Caldeiras e bombas de calor: o novo rótulo energético

As novas normas europeias de rotulagem de sistemas de aquecimento para uso dom√©stico, bombas de calor e solu√ß√Ķes h√≠bridas est√£o em vigor h√° alguns dias.

Caldeiras e bombas de calor: o novo rótulo energético

Rótulo energético

Uma s√©rie de regulamenta√ß√Ķes europ√©ias introduzindo importantes mudan√ßas nos sistemas de aquecimento dom√©stico √© novidade nos dias √ļteis.
Vamos falar sobre o Regulamentos 811/2013, 812/2013, 813/2013 e 814/2013 sobre rotulagem energética e projeto compatível, publicado no Jornal Oficial da Comunidade Europeia de 2013 e operacionalizado a partir de 26 de setembro de 2015, com os mesmos procedimentos e horários em todos os estados membros da UE.

Directiva da UE relativa à regulamentação e à concepção ecológica: é isso que muda

Rótulo energético

A primeira not√≠cia importante que √© relatada √© a nova rotulagem energ√©tica para uma s√©rie de produtos, tais como sistemas de aquecimento ambiente e para a produ√ß√£o de √°gua quente sanit√°ria at√© 70 kW de pot√™ncia nominal, caldeiras at√© 500 litros, bem como medi√ß√Ķes de Ecodesign para os mesmos produtos, mas at√© 400 kW de pot√™ncia nominal ou com volume at√© 2 mil litros.
V√° em frente, portanto, para dispositivos como caldeiras de condensa√ß√£o, bombas de calor, sistemas h√≠bridos que t√™m melhores padr√Ķes em termos de efici√™ncia energ√©tica.
o novas regras eles são válidos para os novos produtos que serão colocados no mercado a partir de de 26 de setembro de 2015. Os varejistas que ainda têm caldeiras tradicionais e aquecedores de água em seus armazéns podem continuar a vendê-los até se esgotarem.
Em subst√Ęncia, a sua aboli√ß√£o ser√° gradual, uma vez que ainda podem ser instaladas caldeiras sem condensa√ß√£o, desde que a data de fabrica√ß√£o seja anterior a 26 de setembro de 2015.
Por conseguinte, a obrigação diz respeito aos produtores e retalhistas. Para os indivíduos usuários a partir de 26 de setembro de 2015, quem quiser instalar uma caldeira em sua própria casa, terá que comprar somente modelos de condensação, mas isso não significa que terá que substituir a caldeira sem condensação.

A nova rotulagem energética

A obrigação de apor um é desencadeada sobre estes produtos novo rótulo energético que relata de forma clara e abrangente o desempenho do produto, tais como:
-a classe energética
‚ÄĘa pot√™ncia nominal m√°xima de opera√ß√£o
‚ÄĘo n√≠vel de pot√™ncia sonora.
A etiqueta energética deve ser disponibilizada pelo fabricante e é responsabilidade do varejista tornar a nova etiqueta visível em sua loja em cada aparelho.
Além disso, o rótulo também deve estar visível nos sites, em material promocional e em listas de preços e ofertas comerciais.
Também para ter o Marcação CE, caldeiras de condensação, bombas de calor e sistemas híbridos terão que cumprir requisitos mais rigorosos.

O rótulo do sistema

Etiqueta de caldeira de condensação

Além do rótulo do produto também é fornecido um rótulo do sistema quando combinando aparelhos de aquecimento com dispositivos de controle de temperatura e dispositivos solares.
Basicamente, o rótulo do grupo é o documento que classifica um sistema composto de vários dispositivos, como o sistema de aquecimento que consiste em um sistema solar e uma caldeira ou o sistema de água quente doméstica.
Nestes casos, o rótulo do sistema deve ser liberado:
‚ÄĘ do produtor quando ele coloca o sistema no mercado
‚ÄĘ do distribuidor, se ele vender um sistema composto de dispositivos e componentes fornecidos por fabricantes diferentes
‚ÄĘ do instalador quando monta e instala, sob sua responsabilidade, uma instala√ß√£o de aparelhos e componentes fornecidos por diferentes fabricantes.

Efeitos e vantagens

Uma mudan√ßa memor√°vel que entra em vigor em 26 de setembro de 2015, conforme definido por ela Assotermica, oAssocia√ß√£o de fabricantes de equipamentos e componentes para sistemas de aquecimento o que traz benef√≠cios para o mercado interno de efici√™ncia energ√©tica e novas oportunidades para a cadeia de suprimentos termo-hidr√°ulica, gra√ßas √† maior difus√£o de tecnologias de alto desempenho, como caldeiras de condensa√ß√£o, bombas de calor e solu√ß√Ķes h√≠bridas.
Mas os benefícios e benefícios também são para os cidadãos individuais, dado que com o novo equipamento para o aquecimento do ambiente doméstico será capaz de obter um sensato redução de conta para o fornecimento de eletricidade.
Ao substituir uma caldeira antiga por uma caldeira de condensa√ß√£o que mostra os novos padr√Ķes de efici√™ncia energ√©tica na nova rotulagem, √© poss√≠vel obter economias de energia estimadas de cerca de 20 a 30% do consumo de aquecimento dom√©stico que, juntamente com a produ√ß√£o de √°gua quente sanit√°ria, representa cerca de 80% do consumo de uma casa moderna.
Lembramos tamb√©m que a instala√ß√£o destes modernos sistemas de aquecimento permite que voc√™ aproveite65% de al√≠vio fiscala possibilidade de deduzir do IRPEF (Imposto de Renda das Pessoas F√≠sicas) e IRES (Imposto de Renda) uma participa√ß√£o de 65% at√© 31 de dezembro de 2015, ainda que prevista na pr√≥xima Lei de Estabilidade, uma derrapagem do b√īnus para 2016.
Finalmente, os benefícios também para o nosso país chamado para atender os objetivos europeus para a proteção e proteção do meio ambiente.



Vídeo: You Bet Your Life: Secret Word - Tree / Milk / Spoon / Sky