec√≠fica. Sobre este montante, o IGE poder√° reter at√© ‚ā¨ 150 como compensa√ß√£o pela atividade de gest√£o realizada.
A primeira parcela do incentivo √© paga no √ļltimo dia do m√™s seguinte ao final do semestre em que o contrato √© estipulado, enquanto as demais parcelas ser√£o anuais.
Se, no entanto, o valor total do incentivo n√£o exceder a quantia de 600 euros, ele ser√° pago em uma √ļnica solu√ß√£o.
Em caso de atrasos nos pagamentos, os requerentes ser√£o reconhecidosinteresse em amora-preta.

Elementos que podem diminuir os benefícios da conta térmica

Se eles são relatados no contrato dados falsos, a provisão dos incentivos está bloqueada durante dez anos e os montantes recebidos indevidamente devem ser reembolsados. Além disso, o sujeito responsável é interditado.
Outras causas de perda de benef√≠cio ocorrem quando a parte respons√°vel infringe a proibi√ß√£o de cumula√ß√£o com outros incentivos ou se recusa a realizar verifica√ß√Ķes.
Nesse caso, o IGE poder√° suspender a oferta dos incentivos at√© que as investiga√ß√Ķes apropriadas tenham sido realizadas.



Vídeo: Central Térmica de Ciclo Simple Jebel Ali K, Dubái