Localização: o contrato para uso temporário

O regulamento sobre o contrato de arrendamento para uso temporário: duração, requisitos mínimos, modelo e despesas a serem compartilhadas entre o senhorio e inquilino nos termos do Decreto Ministerial 30/12/2019.

Localização: o contrato para uso temporário

Contrato de arrendamento para uso tempor√°rio

contrato de arrendamento tempor√°rio

A lei regula vários tipos de arrendamentos, os acordos com os quais uma parte (locador) concorda em conceder a outro (senhorio ou locatário) uma propriedade por um determinado período de tempo e para o pagamento de uma taxa, o aluguel.
Aqui lidamos com o regulamento do contrato de arrendamento para uso tempor√°rio.

Contrato de arrendamento para uso temporário: definição

o arrendamento para uso temporário é um tipo de arrendamento de habitação que é estipulado para atender às necessidades temporárias de moradia não turísticas. Ao estipular este contrato, uma parte (o locador, que é o proprietário de uma propriedade ou o usufrutuário) concede uma propriedade para uso residencial a outra pessoa (o inquilino, também chamado inquilino), mas por um período limitado de tempo e para satisfazer uma necessidade transitória específica, mediante o pagamento de uma taxa.
Fazem parte dos contratos de uso tempor√°rio, os dealugar para estudantes.

Contrato de arrendamento para uso temporário: duração

√Č chamado contrato para uso tempor√°rio porque sua dura√ß√£o, m√≠nima e m√°xima, √© estabelecida por lei:
- duração mínima: 30 dias
- duração máxima: 18 meses.
Se o senhorio e os inquilinos estabelecerem no contrato uma duração mínima de menos de 30 dias ou uma duração máxima de mais de 18 meses, a cláusula contratual é nula e a duração estabelecida por lei é automaticamente aplicada.

Modelo contratual para uso tempor√°rio

O Minist√©rio dos Transportes e Infraestruturas com o Decreto 30/12/2002, publicado no Di√°rio da Rep√ļblica n. 85 de 11 de abril de 2003, identificou os crit√©rios gerais a serem utilizados para a implementa√ß√£o de acordos a serem definidos na √°rea local para a estipula√ß√£o de arrendamentos tempor√°rios, juntamente com os modelos de contratos modelo a serem utilizados.

contrato de arrendamento para uso tempor√°rio

Entre os elementos que devem ser incluídos no contrato estão:
‚ÄĘgeneralidade das partes;
‚ÄĘdescri√ß√£o da propriedade concedida para aluguel;
‚ÄĘvalor do aluguel (deve ser decidido livremente pelas partes, exceto em algumas √°reas onde o montante √© estabelecido por acordos territoriais, como em cidades metropolitanas, veja Roma, Mil√£o, Veneza, G√™nova, Bolonha, Floren√ßa, N√°poles, Turim, Bari, Palermo e Catania);
‚ÄĘm√©todos de pagamento da taxa (o pagamento deve ser feito por outros meios que n√£o dinheiro);
‚ÄĘdura√ß√£o do contrato;
‚ÄĘ cl√°usula com a qual o inquilino declara ter recebido a informa√ß√£o e documenta√ß√£o referente ao desempenho energ√©tico da propriedade (APE);
‚ÄĘproibi√ß√£o de subloca√ß√£o;
‚ÄĘexig√™ncia transit√≥ria para a qual o contrato √© estipulado com documenta√ß√£o adequada (por exemplo, se o contrato for estipulado para a transfer√™ncia tempor√°ria de um trabalhador, a declara√ß√£o do empregador deve ser feita).
Se n√£o houver indica√ß√£o expressa da exig√™ncia transit√≥ria, a loca√ß√£o est√° sujeita √† regulamenta√ß√£o ordin√°ria das loca√ß√Ķes e, como tal, ter√° a f√≥rmula 4+4.

Renovação de um contrato de arrendamento temporário

locação transitória

Neste tipo de loca√ß√Ķes, n√£o h√° necessidade de dar cancelamento desde o t√©rmino do contrato √© natural.
Exceção é quando a exigência temporária da locação é do locador / proprietário da propriedade: estes, de fato, devem dar aviso adequado ao inquilino, antes da expiração, caso contrário, o contrato é convertido em arrendamento ordinário e terá duração 4+4.
o renova√ß√£o do contrato deve, em qualquer caso, ser comunicada, antes do prazo, por carta registada juntamente com o motivo da prorroga√ß√£o do requisito transit√≥rio (no exemplo anterior √† viagem de neg√≥cios, porque permanecem as raz√Ķes da transfer√™ncia do trabalhador).

