Recipiente Chanel Contemporary Art

Caixa de arte contempor√Ęnea Zaha Hadid

Recipiente Chanel Contemporary Art

H√° homens que o tempo n√£o muda e homens que mudam o tempo.

Recipiente Chanel Contemporary Art 2

Infelizmente para o primeiro n√£o h√° evolu√ß√£o, o fen√īmeno da mudan√ßa, n√£o necessariamente melhorando, n√£o os afeta e nem sequer permitem o crescimento de outros. Para o √ļltimo, entretanto, o debate √© t√£o amplo e vasto que um √ļnico artigo n√£o seria suficiente para descrever os poss√≠veis benef√≠cios se todos abrirem nossa mente para a transforma√ß√£o e o conhecimento.
Transforma√ß√£o evolutiva, que nos leva ao conhecimento de inova√ß√Ķes tecnol√≥gicas que pode at√© melhorar as coisas simples da vida cotidiana. Mas acima de tudo sa√≠da por esquemas convencionais, para explorar novas solu√ß√Ķes e ir al√©m da imagina√ß√£o de formul√°rios e funcionalidade prefixada.
√Č necess√°rio usar o fantasia rec√īndita e vision√°rio e dar espa√ßo para tudo o que, na realidade, um

Recipiente Chanel Contemporary Art 1

ssurge para um papel muito espec√≠fico. FANTASIA reutilize essa palavra porque ela √© insubstitu√≠vel em uma circunst√Ęncia em que tentamos usar objetos e lugares fora da consist√™ncia di√°ria.
Tudo isso aconteceu com a arte Mobile, um recipiente de arte contempor√Ęnea criado pelo artista, designer e arquiteto Zaha Hadid. Definiu uma experi√™ncia n√īmade, um UFO que viaja, um navio que pousa nas grandes cidades √© capaz de trazer sua marca e sua experi√™ncia sensorial no mundo.

Recipiente particular Chanel Contemporary Art

Uma presença que desperta curiosidade por sua peculiaridade de estranhamento do contexto circundante. um estrutura itinerante que pode ser transportado para lugares distantes deixando um traço não invasivo de sua passagem como um UFO nos campos de trigo.
o Recipiente Chanel Contemporary Art desejado por Kaiser Lagerfeld √© um evento itinerante que parte da cidade de Hong Kong o 27 de fevereiro, para celebrar, atrav√©s de v√°rias interpreta√ß√Ķes art√≠sticas, o acess√≥rio de culto feito em 55 da Mademoiselle Coco Chanel: o saco intemporal matelass√©.
O passeio durará até 2010 e vai tocar as cidades de Hong-Kong, Tóquio, Nova York, Los Angeles, Londres, Moscou e Paris. Infelizmente, a Itália está excluída do circuito.
Será, portanto, uma oportunidade para os artistas mergulharem neste barquinha com a liberdade expressiva que melhor os representa. Escritores, poetas, pintores, escultores, designers compartilharão um espaço de exposição futurista de cerca de setecentos metros quadrados.

Recipiente Chanel Contemporary Art 3

L√° dentro est√£o as projetos e o esperan√ßas portanto, n√£o apenas designers, mas artistas em geral, com suas paix√Ķes e desejos prontos para serem exibidos.
Está claro quer dizer um ao outro e mostrar aos outros o que é através das próprias obras, mostrar a própria intimidade, deixando livre arbítrio de julgamento.

o geometria complexa, o dinamismo constante dos elementos fluidos e as formas sinuosas que comp√Ķem a estrutura transformam nossa percep√ß√£o do futuro em uma forma expressiva incomum. Seu potencial imagin√°rio vai al√©m da realidade.
No interior é possível admirar, através de uma capa transparente situada dentro de uma grande

Recipiente particular Chanel Contemporary Art 3

pátio interno, o céu suspenso deixando a imaginação do visitante a sensação de estar no espaço.
um terraço ao ar livre, comunicando-se com o pátio, será o elemento de conexão com o estrelas e o terra.
Voc√™ pode acessar a exposi√ß√£o gratuitamente e a viagem ser√° acompanhada por uma trilha sonora especialmente composto para a ocasi√£o pelos artistas em exibi√ß√£o. Os visitantes ser√£o de fato equipados com ipod mini a partir do qual voc√™ pode ouvir n√£o s√≥ as compila√ß√Ķes criadas em colabora√ß√£o com o selo Soundwalk, mas tamb√©m contos narrados magicamente pela voz da atriz russa Anna Mouglalis.
Uma experi√™ncia que vale a pena viver, para deixar-se levar pela pura imagina√ß√£o e fantasia num novo caminho onde a express√£o art√≠stica surge de todos os c√Ęnones do design art√≠stico.

chanel-mobileart.com


arco. Monica Pezzella



Vídeo: A powerful way to unleash your natural creativity | Tim Harford