Verifique os pisos de madeira

Conselhos práticos para controlar a integridade dos pisos de madeira, aprendendo a reconhecer os sinais de sofrimento estrutural devido à instabilidade futura.

Verifique os pisos de madeira

Pisos de madeira a serem examinados cuidadosamente

o verifica√ß√£o estrutural de um andar em madeira, n√£o envolve apenas verifica√ß√£o est√°tico da estrutura usando os m√©todos de c√°lculo matem√°ticos de acordo com os regulamentos em vigor, mas por causa da grande variedade das caracter√≠sticas f√≠sicas e mec√Ęnicas das estruturas de madeira, requer a conhecimento das caracter√≠sticas comportamentais da madeira em rela√ß√£o a todos os fatores que podem alterar integridade e estabilidade.

um piso de madeira

Algu√©m, com raz√£o, ele chamou de madeira um material viver e isso porque todo elemento de madeira deriva de uma √°rvore, que se desenvolveu ao longo dos anos sob condi√ß√Ķes ambientais mut√°vel e diferente da zona para a √°rea de Pianeta.
As considera√ß√Ķes expressas acima levam ao extraordin√°rio conclus√£o de que cada elemento madeira tamb√©m do mesmo ess√™ncia arborea, possui o seu pr√≥prio identidade e, portanto, consequentemente manifesta um em particular comportamento como resultado de tens√Ķes end√≥genas e ex√≥genas de natureza e intensidade diferentes que lhes dizem respeito.
Depois de esclarecer a apar√™ncia fundamental que diferencia madeira de outros materiais, vou tentar ilustrar de forma concisa e espero claro o suficiente, alguns procedimentos pr√°ticas isso pode nos dar uma id√©ia do estado de sa√ļde da estrutura de madeira de nosso interesse.
um primeiro elemento que voc√™ precisa sempre tenha em mente ao avaliar a sa√ļde da estrutura em considera√ß√£o, √© aera de sua constru√ß√£o, na verdade, enquanto que para estruturas recentes feitas com madeiras mais selecionadas e de melhor desempenho, como madeira lamelar, podemos facilmente verificar a exatid√£o de seu dimensionamento, tendo a certeza de que cada pe√ßa est√° intacta e desempenha plenamente o seu papel, no caso de um velho as coisas mudam.

Um velho sótão com viga em uma parede molhada

Na verdade, existem estruturas construídas há alguns séculos que, mesmo que à primeira vista pareçam bem proporcionado e talvez eles também estivessem no momento de sua realização, esconder das surpresas ruins devido aos ataques sofridos no tempo por diferentes elementos.
Vamos dizer imediatamente que, na presen√ßa de um s√≥t√£o datado em madeira que manifestado de vibra√ß√Ķes excessivas, voc√™ n√£o deve cometer oerro para prosseguir com testes de carga emp√≠ricos para avaliar depois inflex√Ķes mais ou menos regulares.
Deve-se ter em mente que nós procedemos a sobrecarga uma estrutura antiga de madeira sem verificar a integridade de suas partes a priori, envolve a risco Descobrir infelizmente somente após seu colapso que algo estava errado.

Verifique o ch√£o nos pontos fundamentais

Portanto, aprendemos a reconhecer o sinais de alarme que a estrutura nos manifesta através de alguns sinais evidentes.
Um elemento que deve ser cuidadosamente considerado é a presença de umidade excessivo: um feixe de perímetro adjacente a uma parede sujeita a forte umidade, que continuamente altera a consistência de suas fibras, representa um ataque à sua capacidade de carga.

Divis√Ķes n√£o perigosas

o cabe√ßa de uma viga de suporte, que √© fixada em uma parede sujeita a forte infiltra√ß√Ķes de √°gua, se comporta como o bast√£o de raiz de alca√ßuz natural que muitos seguram na boca por prazer.
Quem tentou fazer isso, vai lembrar o diferença de consistência das partes extremas da vara de fato que em contato com a saliva resultará esmagado e, portanto, não mais resistente.
Aqui √© explicado, por exemplo, a raz√£o da colapsos s√ļbita desses pisos do telhado dor protegido da precipita√ß√£o atmosf√©rica, que √† primeira vista para os intrados parecia em bom estado.
Assim até na presença de raios aparentemente sãos, vale a pena prosseguir-lhes verificação efetuando pelo menos percussão com um martelo nas partes em risco para verificar se o som resultante realça a presença de depletions interior.

Divis√Ķes perigosas em vigas de suporte

Outros sinais a serem levados em considera√ß√£o s√£o splits nas vigas de suporte cujos vest√≠gios n√£o seguem o eixo do feixe principal, mas desviar a partir disso mais ou menos evidente, an√°lise mais aprofundado do fen√īmeno mostraram que j√° com desvio de vinte graus em rela√ß√£o √† dire√ß√£o natural das fibras, a resist√™ncia do feixe diminui em cerca de 50%.
As divis√Ķes n√£o sempre envolvem um preju√≠zo da capacidade de suporte de carga, na verdade aqueles que ocorrem na base do feixe e ao longo das fibras de madeira, n√£o representam uma amea√ßa para a est√°tica, mas espet√°culo um estado tensional tamb√©m ligada √† natureza intr√≠nseca da madeira, sua matura√ß√£o, o tipo de processamento, etc.
Um n√ļmero excessivo de n√≥s, mal por bom comportamento por baixo carga da estrutura de madeira, na verdade, no caso de o piso deve ser sobrecarregado, as primeiras manfac√ß√Ķes de quebra as vigas ser√£o destacadas na √°rea com os n√≥s mais altos.

A agress√£o de cupins muito prejudiciais

Outro elemento de analisar, é representado pelos sinais presentes na superfície do feixe que anunciam a presença de um ataque de insetos ou fungos igualmente nocivos.
Mais uma vez, você tem que levar em conta que você está lá qualqueros tipos de insetos que eles preferem ataque madeira de fora e isso é destacado com os clássicos caça-níqueis mais ou menos irregular na superfície do feixe.
O ataque mais subserviente acontece na parte desses insetos particulares que uma vez penetrou no interior do feixe atrav√©s pequeno buracos, eles devoram o cora√ß√£o com conseq√ľ√™ncias desastrosas.
Infelizmente, neste segundo caso, resulta mais difícil avaliar o grau de dano causado para qual na presença de numerosas partes tarlated e bastante luz relevante do sótão, pode ser necessário análise mais precisa, variando de uma série de coring nas partes mais importantes do feixe até uma verificação sonora através de instrumentos mais sofisticados.
Concluindo esta breve descri√ß√£o, sobre os elementos a considerar para avaliar o grau de estabilidade do piso de madeira, recomendo n√£o intervir de uma maneira emp√≠rico tentando esconder as poss√≠veis divis√Ķes de um feixe com preenchimentos in√ļteis e muitas vezes prejudiciais, devemos, em vez disso, causa que causa danos √† integridade estrutural e, em seguida, estabelece como intervir, atrav√©s da interven√ß√£o de pessoal qualificado.



V√≠deo: Mnhas impress√Ķes e problemas com a instala√ß√£o do piso laminado