Despesas no arrendamento para uso tempor√°rio

O Decreto Ministerial 30/12/2002 identifica as despesas que são suportadas pelo locatário e as suportadas pelo locador no Anexo G, Tabela de despesas de acessórios. Em particular, temos:

despesas do contrato de locação

-despesas a cargo do inquilino: administra√ß√£o (taxa de ocupa√ß√£o de terras p√ļblicas por cal√ßada), elevador (manuten√ß√£o ordin√°ria e pequenas repara√ß√Ķes, bem como o consumo de eletricidade para energia motriz e ilumina√ß√£o, inspe√ß√Ķes e inspe√ß√Ķes do elevador), autoclave (manuten√ß√£o ordin√°ria, for√ßa motriz, recarga de press√£o do tanque, inspe√ß√Ķes, testes e leitura do medidor), ilumina√ß√£o, video porteiro e sistemas especiais (manuten√ß√£o ordin√°ria do sistema de ilumina√ß√£o comum, dos sistemas de alarme e campainha, dos interfones e dos intercomunicadores de v√≠deo), aquecimento, ar condicionado, produ√ß√£o de √°gua quente (manuten√ß√£o ordin√°ria das plantas, incluindo revestimento refrat√°rio, limpeza anual dos sistemas e filtros e retirada sazonal, leitura de medidores, compra de combust√≠vel, consumo de energia, eletricidade e √°gua), partes internas do apartamento locato (manuten√ß√£o ordin√°ria de pisos e paredes, equipamentos e persianas, sistemas de aquecimento e sanit√°rios, reconstru√ß√£o de chaves e fechaduras, pintura de paredes, substitui√ß√£o de vidros), partes comuns (manuten√ß√£o regular de calhas, sif√Ķes e colunas de drenagem, de telhados e coberturas planas, do sistema de esgotos, incluindo o desbloqueio de condutas e po√ßos de visita de paredes, corrim√£os, corrim√£os de escada e √°reas comuns, de √°reas verdes, incluindo repara√ß√£o das ferramentas utilizadas), caretaking (90% do tratamento econ√īmico do porteiro e do substituto, incluindo previd√™ncia social e contribui√ß√Ķes para seguro, provis√£o para a liquida√ß√£o, d√©cima terceira, do material de limpeza, da manuten√ß√£o ordin√°ria e extraordin√°ria da guarita).
- gasto pelo senhorio: administra√ß√£o (ocupa√ß√£o fiscal de terrenos p√ļblicos para obras do condom√≠nio), elevador (instala√ß√£o e manuten√ß√£o extraordin√°ria das instala√ß√Ķes e adapta√ß√£o √†s novas disposi√ß√Ķes da lei), autoclave (instala√ß√£o e substitui√ß√£o completa da instala√ß√£o ou componentes prim√°rios, tais como bomba, tanque, elemento rotativo, enrolamento el√©trico, etc., impostos e taxas da f√°brica), ilumina√ß√£o, video porteiro e sistemas especiais (instala√ß√£o e substitui√ß√£o do sistema de ilumina√ß√£o comum, instala√ß√£o e substitui√ß√£o dos sistemas de campainhas e alarmes, instala√ß√£o e substitui√ß√£o de interfones e intercomunicadores de v√≠deo, instala√ß√£o e substitui√ß√£o de sistemas especiais de alarme, seguran√ßa e similares), aquecimento, ar condicionado, produ√ß√£o de √°gua quente (instala√ß√£o e substitui√ß√£o de plantas, adapta√ß√£o de instala√ß√Ķes a leis e regulamentos), partes internas do apartamento arrendado (substitui√ß√£o completa de pisos e paredes, manuten√ß√£o extraordin√°ria do sistema de aquecimento), partes comunaisi (substitui√ß√£o de calhas, armadilhas e colunas de drenagem, manuten√ß√£o extraordin√°ria de telhados e cal√ßadas, manuten√ß√£o extraordin√°ria da rede de esgoto, substitui√ß√£o de m√°rmores, corrim√£os, corrim√£os, instala√ß√£o e troca de eclusas), caretaking (10% do tratamento econ√īmico do porteiro e do substituto, incluindo as contribui√ß√Ķes para seguridade social e seguro, provis√£o para a liquida√ß√£o, d√©cimo terceiro, do material de limpeza, da manuten√ß√£o ordin√°ria e extraordin√°ria da guarita).



V√≠deo: RED DEAD REDEMPTION 2 - MELHOR CAVALO GR√ĀTIS DO JOGO || COMO PEGAR e LOCALIZA√á√ÉO