C√°lculo de rela√ß√Ķes aeroiluminadas

Os relat√≥rios de aeroiluminante expressam a rela√ß√£o, para cada c√īmodo do edif√≠cio, entre sua superf√≠cie de piso e aquela das aberturas externas presentes.

C√°lculo de rela√ß√Ķes aeroiluminadas

Quais s√£o as rela√ß√Ķes de luz do ar?

Entre os par√Ęmetros m√≠nimos a serem atendidos para atender aos requisitos de sa√ļde e higiene exigidos para obterpraticabilidade de uma constru√ß√£o, existem as chamadas rela√ß√Ķes aeroiluminadas (R.A.I.).
Expressam a rela√ß√£o, para cada c√īmodo do edif√≠cio, entre sua superf√≠cie de piso e a superf√≠cie das aberturas externas presentes.

c√°lculo rai


Mais precisamente, podemos distinguir:
‚ÄĘ relat√≥rios ilumina√ß√£o;
‚ÄĘ relat√≥rios incorporador.
No primeiro caso, a superfície da janela ou porta-janela a ser levada em consideração é a envidraçada; no segundo, por outro lado, toda a superfície passível de abertura é considerada, portanto a armação composta não só do envidraçamento, mas também de sua armação de abertura.

Qual √© o valor das rela√ß√Ķes de aeroilumina√ß√£o?

N√£o h√° nenhum valor un√≠voco estabelecido pela legisla√ß√£o para estabelecer quais s√£o as rela√ß√Ķes aeroiluminantes.
A n√≠vel nacional, o referencial normativo √© constitu√≠do pela Decreto Ministerial de 5 de julho de 1975que, no art. 5, par√°grafo 2, l√™-se: Para cada c√īmodo de resid√™ncia, a largura da janela deve ser proporcionada de modo a garantir um valor m√©dio do fator de luz do dia n√£o inferior a 2% e, em qualquer caso, a superf√≠cie com janela aberta n√£o deve ser menor que 1/8 da superf√≠cie da janela. ch√£o.

c√°lculo rai

No entanto, todos regulamentos de constru√ß√£o ou regulamento de higiene O local pode definir par√Ęmetros diferentes e mais restritivos.
Em princ√≠pio, no entanto, o valor da raz√£o estabelecida pelos regulamentos locais para as instala√ß√Ķes habit√°vel √© certo de 1/8.
Por outro lado, valores menos restritivos s√£o poss√≠veis para instala√ß√Ķes n√£o habit√°veis, como caves e s√≥t√£os, para os quais o valor pode cair para 1/10. Ou, no caso da luz zenital, que vem de cima, pode diminuir ainda mais 1/12.
um distin√ß√£o tamb√©m deve ser feito para os v√°rios alojamentos. De fato, em alguns casos, √© poss√≠vel compensar a ventila√ß√£o e a ilumina√ß√£o direta concedida por uma janela, com sistemas mec√Ęnicos.
Isso se aplica aos regulamentos que permitem a presen√ßa de um segundo banheiro cego, portanto, equipado com um sistema de ilumina√ß√£o de ar for√ßado. Raramente, no entanto, √© o caso em que √© permitido construir casas mesmo com o √ļnico banho cego.
Em qualquer caso, eu regulamentos locais eles estabelecem não apenas o valor da rai, mas também as maneiras pelas quais são calculados.

Como são calculados os relatórios de aeroiluminação?

o c√°lculo ele deve ser feito localmente, dividindo a superf√≠cie de aera√ß√£o e ilumina√ß√£o da mesma para a superf√≠cie do piso e ent√£o comparando o resultado com o par√Ęmetro m√≠nimo a ser respeitado.
Como mencionado, os m√©todos para calcular a √°rea √ļtil s√£o especificados nos regulamentos locais. Por exemplo, o regulamento poder√° esclarecer, de tempos em tempos, se algum deve ser computado splays de janelas, nichos, etc., presentes.
Da mesma forma, √© poss√≠vel que o c√°lculo das raz√Ķes de arejamento e ilumina√ß√£o seja exigido separadamente. Neste caso, falamos de verifica√ß√£o anal√≠tica.
A t√≠tulo de exemplo, analisamos um caso simples de c√°lculo das raz√Ķes de aeroilumina√ß√£o para o apartamento de cerca de 95 metros quadrados ilustrados.

c√°lculo rai


Destino local: ficar
√Ārea local: 31,73 metros quadrados
Superfície Útil Acabada: 1,40 x 2,40 = 3,36 m2
1,00 x 2,40 = 2,40 m2
Tot. Sup. Window 5,76 m2
S.F./S.L. 5,76 / 31,73 = 0,181 > 0,125 (1/8)
Destino local: cozinhar
√Ārea local: 18,20 metros quadrados
Superfície perfilada concluída: 1,30 x 2,40 = 3,12 m2
1,30 x 1,40 = 1,82 metros quadrados
Tot. Sup. Window 4.94 m²
S.F./S.L. 4,94 / 18,20 = 0,271 > 0,125 (1/8)
Destino local: banheiro
√Ārea local: 6,58 m2
Superfície da janela rentável: 0,90 x 1,40 = 1,26 m2
S.F./S.L. 1,26 / 6,58 = 0,191 > 0,125 (1/8)
Destino local: quarto de casal
√Ārea local: 15.96 metros quadrados
Superfície Útil Acabada: 1,40 x 2,40 = 3,36 m2
S.F./S.L. 3,36 / 15,96 = 0,210 > 0,125 (1/8)
Destino local: quarto
√Ārea local: 17,04 metros quadrados
Superfície Útil Acabada: 1,40 x 2,40 = 3,36 m2
S.F./S.L. 3,36 / 17,04 = 0,197 > 0,125 (1/8)

Quando as rela√ß√Ķes de luz a√©rea devem ser calculadas?

O cálculo de R.A.I. deve ser feito, claro, em fase projeto de um novo edifício.
Particularmente importante e delicado torna-se em fase de renova√ß√£o, quando a distribui√ß√£o interna de um edif√≠cio pode passar por tais transforma√ß√Ķes, a fim de determinar uma altera√ß√£o no destino ou tamanho de uma sala.
Se, por exemplo, voc√™ eliminar a divis√£o entre a sala de estar e a entrada, criando um ambiente maiorser√° necess√°rio verificar que as actuais aberturas permitem o respeito do rai. De fato, a superf√≠cie do piso aumentar√° e, conseq√ľentemente, a superf√≠cie da janela ter√° que ser maior.
Outro caso emblemático é o do sótão suscetível de se transformar em um sótão habitável com recuperação de moradias: se a relação de iluminação aérea de 1/10 é suficiente para o sótão, será necessário atingir valores mais altos para um apartamento. Por isso, será necessário expandir as janelas existentes.
A este respeito, √© bom lembrar que nos centros hist√≥ricos muitas vezes √© imposs√≠vel fazer mudan√ßas na fachada, ampliando as janelas; Por esta raz√£o, √© poss√≠vel que os regulamentos locais concedam derroga√ß√Ķes para o R.A.I. em caso de reestrutura√ß√£o.



Vídeo: