Construa com garrafas pl√°sticas

Das áreas mais pobres da Terra, vêm casas feitas com garrafas plásticas recicladas, prédios quase sem custos e ecologicamente corretos.

Construa com garrafas pl√°sticas

Milhares de garrafas pl√°sticas que d√£o vida ao real casas ecol√≥gicas, resistente, √† prova de terremotos e resistente ao fogo. Estamos falando de constru√ß√Ķes feitas nos cantos mais pobres do planeta, principalmente usando recipientes de pl√°stico como material de constru√ß√£o.
Os exemplos mais not√°veis ‚Äč‚Äčv√™m da Nig√©ria, com o projeto humanit√°rio DARE, de Tail√Ęndia com o maravilhoso templo budista das garrafas eArgentina com o Casa de botellas, criado por Alfredo Santa Cruz.

Projeto DARE na Nigéria

Quatorze mil garrafas de plástico recolhidas da estrada e reutilizadas para construir a primeira casa ecológica na Nigéria. Graças a Projeto DARE (Associação para o desenvolvimento de energia renovável) na aldeia de Sabon Yelwa para Kaduna, no norte do país, desde junho passado, um prédio de cerca de 58 metros quadrados vem tomando forma, com dois quartos, banheiro e cozinha, totalmente ecológicos e construídos com materiais residuais.

Projeto Dare House na Nigéria


A casa, atualmente construída em 70%, é construída, em vez de tijolos, com garrafas plásticas cheias de areia, pesando cerca de três quilos cada, empilhadas e amarradas juntas por meio de uma complexa rede de cordas.
O potencial ecológico da casa nigeriana não deriva apenas da reciclagem de garrafas plásticas.
O edifício será de fato totalmente alimentado por painéis solares e de biogás, evitando assim a produção de gases com efeito de estufa.
Mas, al√©m de ser um ambiente familiar respeitoso, o nigeriano tamb√©m √© mais s√≥lido e funcional do que as constru√ß√Ķes tradicionais de tijolos.
Aparentemente, na verdade, além de ser muito mais barato, também seria à prova de fogo e à prova de balas, terremoto e acima de tudo capaz de manter uma temperatura interna constante, em torno de 18 graus, graças ao poder de isolamento da areia contida nas garrafas.

Casa da Nigéria com tampas coloridas

A casa, no entanto, não possui apenas um aspecto funcional e ecológico, mas também estético.
De fato, nas paredes caiadas de branco sobressaem fileiras de tampas coloridas que d√£o ao ambiente uma vivacidade e acima de tudo um toque de originalidade.
Um projeto inovador, portanto, que prev√™ a constru√ß√£o de outros edif√≠cios semelhantes no futuro, e que al√©m de salvaguardar a sa√ļde do planeta, resolver√° tamb√©m dois grandes problemas que afetam a Nig√©ria: a falta de moradia e o lixo nas ruas do pa√≠s.

Casa de Botellas na Argentina

Outro exemplo de constru√ß√£o ecol√≥gica √©, sem d√ļvida, o Casa de botellas feito por Alfredo Santa Cruz em Argentina. Inicialmente concebido como uma casa de bonecas, o edif√≠cio logo se tornou um prot√≥tipo de uma casa ecol√≥gica e, acima de tudo, um exemplo de como se pode construir casas respeitando o meio ambiente 100%.
Em 2002, querendo dar à filha uma casa com a qual brincar e não poder arcar com o uso de um material mais caro, como a madeira, Alfredo teve a brilhante idéia de colecionar garrafas plásticas e contêineres tetra para ser usado como tijolos.
Em pouco tempo, o que inicialmente tinha que ser apenas um brinquedo, assumiu dimens√Ķes maiores e tornou-se real casa ecol√≥gica por um pre√ßo baixo.

Casa de botellas na Argentina


Também neste caso, estamos diante de um edifício muito sólido, antiseismic e resistente ao fogo, como as garrafas na estrutura, em caso de incêndio, ao contrário da madeira, enrolar-se e não propagar chamas.
As garrafas tamb√©m s√£o unidas gra√ßas a articula√ß√Ķes qualificadas de cimento e areia, tem um forte poder de isolamento, tanto pela temperatura como pelos ru√≠dos vindos de fora.
Além disso, também muitos objetos de decoração, como mesas, camas e sofás, foram construídos com garrafas de plástico para serem jogadas fora.
Também neste caso, o aquecimento a casa é completamente ecológica, pois é fornecida por um painel térmico também feito por Pet ligado a um tanque, que explora o mecanismo térmico típico do radiador.
E em pouco tempo, o Casa de botellas, que atualmente constitui um dos principais destinos turísticos da Argentina, tornou-se La Casa que viajaou a casa que viaja.
Isso porque, sendo leve e facilmente remov√≠vel e depois remont√°vel, foi conduzido em todo o pa√≠s por Alfredo como um exemplo de constru√ß√£o sustent√°vel e econ√īmica, para mostrar √†s pessoas que, apesar de ter muito pouco e pouco material dispon√≠vel, √© poss√≠vel perceber at√© uma casa.

Templo de garrafas na Tail√Ęndia

Um motim de cores e de transpar√™ncias brilhante, uma verdadeira obra de arte composta de nada menos que garrafas pl√°sticas. √Č o Templo budista Wat Pa Maha Chedi Kaew, na Tail√Ęndia, mais conhecido como o Templo de um milh√£o de garrafas, localizado a menos de mil quil√īmetros de Bangkok.

Templo de garrafas fora


A história deste templo maravilhoso começa mesmo em 1984, quando alguns mongescansado de ver a paisagem cheia de lixo, começou a colecionar principalmente as numerosas garrafas de cerveja locais, a famosa Singha, e tampas jogado no chão, com a intenção de reutilizá-los mais tarde como material de construção.
E aqui, em pouco tempo, um dos templos mais originais da √Āsia budista ganha vida.
Garrafas recicladas com cores predominantemente leves, como azul e branco, colocadas diligentemente, d√£o vida aos v√°rios ambientes e estruturas de suporte.

Templo das garrafas internas


As colunas internas, o telhadoeu decora√ß√Ķes nas paredes, mas acima de tudo, as √°reas dedicadas √† ora√ß√£o e medita√ß√£o desfrutam de uma ilumina√ß√£o impec√°vel, que d√° a atmosfera toda uma atmosfera quase sobrenatural.
Ultimamente o templo, como aconteceu para o Casa de botellas, tornou-se, assim como um exemplo de prote√ß√£o ambiental inteligente, tamb√©m um dos principaisturismo ecol√≥gico na Tail√Ęndia.



Vídeo: Construção de uma casa com Garrafas Pet