Cer√Ęmica e arquitetura na Cersaie

O material cer√Ęmico sempre interessou os arquitetos em projetos de grande escala e em instala√ß√Ķes tempor√°rias.

Cer√Ęmica e arquitetura na Cersaie

o cer√Ęmica, material inorg√Ęnico, n√£o met√°lico, sempre teve, mesmo no passado, uma enorme difus√£o entre os povos gra√ßas a sua fabrica√ß√£o simples, feita com a mistura de √°gua e abundante argila ou caulim (argila branca).
o matérias primas picados nos moinhos ou moinhos, peneirados e misturados, são subsequentemente formados à mão ou à máquina por meio deextrusão, o volta, o premente ou fusão.
L 'secagem, ou seja, a elimina√ß√£o da √°gua √© a √ļltima opera√ß√£o a ser realizada e, para evitar o aumento do volume do material, deve ser realizada lentamente.
Confindustria Ceramica √® A Associa√ß√£o que representa, conecta, informa e assessora empresas italianas produtoras de revestimentos cer√Ęmicos, refrat√°rios, lou√ßas sanit√°rias, lou√ßas e cer√Ęmicas para usos industriais. Al√©m disso, trabalhando em acordo com organiza√ß√Ķes locais, nacionais e internacionais, √© respons√°vel por realizar estudos e fornecer orienta√ß√Ķes sobre certifica√ß√£o ambiental, sobre a qualidade de equipamentos e instala√ß√Ķes, sobre res√≠duos e sobre seguran√ßa no trabalho.
Muitas atividades promovidas pela associa√ß√£o, incluindo a Cersaie 2009 de Bolonha, Exposi√ß√£o Internacional de cer√Ęmica para constru√ß√£o e mobili√°rio de casa de banho onde, mesmo na edi√ß√£o deste ano, pudemos apreciar a materiais cer√Ęmicos refinados.
Cer√Ęmica, como ele reiterou Renzo Piano na sua Lectio Magistralis: Criando Arquitetura,

Renzo Piano em sua Lectio Magistralis: Making Architecture. Foto arco.Monica Pezzella

realizada em 01 de outubro, apenas por ocasi√£o da Cersaie 2009, √© um material cheio de sugest√Ķes: √© antico, vem da terra e retorna √† terra, mas acima de tudo apresenta caracter√≠sticas como resist√™ncia, duparcela, as infinitas possibilidades crom√°tica, a capacidade de refletir a luz, tornando-a funcionalmente perfeita e extraordin√°rio em diferentes situa√ß√Ķes.
Para este propósito, o arquiteto ilustrou a Arranha-céu do edifício do New York Times que abriga a nova sede do New York Times Company, editora de jornais como o New York Times, o Boston Globe e o International Herald Tribune.
O edif√≠cio √© inteiramente coberto por um bainha de perfis cer√Ęmicos que filtra o impacto do sol, permitindo uma distribui√ß√£o homog√™nea da luz.
Do caminho percebe-se tudo o que acontece dentro e vice-versa.
A tela em cer√Ęmica cinza √© realmente transparente: de certo modo, faz o pr√©dio respirar. Devemos lembrar que Nova York tem esse extraordin√°rio, que √© uma cidade fotossens√≠vel, muda de cor a cada momento do dia. E os perfis permitem ca√ßa constante para criar uma emo√ß√£o, envolver a luz. Renzo Piano
o arquiteto Michele De Lucchi, além de ser o protagonista do 2 de outubro de Cersaie 2009, com o Lectio Magistralis Beatiful Minds: Vivendo a história, no evento ele projetou Suporte de Ceramiche Refin onde design, inovação e eco-sustentabilidade foram os protagonistas da cena.

Triennale di Milano, Fuorisalone 2009, instalação temporária de Michele De Lucchi: Da Terra à Terra


o material cer√Ęmico Ele sempre se interessou pelo arquiteto e pela instala√ß√£o. Refin foi uma reconfirma√ß√£o de seu amor por ele.
Na praça em frente ao Trienal de Milão, no circuito do Fuorisalone 2009, em abril com a instalação temporária: Da terra para a terra, usou o material com maestria para revestimentos internos e externos.
As cer√Ęmicas, afirma o arquiteto, √© um material bonito, n√£o s√≥ porque √© pr√°tico, s√≥lido, duradoura, resistente, natural, eco-friendly, mas tamb√©m porque √© terra. A terra √© tudo que temos e √© f√≠sica e simbolicamente o material mais expressivo e precioso.
Com o cer√Ęmica as superf√≠cies de todas as cores e aletas s√£o obtidasiture e infinitas combina√ß√Ķes s√£o poss√≠veis com decora√ß√Ķes, imita√ß√Ķes naturais, geometrias mais ou menos r√≠gidas.
Demasiadas vezes, no entanto, identificamos telha cer√Ęmica somente como revestimento e muitas vezes humilhar a maravilha deste material com o √ļnico prop√≥sito de raias
o efeito ambiental de uma parede ou de um piso permanece inalterado ao longo do tempo, mas o azulejo é terra e, como tal, é um material de construção formidável, o mais belo, o mais rico, o mais dócil que existe e é neste jogo evocativo que eu souou nasceram esses prédios altos e delgados como os pensamentos que têm que voar para longe.
o cer√Ęmica r√≠gida das telhas se tornou um novo material rico em sugest√Ķes e est√≠mulos que nos introduzem em uma nova era de conceber o revestimento cer√Ęmico n√£o mais apenas como uma pele simples, mas como um material maravilhoso que vem da terra para trazer todos n√≥s, homens contempor√Ęneos, de volta √† Terra.

Confindustriaceramica.it
//rpbw.r.ui-pro.com/



V√≠deo: Sele√ß√£o de Ambientes Cer√Ęmica Portinari - Cersaie 2013