Obrigações de compromisso do comprador na presença de abuso

O compromisso: Obrigações do comprador promissor na presença de um abuso de entidade modesta, é obrigado a honrar a promessa de compra?

Obrigações de compromisso do comprador na presença de abuso

Obrigações de compromisso da Promissória de Compras


No caso de presença de abuso de edifício modesto

Compromesso obblighi del Promissario acquirente

A recente sentença Cass. seita. II Civil de 27 de março de 2013, n. 7759 põe fim às inúmeras causas da construção de irregularidades trazidas por compradores promissores com a finalidade de reivindicar indenização pela não aquisição além do retorno do dobro da depositar.

Na prática, o comprador é obrigado a honra o promessa de compra mesmo que, mais tarde, apareça a estipulação da venda preliminar, que o prédio tem pequenas irregularidades de construção que podem ser facilmente limpas com um sanção pecuniário mínimo e por não estabelecer quaisquer limites à sua comercialização.

Compra e venda da Lei nº 47 de 28/02/1985

O tribunal, embora reconhecendo, de acordo com o Lei n. 47 de 28/02/1985 e alterações posteriores e aditamentos, o comprador tem o direito de ter uma propriedade entregue que está em conformidade com a ferramenta de planejamento municipal, entrou no mérito do tipo de chamado abuso baixar.
O não observância do estado dos lugares em relação ao plano cadastral, tal como uma distribuição parcial ou total dos espaços interiores (por exemplo: uma partição deslocada, a abertura ou o fechamento de uma porta interna, a demolição de uma parede, etc.) ou uma mera irregularidade material de representação gráfica, não é uma violação tal ou digno de comprometer o ato de comércio.

Também é salvo

Compravendita Legge n°47 del 28/02/1985

boa fé do vendedor que, inconsciente dos problemas existentes em sua propriedade, foi visto em juízo por indivíduos com clara intenção especulativa.

Pelo contrário, a sentença em questão exige que o comprador coloque todos eles no lugar investigações antes de embarcar em qualquer tipo de iniciativa legal.



Vídeo: PATRULHA DO CONSUMIDOR Vendedor afronta Celso Russomano e a Chapa esquenta