√Ēnibus em casa

O desenho dos sistemas tecnológicos e da planta, relacionados às partes térmicas, hidráulicas e elétricas, sofreram uma notável evolução ao longo dos anos.

√Ēnibus em casa

Introdução e informação geral

O desenho de sistemas tecnol√≥gicos e de engenharia de instala√ß√Ķes em geral, mais especificamente os relacionados a partes t√©rmicas, hidr√°ulicas e el√©tricas sofreram consider√°vel evolu√ß√£o nos √ļltimos anos. N√≥s passamos desde instrumentos e de term√īmetros de lanceta a instrumentos digitais e program√°veis ‚Äč‚Äče term√īmetros que tamb√©m podem realizar medi√ß√Ķes de controle remoto. Da mesma forma, passamos do conceito de sensor simples para o de sensor e transdutor integrado, capaz de detectar um evento e tamb√©m gerar o sinal que determina a adapta√ß√£o do sistema ao novo evento, seja um sistema clim√°tico ou automa√ß√£o residencial em geral.

cavi bus dati

Al√©m disso, a evolu√ß√£o baseada eletr√īnica, fez circuitos eletr√īnicos para medir e transmitir medi√ß√Ķes de qualquer tipo dispon√≠veis a pre√ßos aceit√°veis, facilitando tamb√©m o seu design.
O gerenciamento e o gerenciamento das plantas não estão mais centralizados no conceito de um motorista dedicado ou técnico de manutenção, mas estão concentrados no controle remoto por meio de redes local e gestão através de controladores inteligentes. Um dos elementos característica dos modernos sistemas de controle e gerenciamento de sistemas integrados é o conceito de uma rede que, por sua vez, é centrada no conceito de barramento, um conceito de rede que pode se tornar muito complexo no caso de sistemas tecnológicos complexos ou de domótica.
o gest√£o da planta de sistemas tecnol√≥gicos √© agora quase completamente confiada √†s conex√Ķes inteligentes, que reduzem consideravelmente a complexidade da rede. O √īnibus de campo O field bus √© agora aplicado como estrutura e tecnologia de instala√ß√Ķes de seguran√ßa, ao controle de antenas, repetidores de r√°dio e televis√£o, sistemas de ilumina√ß√£o e vigil√Ęncia e automa√ß√£o residencial em geral. Muitas vezes, o ponto de partida para o design de tais sistemas.
Os sistemas de rede voltados ao controle das usinas apareceram no mercado pela primeira vez nos anos 90, foi a segunda revolu√ß√£o tecnol√≥gica ap√≥s a revolu√ß√£o que nos anos 80 girou em torno do PLC (.Programmable Logic Controller), que dos setores industriais rapidamente mudou para as aplica√ß√Ķes de sistemas tecnol√≥gicos em edif√≠cios. Os sistemas PLC permitiram superar a rigidez e complexidade da l√≥gica do rel√©, proporcionando a possibilidade de realizar sistemas de controle complexos e sofisticados imposs√≠veis de realizar com a l√≥gica wired. Em resumo, os modernos sistemas de controle e monitora√ß√£o Atualmente, os sistemas tecnol√≥gicos e / ou sistemas de automa√ß√£o residencial produzem uma quantidade consider√°vel de informa√ß√Ķes relacionadas aos status do sistema instantaneamente e permitem que as plantas sejam gerenciadas remotamente e em tempo real.

√īnibus

Fisicamente, um √īnibus √© um conjunto de alguns condutores que conectam um conjunto de circuitos, sensores e outros dispositivos eletr√īnicos, permitindo que eles se conectem uns aos outros. troca de dados. Na pr√°tica, √© um conceito semelhante ao da rede, que na sua vers√£o mais simples √© do tipo ponto a ponto.

cavi rete e bus

comparado uma conexão ponto-a-ponto pode ser vista um barramento usado também para sistemas tecnológicos tem uma característica fundamental diferente. Enquanto uma comunicação ponto-a-ponto é limitada aos dois circuitos conectados às duas extremidades do cabo, no caso de um barramento podemos imaginar que mais cabos percorrem todos os sistemas tecnológicos vinculação mais dispositivos de natureza diferente.
As caracter√≠sticas da conex√£o s√£o de modo a permitir a adi√ß√£o de novos terminais ou sensores no sistema de comunica√ß√£o, em geral seu n√ļmero √© limitado pela unidade de controle t√≠pica. A possibilidade de interfacear um sistema de controle de sistemas tecnol√≥gicos com tecnologia moderna comunica√ß√£o, d√° origem a possibilidades de transmiss√£o mais complexas do que o que acontece em uma rede ponto-a-ponto.
Como nas redes de computadores tamb√©m para sistemas de controle de sistemas tecnol√≥gicos baseados em redes de comunica√ß√£o entre terminais, pain√©is de controle, sensores, etc. o regras que corrida uma rede ou um barramento deve ser √ļnico e rigoroso, evitando que, por exemplo, m√ļltiplos usu√°rios possam atuar simultaneamente no mesmo terminal de um sistema, tentando dar origem, por exemplo, a programas conflitantes.



V√≠deo: Conhe√ßa o "√īnibus casa" do desafio "Mundo em Fam√≠lia"