Bolonha: Incentivos para telhados

Em Bolonha, aqueles que querem reestruturar seu telhado eliminando o amianto, se houver, e instalando painéis fotovoltaicos, podem tirar proveito dos incentivos fiscais.

Bolonha: Incentivos para telhados

Economia verde e incentivos

Incentivos para os telhados do município de Bolonha

At√© agora oeconomia verde parece ser o setor motriz de todas as empresas dos pa√≠ses desenvolvidos: os neg√≥cios relacionados a ele parecem ser os √ļnicos a n√£o sofrer os efeitos da crise, tanto que, segundo fontes autorizadas reportadas pelos jornais do setor e n√£o, nos pr√≥ximos anos profiss√Ķes relacionadas com economia verde como, por exemplo, gestores de energia e certificadores de energia, ser√£o os mais requisitados no mercado.
Muitas empresas, na onda desta tend√™ncia, investiram no setor gra√ßas tamb√©m ao incentivos estaduais que, embora de forma latente, contribu√≠ram para a realiza√ß√£o de projetos √ļteis para alcan√ßar os objetivos energ√©ticos estabelecidos Comunidade Europ√©ia para o 2020.

Dedu√ß√Ķes para a ind√ļstria da constru√ß√£o civil e o exemplo de Bolonha

dedu√ß√Ķes e economia verde

Do ponto de vista deste discurso, os incentivos promovidos pelo Governo, pelas Regi√Ķes individuais ou pelos Munic√≠pios t√™m sido diferentes, no campo daedif√≠cio, um dos setores que lideram a economia antes da crise.
Precisamente por este motivo, para sair do impasse que lhe interessa, foram promovidas medidas para incentivar o realização ou o renovação de edifícios de forma sustentável.
Um acima de tudo √© o detrazione 65% para interven√ß√Ķes destinadas √† poupan√ßa de energia.
Como mencionado acima, tamb√©m as Regi√Ķes e Munic√≠pios individuais, com a sua autonomia de decis√£o, promovem a√ß√Ķes com o objetivo de reduzir a polui√ß√£o ambiental e abalar o mercado da constru√ß√£o.
Um exemplo é dado pelo Município de Bolonha.

Incentivos para os telhados de Bolonha: do amianto à fotovoltaica

L 'Emilia Romagna, voc√™ sabe, √© uma das principais regi√Ķes no campo ambiental, juntamente com o Trentino Alto Adigee Bolonha est√° pronta para lan√ßar um projeto apresentado em 2012 e que em mar√ßo ter√° sua primeira aplica√ß√£o.
O que é isso?
O projeto, chamado Os telhados de Bolonha, do amianto √† fotovoltaicafaz parte do Paes, Planos de A√ß√£o de Energia Sustent√°vel, que foram atendidos por munic√≠pios e organiza√ß√Ķes em toda a Comunidade Europ√©ia, com o objetivo de reduzir a quantidade de emiss√Ķes nocivas ao meio ambiente atrav√©s do estudo de planos e estrat√©gias eficazes.
O projecto em questão é promovido pelo Município de Bolonha, juntamente com CNA e Unindustriae fornece incentivos para o remoção de revestimentos em amianto nos telhados de edifícios privados e realização de painéis fotovoltaicos.

Estratégias e objetivos do incentivo

Este é um projeto muito interessante, uma vez que aborda uma característica problemática de produtos de construção, alguns dos quais foram feitos de amianto.
N√≥s todos sabemos que a remo√ß√£o √© um 'opera√ß√£o suficiente dispendioso e caracterizado por procedimentos burocr√°ticos desagrad√°veis, de modo que, muitas vezes, os particulares n√£o est√£o interessados ‚Äč‚Äčno assunto, mesmo que, por lei, sejam obrigados a remov√™-lo.

remoção de amianto dos telhados de Bolonha

Garantindo, em vez disso, a remoção e o descarte de forma livre dos metros quadrados de amianto que serão substituídos por um sistema fotovoltaico, pelo empresas parceiras da iniciativa, os cidadãos são incentivados a empreender iniciativas voltadas à reabilitação dessas estruturas, cujo componente, o asbesto, parece ser nocivo e passível de deterioração, especialmente quando submetido à ação de agentes atmosféricos; e este é precisamente o caso dos telhados.
Em segundo lugar, prosseguiremos com poss√≠veis interven√ß√Ķes para isolar termicamente o telhado, evitando assim a perda de calor desnecess√°ria e limitando o uso de sistemas de aquecimento no inverno e refrigera√ß√£o nos meses quentes.
A intervenção final será precisamente a instalação de painéis fotovoltaicos para fins de autoprodução de energia necessário para as atividades realizadas no interior do edifício.
O objetivo, alcançável de acordo com as estimativas do Paes, será instalar 2,2 MWp de energia fotovoltaica, correspondendo a aprox. 18.000 metros quadrados superfície, por um investimento total de 13.500.000 euros.

instalação de painéis fotovoltaicos nos telhados de Bolonha

A Cna e a Unindustria assumiram o desafio de manter juntos um projeto para o desenvolvimento de fontes renov√°veis ‚Äč‚Äče a remo√ß√£o de um elemento altamente poluente, como o amianto.
, destaca a conselheira do Meio Ambiente, Patrizia Gabellini.
O projeto, portanto, oferece muitos aspectos virtuosos, do ponto de vista da integra√ß√£o p√ļblica e privada: o apoio econ√īmico para a remo√ß√£o do amianto, que √© uma obriga√ß√£o legal, a difus√£o de energia fotovoltaica, a melhoria da efici√™ncia energ√©tica dos edif√≠cios.
Em conclus√£o, esta √© uma interven√ß√£o virtuosa separa-se das diretrizes simples, tomando o caminho das opera√ß√Ķes: um projeto que promove a√ß√Ķes voltadas melhorar a qualidade de vida dos cidad√£os, especialmente em grandes centros populacionais.
Em suma, um plano que deve ser estudado e adotado por outras administra√ß√Ķes locais.



Vídeo: Jornal da Record -Peixe.wmv