Tijolos feitos de c√Ęnhamo

De uma mistura composta da parte mais interna e lenhosa de c√Ęnhamo e cal e depois secos, os tijolos s√£o usados ‚Äč‚Äčno campo da constru√ß√£o verde.

Tijolos feitos de c√Ęnhamo

Entre as ideias inovadoras que est√£o se espalhando na constru√ß√£o, h√° tamb√©m o uso de uma esp√©cie de biomattoni obtido a partir de c√Ęnhamo.
A redescoberta do c√Ęnhamo material ecol√≥gico e natural J√° aconteceu em alguns setores econ√īmicos, como a moda, onde tem sido usado para algumas cole√ß√Ķes de nomes como Giorgio Armani e Calvin Klein.
At√© um cozinha de cannabis est√° se espalhando, superando os preconceitos sobre os efeitos narc√≥ticos que a subst√Ęncia pode ter.

hempcrete

Mas aqui queremos falar em particular sobre o uso que pode ser feito no campo da constru√ß√£o sustent√°vel do Cannabis sativa, uma planta de ciclo anual da fam√≠lia Cannabaceae cuja utiliza√ß√£o, especialmente no passado, visava a produ√ß√£o de cordas, de grande aplica√ß√£o sobretudo na marinha, mas onde existe uma subst√Ęncia surpreendente em percentagens variadas dependendo da variedade.
A proposta de usar esta planta para obter novos materiais de constru√ß√£o ecol√≥gicos vem da sociedade americana Tecnologias de c√Ęnhamo o que, sem surpresa, √© baseado na Calif√≥rnia, onde o projeto poderia ser amplamente difundido, gra√ßas ao clima e √† grande disponibilidade de terra, mas onde o debate sobre a legaliza√ß√£o do cultivo ainda √© muito intenso.
A empresa criou um novo material batizado Hempcrete (a partir de c√Ęnhamoc√Ęnhamo e concretconcreto). √Č derivado da parte mais interna e lenhosa do Cannabis sativa que √© misturado com la cal, formando um composto que, ent√£o, seco, √© usado para fazer tijolos.
As superfícies internas das paredes feitas com este material são tratadas em gesso, enquanto as superfícies externas estão em gesso.

Castelo de Knapp

A fibra do c√Ęnhamo usado tem uma presen√ßa de celulose semelhante ao da madeira. Desta forma, criam-se paredes que, √† semelhan√ßa das madeiras, conseguem manter as salas frescas no ver√£o e quentes no inverno e regular a presen√ßa de umidade.
Mas o que torna este material interessante tamb√©m s√£o outras caracter√≠sticas ben√©ficas, como o fato de que, para cultivar c√Ęnhamo, n√£o h√° necessidade de quantidades excessivas de √°gua ou pesticidas. Al√©m disso, o material √© resistente a inc√™ndios e cupins e capaz de absorver grandes quantidades de di√≥xido de carbono.
Para demonstrar essa grande capacidade de absorver CO2, a empresa americana está trabalhando na reconstrução de um antigo castelo, Castelo de Knapp, erguido em 1920 perto de Santa Bárbara e destruído por um incêndio nos anos 40, dos quais apenas as muralhas da cidade foram deixadas de pé.
A intenção é conseguir absorver até 12 toneladas de CO2 com essas paredes.
Mas este n√£o √© o primeiro projeto em que a empresa americana usou c√Ęnhamo, na verdade, tem sido usado para isolamento t√©rmico de tr√™s edif√≠cios na Carolina do Norte.

Equilíbrio: biomattoni em Natural Beton

No entanto, existem alguns obst√°culos legais relacionados ao uso de c√Ęnhamo no campo da constru√ß√£o verde. De facto, em primeiro lugar, algumas d√ļvidas permanecem devido √† presen√ßa de thc, o elemento psicoativo da maconha e, em seguida, no estado da Calif√≥rnia, √© ilegal o cultivo de Cannabis. No entanto, uma vez que n√£o √© importada, a Hemp Technologies espera obter permiss√Ķes para uso no setor de constru√ß√£o.
Na Itália, um produto semelhante é o biomattone feito em Natural Beton e produzido por uma empresa em Lecco, equilíbrio, um material que pode ser usado em novos edifícios e na renovação de edifícios existentes.
O pessoal da empresa, após estudos realizados no exterior no materiais biocompatíveis, decidiu voltar para casa para difundir a cultura do respeito pelo meio ambiente.

Equil√≠brio: detalhe biomat√īnico em Natural Beton

Os tijolos produzidos por Equilibrium, de fato, n√£o s√≥ comer CO2 e s√£o um excelente isolamento t√©rmico e ac√ļstico, mas tamb√©m s√£o ecol√≥gicos nos processos de produ√ß√£o, com os quais poluem muito menos do que os materiais tradicionais, uma vez que s√£o utilizadas mat√©rias-primas italianas.
No final do seu ciclo de vida, o material √© completamente recicl√°vel 100% e, se n√£o for usado, se decomp√Ķe naturalmente.
Beton Natural √© mais leve do que os materiais de constru√ß√£o comuns, na verdade, o cana (a parte lenhosa da haste do c√Ęnhamo usada na mistura), √© capaz de dar leveza e solidez, duas caracter√≠sticas que parecem contrastantes entre si. Mas, na verdade, uma vez que a madeira de c√Ęnhamo √© rica em s√≠lica, a cal pode solidificar rapidamente, enquanto o processo de petrifica√ß√£o ocorre com o passar do tempo.
Mas o produto tamb√©m tem vantagens em termos econ√īmicos, porque √© ao mesmo tempo material de suporte e isolante e, al√©m disso, reduz o consumo de energia, ent√£o um pr√©dio constru√≠do com essa tecnologia custam 10-20% menos daqueles feitos com t√©cnicas tradicionais.
c√Ęnhamo-tecnologias
edif√≠cio eq√ľinos-verde